Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



História Infantil? ... Não...

Sexta-feira, 27.03.09

 

Era uma vez um grande navio, que era comandado por um grupo de selectas raposas felpudas.

Os ratos, enquanto mandavam as raposas, criticavam tudo, falavam mal de tudo, não perdoavam deslizes ou erros, sempre afirmando que a embarcação afundaria se os métodos de navegação e a rota não fossem alteradas.

Enfim, tanto disseram e prometeram que acabaram por assumir o controle da embarcação.

Para tal empreitada, tiveram que se associar a outros ratos, oriundos de diversos porões. Era necessário, assim foi feito.

Juntaram-se ao grupo, as vaquinhas de presépio, os lobos, alguns veados e sapos, além de outros menos cotados.

Cada qual passou a reivindicar a sua parcela de poder e foram sendo nomeados. Estes trouxeram alguns amigos para auxiliar nas árduas tarefas, deu até briga, para saber quem faria o quê.

Velhas raposas,  incluindo algumas que já haviam comandado o navio, num tempo obscuro da história, a pretexto de ajudar na administração, também se juntaram aos ratos,   foram recebidos de braços abertos, e , claro, agraciados com cargos e benesses.

Foi então que um rato foi apanhado tentando ganhar algum dinheirito extra, negociando benefícios e exclusividade em contratos com sectores da administração. O tumulto foi  geral, pois o rato era protegido de um grande rato-chefe e até agora ainda não se sabe se este último era conivente com as negociatas e se receberia parte do dinheiro.

As raposas felpudas, aliadas a outros animais, de pronto, exigiram a formação de uma comissão para esclarecer o caso. Os ratos, não concordaram e a coisa ficou feia.

Para apagar o incêndio, foi preciso ampliar os acordos com outros grupos animais, raposas de grupos diferentes e até cobras coloridas, todos saíram em defesa dos ratos, e logo em seguida cobraram o valioso auxílio, exigindo mais poder de decisão e mais cargos e verbas.

Chamaram um velho conhecido que é especialista em propaganda; O felino de alta linhagem, logo tratou de fazer inúmeras propagandas que imediatamente começaram a ser veiculadas.  

Enquanto isso, o navio não sai do lugar, parece atolado num banco de areia, esperando a maré subir. Vários grupos de animais, vendo a fragilidade do comando, também se amotinaram, alguns fizeram greve, outros invadiram cabines já ocupadas, houve uma onda de mortes, roubos, e outros crimes.

Enquanto isto, o grande  rato chefe continua fazendo viagens, passeios, inaugurações, e discursos cheios de metáforas, porém distantes da realidade do navio.

O prestígio do Grande Rato-Chefe cai vertiginosamente, começam a dizer que ele e o seu grupo de sábios  não sabem navegar e não conhecem suficientemente as condições do navio, do tempo, e dos instrumentos para levar a embarcação a porto seguro.

Começaram, veladamente, depois mais abertamente a falar em quebrar as regras do jogo, para dividir o poder do Grande chefe, como já foi tentado noutras ocasiões.

Agora, os sinais do naufrágio são mais evidentes, tanto, que os ratos e os outros animais começam a abandonar o navio. Uns desatam a criticar o que anteriormente elogiavam, alguns, que até dividem o comando, ameaçam ir embora, apoios, antes irrestritos, vão diminuindo.

Um ratinho, acusa a administração do Navio de  ineficiência no combate aos crimes. Um Ratão, 

antes amigo íntimo do chefe, ao ponto de se vangloriar do mesmo sobrenome do grande rato-chefe, agora, percebendo a possibilidade do desastre, diz que estão a fazer tudo errado e que se continuarem assim ele também vai sair fora do barco.

Os dias vão passando e os problemas vão se acumulando aos montes, e não se vislumbram soluções, ao contrário, parece que o navio vai mesmo afundar.

 

Todas as semelhanças com uma história infantil são mera coicidência... infelizmente

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 22:15


4 comentários

De ANA BARBOSA a 28.03.2009 às 01:31

MORAL DA HISTÓRIA: A NOSSA VIDA ESTÁ CHEIA DE RAPOSAS,RATOS,COBRAS E TANTOS OUTROS TIPOS. NOSSA ATITUDE EM RELAÇÃO À ESTES,DIZ A BÍBLIA:AFASTAR-NOS! DE TIPOS ASSIM...NÃO PRECISAMOS! TUDO DE BOM,AMIGO QUERIDO!QUE DEUS A CADA DIA,TE CUBRA DE BÊNÇÃOS.BJSS

De Regina a 28.03.2009 às 03:22

Obrigada Doutor por tudo o que o Senhor tem feito .
Obrigada Doutor pelo seu carinho com quem tem menos , pelo que as suas palavras fazem.
Pela sua missão aqui na terra onde tem sempre lutado pelos mais fracos , os mais desprotegidos , os que têm mais dores morais.
Obrigada pelas vezes em que as suas palavras acalmam , em que a inteligencia do Senhor acha um caminho para ajudar , para dar uma esperança.
Obrigada do fundo do coração Doutor pelas horas que o Senhor não dormiu , tentando ajudar.
Pela sua presença sempre carinhosa.
Pela sua entrega.
O meu obrigado à sua esposa , pela partilha , por permitir que o esposo ceda horas que seriam da família para atender quem precisa.
Obrigada Doutor por ter salvado o meu irmão , por o ter ajudado a continuar a carreira dele.
Por o Senhor ter entendido que o que ele fez foi só uma coisa de rapaz.
Obrigada por se ter empenhado na defesa dele.
Por ter acreditado nele e por lhe ter estendido a mão.
Obrigada pela felicidade do meu irmão , Senhor Doutor.
Que a mão de Deus o proteja e o ajude a continuar a ser como é.
O meu agradecimento de todo o coração ao Senhor .
Que Deus o abençoe Doutor.
Obrigada em nome do João , pela ajuda preciosa que o Senhor deu.
Obrigada.



De valquiria a 28.03.2009 às 15:32

Boa tarde Gonçalo!Que historia hoje hem!Sempre existirão!As raposas ou outros animais sempre estão a espreita,prontos para atacar.
Tenha um otimo final de semana
Beijos com carinho

De Miguel Falabella a 28.03.2009 às 18:05

Oi Gonçalo.
Seu texto se adequa a todos os Paises, seja qual for sua politica , isso porque o poder corrompe.
Admiro vc porque circulando na esfera de toda essa gente e mexendo com interesses enormes, consegue se manter limpo de toda essa lama.
Mas vc sempre foi um ser à parte e muito especial.
Te admiro muito e te respeito muito também.
O mundo seria muito melhor se existissem mais Doutores Gonçalos por ai.
Te deixo aquele abraço de sempre.
Beijo na Maria.


Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter