Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Perdoa-me

Quinta-feira, 24.07.08

Perdoa-me por tantas vezes

ter perturbado a nossa felicidade

Perdoa-me pelas horas tristes

e desagradáveis que tanta vez

te fiz passar

Perdoa-me os momentos

em que te fiz infeliz, sem querer

Perdoa-me se hoje não te faço tão feliz

como queria e deveria

Perdoa-me quando indirectamente

te causo problemas

Perdoa-me meu amor

se nem sempre te deixo pensar em mim

com o amor que de verdade sinto

Perdoa-me quando pareço

não me preocupar contigo

porque não é verdade

Perdoa-me se às vezes

te faço duvidar dos meus sentimentos

Perdoa-me por todos os sorrisos

que te roubei

Por todas as lágrimas

que fiz correr

Perdoa-me

mas acredita que te amo demais

Perdoa-me

quando o meu amor é frágil

quando sinto medo

Perdoa-me quando  me sentes ausente

mas acredita que te quero

que te quero junto a mim

num momento sem fim

que dure eternamente

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:43


7 comentários

De Carlos a 24.07.2008 às 18:20

Como sempre ouvi dizer falta de juizo tem hora mas falta de caracter , ah essa não se cura nunca...E há por ai tanta gente sem um pingo de vergonha!!!

De Doido de Deus a 24.07.2008 às 19:23

A intriga é mãe da Raiva, o mau pensamento é pai.
Na casa de má querência, o desmantelo não sai.
Quanto mais a intriga rende, a briga dura muito mais,
O perdão é o remédio para quem procura a paz.

O perdão é cura, o perdão é libertação,
É preciso dar o perdão pra chegar à salvação.

Se alimentar a mágoa, ela vai ficar maior.
Cuidado com essa danada, pois guarda-la é bem pior.
Perdoar é ficar livre, Cristo disse a verdade.
E assim nós chegaremos a essa tal felicidade

Aquele que tem intriga e a tem contra o irmão
Vive cortando caminho e fugindo do perdão.
Já disse Jesus na bíblia a Pedro que perguntou
Quantas vezes perdoar? Setenta vezes sete: Jesus ensinou!

Abraços querido.
Felicidades!!!

De Luiz Alberto a 24.07.2008 às 19:29

Perdoar é assumir a responsabilidade pelo que você sente
Perdoar é diferente de esquecer. Quem perdoa não fica preso ao passado




Segundo a filosofia do yoga, o perdão é um dos caminhos do dharma - dever. É uma grande virtude que abre o caminho da luz. É uma bênção tanto para quem recebe como para quem concede.

Aquele que perdoa e não guarda rancores em seu interior, experimenta despreocupação e a leveza da alegria.

A capacidade de perdoar não acontece facilmente ou rapidamente. É uma virtude que precisa se cultivada por muito tempo. Você precisa ter muita força interior que vem da sabedoria e do amor de seu coração.

A oração, a contemplação e a meditação purificam o coração e a mente e auxiliam a sentir o perdão.

O perdão é um ato do coração e faz você experimentar o amor de seu próprio interior. Ele libera a dor, o ressentimento que você carregou como um fardo que feria a você mesmo e aos outros. Você deixa de ser vítima de quem lhe prejudicou.

Torna-se mais fácil perdoar quando você não multiplica as ofensas, não guarda mágoas e nem permite que a dor cresça em seu coração se relembrando do que lhe fizeram ou do que aconteceu.

É difícil perdoar quando você reage agindo da mesma maneira, revidando as provocações, as afrontas e magoando também a outra pessoa.

É preciso se lembrar que tudo que você pensa, fala e faz cria seu próprio mundo. Deste modo, ao criar dor para a alguém você está criando sofrimento e inquietude para si mesmo.

Quando uma pessoa nutre pensamentos rancorosos, esses pensamentos tendem a se acumular gerando tensões, insônia, agitação, destruindo sua própria paz mental.

A raiva e o ódio são emoções que tendem a se agravar e a crescer se deixados sem controle. São nossos verdadeiros inimigos.

Você pode até achar que sente aliviado ao responder da mesma maneira, mas você se esquece que está gerando sofrimento para si mesmo. Você não percebe que essas emoções destrutivas queimam você por dentro, tiram sua paz e alegria.

Para superar essas emoções destrutivas, você precisa cultivar a paciência e a tolerância.

Como diz Dalai Lama, no livro A Arte da Felicidade: "um produto da paciência e da tolerância, é o perdão. Quando somos realmente pacientes e tolerantes, o perdão surge espontaneamente".

O perdão é uma escolha. É recuperar seu poder, é assumir a responsabilidade pelo que você sente.

O perdão é para sua própria cura porque você não gasta energia desnecessária sentindo raiva e sofrimento em relação a coisas sobre as quais você não pode mais mudar e não têm poder.

Muitas pessoas não entendem que quem perdoa é o mais beneficiado e teimam em afirmar que o outro não merece seu perdão. Mas, agindo assim, elas estão apenas criando uma montanha de dor para elas mesmas.

Analise os acontecimentos negativos no passado e reconheça que passado é passado e que nada vai mudar esses acontecimentos. Perceba que não adianta guardar ressentimentos, pois isto apenas perturba sua mente criando infelicidade para você.

Perdoar não é esquecer algo doloroso que aconteceu. Perdoar e esquecer são coisas diferentes. Você pode até se lembrar desses acontecimentos, mas o importante é abandonar os sentimentos negativos relacionados a esses acontecimentos. Ao perdoar você não fica preso ao passado.

O perdão é a energia do amor que nos liberta.

Entenda o valor do perdão. Compreenda que perdoando você pode melhorar sua saúde física e mental. Você se liberta das amarras das mágoas e experimenta a leveza do coração.

Perdoando você está sendo gentil com você mesmo e reconhecendo a bondade de sua alma. Você experimenta tranqüilidade da mente, sente entusiasmo e vive melhor seu momento presente.

Gosto muito de uma Oração do Perdão de Masaharu Taniguchi:

"Eu lhe perdôo e você me perdoa.
Eu lhe amo e você me ama.
Eu e você somos uma só pessoa perante Deus.
Oro sinceramente pela sua felicidade.
Seja cada vez mais feliz.
Obrigado Deus, muito obrigado "

Esta oração é muito poderosa e produz efeitos imediatos em você e nas outras pessoas. Mesmo que você comece a orá-la, sentindo ainda muita raiva, apenas o fato de rezar, de abrir seu coração, vai libertando você e os outros também.

De Luiz Alberto a 24.07.2008 às 19:31

Pessoas de difícil convívio em nossos relacionamentos nos ajudam a desenvolver todas estas virtudes: paciência, tolerância, perdão, compaixão e compreensão. São como termômetros para nós, pois através delas vamos nos autoconhecendo, descobrindo o quanto já evoluímos e o quanto ainda precisamos dissolver a raiva em nosso coração.

E entenda que para perdoar você não precisa conviver com a pessoa. O importante é orar sinceramente para que ela seja feliz. Tanto quem perdoa como quem é perdoado é beneficiado com o perdão.

Alimente a força do perdão. E experimente como essa virtude abençoada fortalece você e o ajuda a superar as dificuldades.

Lembre-se de Deus e sinta como o poder do perdão é uma verdadeira alquimia curando e transformando você. Fique em paz!

De Valquiria a 25.07.2008 às 01:32

Ficaram lindas suas palavras de Perdão,são momentos reflexões de vida e recomeço.Reconhecer os erros e pedir perdão e como lavar a alma em aguas ,límpidas e cristalinas refletidas por flash de luz em dia limpo e quente como e sempre será.O perdão é lindo e nobre mas,para algumas pessoas que não conhecem esta palavra infelizmente,Mas uma hora aprendera.
Gonçalo muita luz para você e sua familia.
Beijos

De Miguel Falabella a 25.07.2008 às 01:43

É amigo, errar é tão normal , tão humano e tão comum.
Cair , todos caimos , o erro é permanecer no chão.
Eu sei como é fácil errar , magoar quem se ama, mas poucos , como você têm a dignidade de se assumirem publicamente culpados e de pedir perdão.
Não me surpreende em você, porque sempre o conheci digno, e capaz de assumir e corrigir seus erros.
Poucas pessoas teriam a coragem de se sugeitarem publicamente a um pedido de perdão.
Quem ama perdoa. Claro que perdoa.
Ninguém pode cobrar perfeição que ela não existe.
Queria dizer que admiro você, que quando for grande também quero ser assim,
Você é alguém muito especial em nossas vidas.
Passam anos, você sofre, se desencanta, mas conserva seu bem mais precioso, sua alma de menino.
Queria deixar um abraço forte e te dizer que espero que você seja perdoado seja qual for a falta cometida.
Porque você merece todas as chances.
E termino referindo que concordo com um de seus leitores que comentou.
Falta de juizo tem hora mesmo e ninguém está a salvo de passar por essa hora.
Mas falta de vergonha, de caracter , de humanidade, de amor pelos outros, de respeito, esse não tem hora, infelizmente é crónico em certas pessoas.
Um abraço querido.
Fique com Deus

De Teresa a 25.07.2008 às 12:48

Querido amigo Gonçalo!

Quem ama perdoa.
Que tua amada possa compreender-te e perdoar-te.
Beijos na Alma.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas