Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sou eu...

Segunda-feira, 19.01.09

 

De muitas cartas que nunca escrevi, talvez seja apenas mais uma, ou talvez esta seja a tal.

Aquela que revele a minha alma.

Perco-me nas sombras da noite gélida do meu coração e tenho medo.

Medo de sofrer , medo de um sorriso a que se seguem sempre lágrimas.

Amo a vida sim , mas também me sinto cansado.

Quero ser eu

mas o eu que sou ,

acaba ficando enterrado no eu que tenho que ser.

Tenho que sorrir, ouvir, responder, ser uma peça da engrenagem do meu mundo

ao qual pertenço.

Tenho medo profundo das palavras que me ferem

e ficam ecoando dentro de mim

como se fosse uma melodia amarga

que tenho que cantar baixinho.

Sou uma pessoa simples

gosto de estar com amigos , de sentir o carinho.

Tenho muitos amigos de verdade

amigos que amo profundamente

mas como em tudo na vida

também tenho "amigos" falsos

pessoas que falam de mim

que mentem, fazem intrigas

e que mesmo assim me sorriem , acreditando que nada sei.

O certo seria desmascarar , ou virar as costas

mas até esses eu conservo comigo.

São as minhas cobrinhas de estimação

que sei que podem dar o bote

mas que tendo comigo

sei melhor como são

e como fazem.

Essas pessoas que felizmente são poucas

servem-me de referência

para o pior que existe num ser humano.

Mas mesmo assim sorrio-lhes

e descubro que o meu sorriso

pode ser cínico e hipócrita.

Gosto de acreditar em quem se aproxima de mim

sem ter que desconfiar de quem me estende a mão

e se alguém se aproximar falsamente

verá que de mim , apenas terá compreensão

mesmo que a não mereça.

Amo profundamente o mar, o meu confidente

aquele que ouve de mim

o que nunca nenhum ouvido humano

escutou.

A paz que me transmite a lua

minha cúmplice

testemunha de lágrimas

que só ela me vê chorar.

Tenho medo de mim mesmo

medo de dores das quais não me sei livrar,

medo da minha inconsequência

medo do meu próprio medo

que muitas vezes cerceia a minha vida.

Não sou perfeito

longe de mim

gosto de ser menino

de sorrir às estrelas

de acreditar que o arco-íris

guarda um pote de ouro

que para mim seria

a verdadeira essência dos corações puros.

Infelizmente a vida tirou-me a inocência

e já não olho o sol

como o sorriso de Deus

nem a chuva

como as lágrimas dos anjos.

E apetece-me gritar

Desconfiem do meu sorriso

porque é com ele que tanta vez

enrolo a mentira que me dizem

e nessa hora o meu sorriso é mortalha

de um sentimento que morre.

Desconfiem de mim

quando digo palavras vazias

porque essas só digo

quando já não acredito

em quem fala comigo.

Desconfiem de mim

até quando abraço

porque muitas vezes num abraço

encerro o que podia ter sido

e nunca será

porque simplesmente deixei de acreditar

na possibilidade

de um dia esse abraço ser

apenas um abraço de amigo sincero.

Mas acreditem no sorriso que dou

aos amigos de verdade

porque é a luz da minha alma.

Acreditem no abraço que dou

a quem nunca me mentiu

porque é nesse abraço

que amparo a minha alma

Tenho medo de mim mesmo , sim

do amor incondicional que dou

do meu passo que prendo

ao passo de quem amo

e amo tanto

e tão profundamente

que a vida me foge

ao pensar na hipótese de perder

o que de mais belo a minha vida me deu.

Queria ser mais seguro

mas a vida tirou-me tapetes demais.

Queria ser mais feliz

mas o mundo fez-me chorar vezes demais.

Queria ser mais crédulo

mas muitas pessoas

mentiram-me tempo demais.

Sou fruto do que vivi

odeio intrigas e mentiras

conversas de leva e traz

fofocas sem sentido

e tão repletas de maldade.

E tenho saudades dos amigos

em quem posso confiar

tenho saudade do tempo

em que sabia sonhar

e tenho saudade da inocência

que me deixava acreditar.

Hoje já não sou dia

sou também a noite

de amargos arrependimentos

e sou a madrugada de esperas e de esperanças.

Sou a primavera dos sonhos , o verão das concretizações

mas sou também a decepção e a agonia do Outono

e a revolta e a morte

do tão gelado inverno.

Sou aquilo que sou

daquilo que fizeram de mim

sou um pouco de céu

sou um pouco de inferno

sou mentira

sou verdade

sou amor e saudade

sou mar e sou planície

sou o que um dia já fui

sou o que me tornei

na vida que tive que ver

não sou anjo

não sou poeta

sou um ser a quem Deus deu vida

a quem deu uma alma ferida

e olhos capazes de reconhecer

que é num mundo tão desleal

que sou obrigado a viver!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:20


7 comentários

De ** minhas estrelas ** a 20.01.2009 às 09:45

Ola Gonçalo
Nao sei bem o que vai sair para tentar explicar o que sinti o ler este seu poste, mas uma coisa posso dizer acho que me vi um pouco nele. Pois tenho dia que me sinto da mesma maneira por ser como sou( digamos ingenua o meiga demais) procuro como vocé o mar sim o mar porque la sinto me em paz e deixo la as minhas magoas o minhas dores la tento me achar novamente e vir mais calma.
Sei que nao deve ser facil para si passar por tudo isto, o menos pelo que li neste seu blog aparenta ser uma pessoa doce cheio de bondade, sei que neste muito somos os mais machucados.
Mas tente ser forte nao se arrependa de nada do que faz , nao olhe o mal dos outros olhe o bem que faz para se sentir em paz consigo mesmo
Levante a cabeça e sorria porque numa coisa pode ter a certeza, esta a fazer o bem continu por muito que le custe.
Desculpe o meu desabafo mas o ler este poste veio me as lagrimas os olho por saber dar o valor a essa injustica.
beijos doces
Tente sorrir sempre nem que seja as lagrimas que querem vencer,lembre se sempre que é uma pessoa doce cheia de amor para dar.

De Dois caminhos a 20.01.2009 às 10:22

Olá... estava passeando de blog em blog e cai de paraquedas no seu blog. E agradeci pelas belas palavras que li. Não só o post do dia 19, mas muitos outros que acabei lendo no seu arquivo.
Escreves muito bem, e tocas o coração do leitor. Saber expressar o que sentimos é um dom muito grande e que poucos sabem usar. eu por exemplo não sei nada bem me expressar, mas a gente tenta... Obrigada pelas palavras do post! Tenha uma boa semana!

De valquiria a 20.01.2009 às 11:54

Bom dia Gonçalo,não gosto de entrar aqui e ler que esta triste.Por que você é um homem bom,sincero com todos.Tem pessoas que ainda tentam te ferir com palavras ou atitudes.
Me pergunto meu amigo,elas são felizes?Não são,mais gostam de ferir os sentimentos da outras.Mais você não é igual a estas pessoas,siga sua vida como sempre fez.O melhor que um ser humano pode ser é carater,e isto;meu querido você tem e muito.
Esqueça estas pessoas pk você sabe os amigos que são verdadeiros e a hora que você precisa estão a seu lado.Todos nós passamos por isto; e tentamos viver o melhor possivel.
Não quero te ver triste levante esta cabeça e força amigo.
Beijos com carinho a você
\beijos com carinho a Maria

De Abstrata a 20.01.2009 às 23:46

Olá, Gonçalo!! Adorei o post..parabéns!

Passei pra matar as saudades e desejar uma linda semana pra vcs! Beijos em vossos corações e apareça!!

De Teresa Augusto Shanor a 21.01.2009 às 16:25

Querido Gonçalo!

Triste é te ver triste assim, embora saibamos que és forte, pois sois bem amado por muitos, a despeito de quem te inveja e tenta te puxar tapetes. O bem e o mal sempre existiram, devido a condição ignorante da raça humana, e nem todos primam pelo caminho do bem. Tens educação de berço, o que te faz forte e poderoso o suficiente para vencer os obstáculos que se opõem no teu caminho. Não estás só e tem tua lucidez moral e espiritual, então...segue em frente e luta por tua felicidade, hoje e sempre, ao lado dos que mais ama.
Estimo melhoras por tua saúde.
Um forte abraço fraterno e muita luz e paz no teu coração e de tua família.
Beijinhos carinhosos em teu adorado coração.

De Milú a 21.01.2009 às 17:49

Gonçalo:

Compactuo com o teu pensamento. Mas uma coisa que a vida me ensinou foi que aquilo a que damos importância, geralmente, não tem valor. Só quando aprendemos a diferenciar o que é importante daquilo que tem valor é que estamos prontos a arriscar tudo para tudo podermos ganhar. Tem momentos que percebo que posso ser tudo aquilo que quiser e que o meu único obstáculo sou eu própria e o meu medo de querer mudar. Acredito que nunca perdemos o que é verdadeiramente nosso. Perdemos, simplesmente, o que não tivermos coragem de reclamar. E para evitar isso é preciso ter fé. E ter fé é crer também nas coisas que não se vêem. Ter fé é acreditar em nós mesmos e reconhecermos a verdade e o amor no nosso semelhante. A capacidade de ver para lá das circunstâncias concorre para que as consigamos ver positivamente. A mente humana está, neurologicamente, projectada para ter fé que não é mais que a capacidade de esperar algo. O cérebro seria vão se apenas decifrasse o que acabou de ocorrer, em vez de nos preparar para o que vem a seguir. Seríamos, certamente, presas fáceis dos predadores ou predadores, facilmente, superados pelas presas. Já Pessoa dizia: "Eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura". Fica bem, amigo.

Um beijo grande de amizade

De falsa hipócrita a 22.01.2009 às 15:27

O pessoal por aqui nos comentários muito mostra que tudo sabe e tudo diz para te animar. Acho bem. Adorei o que li porque foste sincero mas deixa que tb o seja contigo já que não me parece que seja uma das qualidades dos teus amigos e eu sou barra nessa matéria (sinceridade). Desculpa a falta de verniz social com o que te vou dizer...Quando eu não gosto de alguém porque sei que não é sincero comigo e me engana à força toda podes apostar que não faz parte da minha vida nunca mais e se for preciso mando-o à MERDA com as letras todas. No entanto criticas o mundo hipócrita e falso em que vives porquê?? se compactuas com isso também??!! É engraçado a quantidade de pessoas que criticam tudo e todos e na volta acabam por contribuir com sua dose de falsidade né?!...Isso sim é triste! Ter o "inimigo" por perto para quê?? só se for para lhe dar na tromba...
No entanto gostei mt do teu poema, fantástico a quantidade de pessoas que se identificam com ele...sinal que o mundo tá mesmo mal e com tendência apodrecer a feder mesmo...
Parabéns!
É na tristeza que escrevemos grandes feitos.
Adorei:)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas