Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desencanto

Segunda-feira, 26.11.07

 

Cansei-me de agarrar no vazio

chamas de um fogo que se extinguiu

de chorar as lágrimas de um mundo meu

que quem sabe, nunca existiu

Derrubei as pontes que construi

em noites de luar em que tudo era possível

A tua face era ainda bela

não via nela ainda a realidade, a mentira

Criei horizontes só meus

em que era azul o dia que nascia

perdi-me em palavras ternas

que eu ainda ousava pensar que entendia

Ah mas a madrugada raiou

sobre o mundo de sonho

que só dele vivia

e mostrou que dessa história só minha

tudo era cinza e lama

já nada existia

Fiz a pergunta ao vento

soltei o medo que me prendia

a resposta foi o cair da máscara

mostrando o rosto

que já conhecia

verde com a cor da mentira

do riso e do escárnio que recebi

talvez não de todo inocente

quem sabe talvez se o mereci

Não fechei de todo a janela

não se impede o sol de entrar

por mais que se tente

apenas esqueci o mundo criado

onde sei que é mentira

tudo o que se diz

não quero colher a rosa

se apesar de formosa

em tudo o mais mente

Cansei-me de lutas vãs

de lágrimas derramadas a teu belo prazer

de ser brinquedo de criança

de ser eternamente a aliança

entre o amar e o sofrer

Saio de dentro de mim

mais derrotado

cansado de te ver mentir

se me vou tu me chamas

se me aproximo

me mandas partir

Se tu nem sabes quem és

se és a sombra

de quem querias ser

se és a morte de tudo

a cinza negra espalhada

na alma que quis ainda crer

és um porto perdido

que nunca soube vencer

Ficam lágrimas perdidas

geladas numa face

de que quiseste escarnecer

não te destrui todas as estradas

deixo um caminho

por onde podes seguir

mas para o mundo de sonho

a tua própria ponte terás que construir

antes muito antes

de a vida partir!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:46


12 comentários

De Íris a 27.11.2007 às 03:31

Oi meu querido. Leio todos os seus textos mas só comento quando algum me chama particularmente a atenção
Este seu texto é o grito de dor de uma alma linda, fabulosa
Para além de vc ser um homem lindissimo, ter estilo, ser um VIP é também um ser humano fantástico
Deixe que eu diga a vc uma coisa que vc nunca deverá esquecer
Nem todo o mundo sabe lidar com um homem fabuloso como vc
E não esqueça nunca para dar amor vc tem que encontrar quem o saiba merecer e receber
E nem todos sabem e merecem ter alguém tão especial feito vc
Sorria, se dê uma chance e ame quem souber merecer esse seu amor
Porque quando a pessoa não sabe merecer vc está dando pérolas a porcos
Adoro vc

De Miguel a 27.11.2007 às 04:03

Oi meu amigo
Seu texto me impressinou pala sua beleza ainda que triste
Aprendi na minha vida que amor não se pede, se dá
Que não se luta por amor porque o amor nos é dado de graça
Quando se luta vira batalha e deixa de ser amor
Para amar não tem que se ter motivos basta sentir
Deixo a vc um conselho
Ame quem souber entender esse amor e for digno dele
Nunca se deve amar quem não sabe valorizar um sentimento
E meu amigo
se algum outro conselho posso lhe dar
Ame como se você nunca tivesse se machucado.
Mas ame quem também souber amar vc
Beijo para a Ana

De Doce Fugitiva a 27.11.2007 às 11:17

Lamento,
“o lamento de lamentar
o que não se pode dar
o desespero de sentir
do peito o coração se despir

A lembrança ainda criança
a esperança talvez lembrança
vivendo o novo dia
como há muito não fazia

Tudo é emoção
tudo é sensação
sentindo a dor
se desfazendo num Adeus, desamor

Mas, sempre existe o mas,
condicionando a se aceitar
quando tudo que se quer
é somente se dar (amizade)

Mas o dar pode não ser o bastante
tênue como uma brisa
incontrolável como o mar
quanto mais perto se chega
mais longe ele está

Outro amanhã virá
novas emoções, outras sensações
e talvez o ontem, que muito prometia
seja o amanhã, que hoje se desvia.”

Felicidades amigo, segue o conselho dos teus amigos, dá esse amor a quem esteja preparado para o receber, a quem te amar também e será uma mulher feliz, tenho a certeza...Infelizmente não escolhemos a quem amar não é??...

De Maria a 27.11.2007 às 18:19

Amigo vim ao teu blog como sempre faço.
Não vou comentar o texto, com perdão de quem o comentou digo que devemos respeitar e não banalizar o que aqui foi dito
Sei que não costumo comentar a sério, mas também o faço quando necessário , sei que este não é um blog qualquer , é um blog de alguém muito especial
De alguém que respeito muito
Acho que este texto deve ser comentado por quem o pode fazer na primeira pessoa do singular
O que te posso dizer amigo é que tudo o que dizes me merece respeito, que compreendo os teus gestos e respeito-os
Para mim a amizade é o amor mais belo e mais completo, até porque comigo o amor não dá muito certo
sempre que quiseres falar comigo sabes onde encontrar-me
O meu carinho está sempre disponível para ti

De BIANCA a 27.11.2007 às 23:21


Meu corpo se estende cansado sobre o leito a espera dos seus lábios molhados....
Esses lábios que tantos segredos de amor murmurou..
Não foram palavras tristes e sim momentos únicos e aconchegantes entre nós dois...
A tua espera, ficava sonhando com o calor macio da cama que acolheria nossos corpos suados e exaustos...do amor ...
E em silêncio deixava que percorresse o meu rosto suavemente como num embalo doce...buscando um alento, algo mais que um olhar.
Nos sentíamos bem um com o outro...
Nem mesmo as palavras faziam falta...
E como era bom ouvir o silêncio de cada um...
Isso fazia com que nos amassemos ainda mais...
Do seus lábios senti o gosto do amor.
Saboreei teus encantos,
Compartilhei minha pele,
Acariciei, e senti nascer dentro de mim o sentimento que dominou meu coração,
Que queimou minha ' alma,
Deixando o medo de que o tempo, acabasse com as nossas fantasias..
Ah!! nossas entregas deixaram marcas tão profundas...
Sensíveis, muito sensíveis,
E embora essas marcas hoje sejam apenas cicatrizes,
Ainda queimam,
Ainda ardem insistentes,
Lembrando um passado não muito distante.
Éramos felizes quando estávamos juntos.
Não precisávamos de muito, na verdade tínhamos exactamente tudo...
Amor...Paz...Amizade..Cumplicidade...
E isso bastava para nos sentirmos um só corpo...
Um só coração...
Eu não entendia bem o que me encantava nele, muito menos ele, o que o atraia, mas sabíamos exactamente
O que sentíamos um pelo outro, e era intenso...era maravilhoso...
Estar nos teus braços e fazer amor contigo...era tudo o que queria...
Pois era você o homem que eu amava, que eu desejava
O único para quem eu olhava
Porque quando penso no calor macio da sua pele ao encontro da minha...,
Nos seus dedos descobrindo caminhos no meu corpo...,
Nas suas mãos tocando meus seios,tornando-os seus...
E a tua boca encontrando a minha ...
Gemo baixinho de prazer...
Porque fomos um só...uma só alma...

E te senti meu...
Simplesmente Meu!


Deixo este poema não para fazer ciúme a quem quer que seja porque não é de todo a minha intenção
O meu romance com o Nuno não é recente começou e terminou em 2003
Quero apenas dizer que amei muito e que ele é alguém muito especial
Quem tiver o seu amor não o perca porque ele é único
Nos separamos porque outras coisas exteriores à nossa vontade aconteceram, mas que ninguém comenta o mesmo erro que eu
A ti Nuno um beijo de carinho

De Madalena a 28.11.2007 às 11:11

A vida é feita de amores e desamores, pintada de ilusões e desilusões...mas em cada passo que damos, é uma pequena historia que se escreve com a alma. Guarda os sorrisos e os momentos que se vestiram de magia, esquece as lágrimas que a dor teimou em verter... Segue caminho, sendo quem és, de coração aberto para que possa de novo ser tocado mas nunca esqueças...que aquilo que ficou no tempo, foi parte de ti. Vive com o passado para te ensinar o presente e o presente com os olhos nos futuro... Sorri Poeta! Beijo meigo.

De Pedrolyondecastro@hotmail.com a 28.11.2007 às 11:37

Bom dia a todos. E mais uma vez contra minha vontade vejo-me obrigado a comentar este blog para apaziguar os ânimos ..
Ora vamos por partes .
Tenho estado um pouco distante do blog porque estou de férias
Mas alguns acontecimentos recentes levam-me a comentar
Ora vamos esclarecer algumas coisas
Estava aqui um comentário colocado ontem de um senhor de nome Carlos que foi retirado não por mim porque a minha linha editorial leva-me a dar voz a todos que comentam e a dar a respectiva resposta
Ainda que por motivos alheios à minha vontade tenha sido retirado eu respondo
Ora vamos lá, o texto desencanto que esta colocado neste blog e que tanto está a dar que falar, trata-se de um texto de Dezembro de 2004, escrito no Brasil, que se insere numa recolha de textos deste autor intitulada mar de saudade
De certo não foi aqui colocado para ferir ninguém
Todos são livres de responder aos textos porque isto é um espaço publico mas agora passo a responder particularmente ao Senhor Carlos
A conta bancária do autor deste blog não é para aqui chamada , muito menos os seus laços familiares ou as suas ligações seja a quem for
Que eu saiba neste pais ter algum dinheiro não é crime punido por lei ou pela moral de quem quer que seja
Não cabe a ninguém julgar a moral do autor deste blog , isso cabe a ele e a Deus
E como o autor do comentário parace ser amigo e defender tanto uma leitora que aqui usou livremente o direito que lhe assiste de comentar, devo dizer que essa Senhora (fugitiva) não precisa de um tal advogado de defesa, por vários motivos
Primeiro porque ela e o autor deste blog não estão em guerra são amigos e quando amigos têm desentendimentos cabe a eles mesmo resolver sem palpites de terceiros
Neste caso nem isso existiu , foi um simples comentário a um texto
Se o senhor é amigo dessa Senhora deve saber que o Dr. Gonçalo não a atacou nem a feriu para provocar uma defesa tão fervorosa da sua parte
Para mim o comentário da (fugitiva) merece-me uma palavra de apreço como todos os outros que aqui postou pela sua beleza
Não vejo aqui atrito algum, não vejo onde se possa encaixar essa defesa exacerbada que o senhor aqui fez
Quando existem aborrecimentos entre pessoas e eu sei como é difícil ser amigo do autor deste blog pela sua sensibilidade que se magoa facilmente e magoado por sua vez revida, devem ser resolvidos de forma adulta
Mas também tenho a certeza que não são precisos aqui advogados de defesa para ninguém
E muito menos nos termos que ela foi feita que não acredito que fosse sequer do conhecimento da senhora em questão com quem já falei anteriormente e que me mereceu respeito pela sua frontalidade
Queria lembrar a todos que o Gonçalo não é só o autor deste blog, ele é pai, tem família, mulher e que todos se vêm implicados quando acontecem coisas destas
Portanto Senhor Carlos peço que pense um pouco mais antes de comentar e magoar, até insultar quem não lhe fez mal a si nem à sua amiga que alias julgo não precisar nem querer esse tipo de defesa
Quero pedir a todos que neste e em todos os blogs, antes de comentar, pensem, não agridam gratuitamente pessoas, que não façam dos blogs que deviam ser um elo de união, campos de batalha
O espaço para comentários destina-se exclusivamente a opiniões sobre os textos não sobre a privacidade de quem os escreve
Vamos ter todos respeito uns pelos outros, estamos perto do Natal, vamos cultivar harmonia e não ferir nem magoar
Se alguém quiser dirigir ao autor deste blog, opiniões que nada tenham a ver com os textos por favor façam-no para o seguinte endereço de e-mail gcausasdelei@msn.com
Desejo um dia abençoado a todos com muita paz e harmonia
A vida é tão curta para ser estragada e perdida em ressentimentos vãos
Nunca esqueçam o provérbio chinês que diz que existem duas coisas que jamais podem ser remediadas
A palavra depois de dita e a pedra depois de atirada

De Doce Fugitiva a 28.11.2007 às 12:28

Mas o que aqui vai??!!
Um texto meramente normal virou um circo!! Será que as pessoas têm que interpretar tudo à letra daquilo que se escreve?? É uma pena, mas este blog anda parecendo um galinheiro (desculpem-me a expressão). Bom, mas essas avaliações deixo para o autor do mesmo. Agora vou directa ao que me trouxe aqui:
Vi mencionado no comentário do “Sô” Pedro o meu nome “fugitiva” e de um Carlos que eu não sei quem é...
Sô Pedro, não sei porque fez essa ligação do Sr. Carlos a mim, mesmo porque se algum dia falei com o Dr. Gonçalo nunca o mencionei a ninguém, mas a ninguém mesmo...e muito menos a existência deste blog, tenham santa paciência...
E tenho pena que certas coisas virem assunto público, algo que me perturba imenso e que me vai fazer afastar, pois não me apetece nada pertencer a este tipo de enredos, mesmo porque existem familias ( o Pedro disse-o muito bem) e segundo foi dito aqui, o Dr. Gonçalo é uma pessoa comprometida, e há que respeitar isso.
Para não prolongar muito mais este assunto, termino desejando felicidades e usando de certa forma as palavras da “Maria”: Por vezes a amizade é o amor mais belo e completo” , pena que as pessoas não saibam tirar proveito dela e a distruam...

De Pedrolyondecastro@hotmail.com a 28.11.2007 às 23:30

Porque fui eu que a citei no meu comentário cabe-me a mim explicar. Eu não fiz associação alguma entre a senhora e o (Sr Carlos). A Associação foi dele, ou antes a defesa, nunca disse que a senhora o conhece ou com ele falou, apenas usou o que a senhora comentou. Já tivemos ocasião de falar, volto a repetir que gosto dos seus textos e da sua frontalidade. Resta-me dizer uma coisa ou melhor duas. A frontalidade não nos deixa virar costas a amigos porque algo correu menos bem, a frontalidade enfrenta. Nada aqui foi tornado público, o único exposto aqui é o Nuno. O resto e incluindo a senhora estão protegidos pelo anonimato. Quando quiser falar com ô (Sô) Pedro ou com o seu amigo Pedro, sabe como o pode fazer, sem ser por comentários. Eu também sou frontal e a minha frontalidade ensinou-me a nunca fugir de pessoas ou situações. Desejo-lhe uma boa noite minha querida amiga e seja"frontal" em tudo que esse termo implica. Um beijo

De Gonçalo de Assis a 28.11.2007 às 14:41


Boa tarde aos leitores deste blog
Eu tinha decidido não ligar ao que comentam mas para mim chega
Esclarecendo duvidas, devo dizer que alguém, cobarde de nome (Carlos) postou um comentario referindo o da (fugitiva) dizendo que gostou da resposta dela ao meu texto e junto com isso levei ums quantos elogios
Devo ressaltar que não existe ligação alguma entre ambos
Apenas o comentario dela foi usado como exemplo
O problema aqui é desse senhor comigo exclusivamente
Então reafirmo a esse senhor que eu sou o dono do blog, responsável pelos textos aqui postados, que sou adulto o suficiente para saber o que faço
Devo ainda afirmar que as minhas amizades são responsabilidade minha e que sou livre de ser amigo de quem quero na hora que eu quero
Que estou farto de comentários cobardes que magoam toda a Gente
Peço desculpa a quem involuntariamente foi envolvido
À fugitiva, que apenas foi usada a titulo de exemplo, à minha familia , e a todos que entram aqui para ler textos não para ver guerras.
Só mais uma coisa eu sei o valor da amizade e não a costumo manchar

Fica aqui o comentario do Sr Carlos , para que se compreenda melhor

È fodido quando um playboyzinho de merda descobre que o dinheiro não compra tudo não é?
Estás habituado a ter tudo o que queres, montado na merda do teu dinheiro, no que mamas à custa do estado e dos parolos que te sustentam
a produtora, hobbie de menino rico, enjoado e mimado
Sentes-te um importante de merda porque mandas e desmandas com a merda do teu dinheiro e admiro quem faz frente à tua prepotencia e arrogancia.
É tão fácil ser caridoso, dar migalhas aos pobres, refastelado na tua casa de luxo, pavoneando-se com os carros topo de gama, fodendo quem quer a torto e a direito
Metido em jogos de poder,amparando pelo maninho deputado que mama o dinheiro de Bruxelas
É fodido ter que levar com pessoas como tu, que se acham, carinhas lindas, rostinhos amaricados, tratados nas melhores clinícas apaneleiradas
Um gajo intocável, que pertence à loja maçónica nacional, que não deixa que o seu rostinho de anjo falso ande nas revistas dos jets sets de cá, que só fotografa para a Holá,porque nem o jet da
daqui lhe chega
Tão importante que a nossa SIC resolveu produzir uma novelazita com os tiques e toques do nosso poeta
Quem vê o (resistirei) já deve ter reparado que temos ali o nosso amigo e poeta retratado no milionário doente e viúvo
O mundo estava melhor sem pessoas como tu
Sou admirador da fugitiva e adorei que levasses no focinho publicamente
Espero que te sirva de lição playboy de merda
Não toques no que não é teu

Devo dizer que este comentário só me merece desprezo
Peço desculpa a todos os que foram envolvidos, Pedro obrigado pela defesa amigo, à Fugitiva desculpas pelo uso indevido que foi dado ao seu comentário, à Ana obrigado por ter querido poupar-me
Um abraço de amizade a todos e a continuação de um bom dia

De Anónimo a 29.11.2007 às 11:47

É impressionante o que a inveja,maldade,despeito é capaz de fazer com uma mente fraca.E o pior ainda,é deixar um comentário tão ridículo de alguém tão amargurado(visivelmente) exposto assim em um blog.
Ainda prefiro acreditar que esse Carlos deu um nome "fantasia".É vergonhoso ler isso e ainda envolver pessoas que não deveriam.
Sinto muito Nuno.
Realmente é uma pena em um blog tão lindo!
Beijos

De José Batista a 28.11.2007 às 21:27



“Atreve-te a julgar. Julga os outros julgando-te a ti mesmo.
(...) Procura-te. Tenta encontrar-te antes que te agarre a voracidade do tempo.
Faz as coisas com paixão. Uma paixão irrequieta,
que não te dê descanso
e te faça doer a respiração.
(...) Quanto deves é à vida, o que deves é a ti mesmo. Canta.
Canta a água e a montanha e o pescoço do rio,
e o beijo que deste e o beijo que darás, canta
o trabalho doce da abelha e a paciência com que crescem
as árvores,
canta cada momento que partilhas com amigos, e cada amigo
como um astro que desponta no firmamento breve do teu corpo.
E canta o amor. E canta tudo o que tiveres razão para
cantar.
E o que não souberes e o que não entenderes, canta.
Não fujas da alegria. A própria dor ajuda-te a medir
a felicidade.
(...) Se sentires medo, canta. Mas se em ti não couber a alegria,
não pares de cantar.
Canta. Canta. Canta. Canta. Canta. constrói o teu amor,
vive o teu amor,
ama o teu amor. De tudo o que as pessoas querem, o que mais querem é o amor.
Sem ele, nada nunca foi igual, nada é igual, nada será igual
alguma vez.
Canta. Enquanto esperas, canta.
Canta quando não quiseres esperar.
Canta se não encontrares mais esperança. E canta quando a
esperança te encontrar.
Canta porque te apetece cantar e porque gostas de cantar e
porque sentes que é preciso cantar.
E canta quando já não for preciso. Canta porque és livre.
E canta se te falta a liberdade.”

Joaquim Pessoa

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas