Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Olhar De Amor

Quinta-feira, 23.10.08

 

Não sei nunca expressar por palavras todas as emoções que fazes nascer em mim, meu amor. Num momento único sinto o passado, o presente e o futuro, uma emoção tão forte que me faz chorar lágrimas de alegria, de saudade e alguma nostalgia também.

Olho para ti como se fosse a primeira vez. Cada dia que amanhecemos juntos, é a primeira vez que te descubro e me descubro a mim.

Memorizo cada traço do teu rosto, aquele brilho especial que ilumina o teu olhar, a sombra de alguma recordação, o sorriso que nasceu nos teus lábios, aquela tua ausência tão familiar que me é tão próxima. Quase se sente a tua alma, quase lhe posso tocar.

É o meu amor que te olha, embevecido, quando as palavras se envergonham de ser ditas, por serem tão singelas.

Olho para ti e recordo o teu abraço, o teu jeito de me enlaçares e me fazeres sentir tua, tão tua e tão perto. De um céu que é meu, que encontro no azul dos teus olhos, no mar das tuas lágrimas, na força do teu corpo.

Fecho os olhos um pouco e mergulho nessa tua emoção, nessa força vital que te corre nas veias e que me embriaga, que me leva numa viagem de sentidos como nunca antes vivi.

Sinto a comunhão das nossas almas, companheiras tão antigas. Seguras a minha mão para iniciarmos mais uma etapa deste nosso caminho. Sorrimos. Um sorriso iluminado, completo e apaixonado. O meu pedaço de Céu.

 

Amo-te muito, meu amor

Maria Manuel Marques

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:42


1 comentário

De Padre Alex a 23.10.2008 às 23:11


Vocês são tão queridos e me alegro que tenham encontrado um ao outro. Quero compartilhar com vocês e todos os demais amigos e leitores uma breve meditação na história do casamento em Canaã. Esta história provavelmente é bem conhecida por muitos leitores mas creio que vale a pena contá-la de novo.

É dia de festa no vilarejo de Canaã. Moradores da vila se reúnem em torno de duas famílias para celebrar a união de um novo casal. Jesus, sua mãe e seus discípulos são convidados para participar das festividades. Naqueles tempos uma festa de casamento podia durar uma semana, sete dias de alegria e comemoração. Nesta ocasião, faltar comida ou vinho durante a festa é um pesadelo para a família anfitriã. Pior somente seria um dos noivos não vir à festa de casamento.

Mas a tragédia entrou nesta festa sem ser convidada. O vinho, que corria abundante sobre os copos dos convidados e convidadas, sem dar aviso prévio, terminou. Maria, mãe de Jesus, percebe a seriedade da situação. "Eles não tem mais vinho" diz ela a Jesus. Não há mais bebida para entreter os convidados. A reputação da família está em jogo, a posição destas pessoas dentro de sua comunidade podia ser arruinada, esta infelicidade ficaria por longos anos na memória dos habitantes da vila de Canaã.

Jesus, também ele um convidado, inicialmente parece indiferente à desgraça que está por cair sobre estas famílias. "Que queres de mim, mulher?," responde Jesus ao pedido de sua mãe. "Minha hora ainda não chegou." Mas Maria insiste certa de que Jesus pode fazer algo para mudar esta situação. E assim é a fé em Jesus, pois a fé reconhece que em Cristo existe renovação, transformação, novas possibilidades. "Façam tudo o que ele lhes mandar," diz Maria aos empregados da festa.

Jesus ordena que os jarros de pedra sejam preenchidos com água, preenchidos até à borda. Então Jesus, o Senhor da criação, sem levantar sequer um dedo, sem grande rebuliço ou espetáculo, realiza o milagre. O encarregado da festa está tão admirado com a qualidade do vinho que ele comenta ao noivo, "todos servem primeiro o vinho bom, e quando este termina, servem o inferior; mas você guardou o melhor vinho até agora."

Que presente de casamento Jesus oferece a este casal e suas famílias. Onde poderia haver desgraça, Jesus traz alegria. No iminente desastre, Jesus converte a tragédia em celebração. O melhor presente de casamento que este casal recebeu foi sem dúvida convidar Jesus para a festa. O melhor presente de casamento que vocês, Maria Manuel e Gonçalo ,irão receber, é convidar Jesus para fazer parte do vosso casamento.O melhor presente que qualquer um de nós , casados ou solteiros e solteiras, o melhor presente que todos nós recebemos é convidar Jesus para ser o nosso companheiro na festa da vida.

Mas espere um momento, Jesus no início é o convidado, mas ao longo da festa, Jesus reverte seu papel. De convidado Jesus se torna anfitrião, de mais um rosto no meio da multidão, Jesus se torna a figura principal. Ele é quem promove o banquete. É ele quem distribui com abundância a comida e a bebida. É ele quem converte nosso desespero em esperança. Jesus é a luz que brilha no meio de nossa escuridão. Jesus compartilha seu perdão para nossos pecados. É ele a sabedoria no meio de nossa confusão, a coragem no meio da fraqueza. Como um fonte de água abundante, Jesus sacia nossa sede pela graça e o amor de Deus. Jesus inverte o seu papel e as nossas expectativas. Jesus de convidado vira anfitrião.

E quanto a você e eu, de anfitrião viramos convidados e convidadas para o banquete de Deus. Ao longo da festa da vida, quando a tragédia bate em nossas casas sem ser convidada, quando nós falhamos e magoamos as pessoas ao nosso redor, quando você estiver tropeçando na escuridão e desespero, Jesus estende a mesa e te convida: venha aqui saciar tua fome pelo perdão e amor de Deus, eu, Jesus, sou o Senhor da ressurreição, em mim existe sempre renovação, transformação e novas possibilidades. Pois eu te amo, as muita águas não poderiam apagar o meu amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa em troca de ti, seria de todo desprezado. Eu, o anfitrião do banquete de Deus, te amo.

Que a graça e o amor de Deus brilhe na festa da vida

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas