Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Moedas ou flores???

Terça-feira, 12.05.09

 

Conta uma antiga lenda que dois homens armaram as suas tendas com mercadorias junto de uma estrada com muito movimento. Essa estrada dividia-se depois noutras estradas que davam acesso a cidades e aldeias.

Numa tenda maior e mais colorida instalou-se o mais ganancioso dos vendedores porque era a sua intenção fazer fortuna rapidamente.

As suas mercadorias eram muito caras e para o justificar eram embaladas em caixas muito bonitas e decorativas.

Numa tenda de aspecto mais modesto instalou-se o outro vendedor que esperava pacientemente que o procurassem os clientes sem fazer qualquer alarde do que comercializava.

A tenda mais luxuosa atraia mais gente e os clientes que lá íam , compravam , sem nunca discutirem o alto preço que o vendedor pedia.

O outro vendedor tinha muito menos clientes mas nem por isso era menos afável.

Poucos o procuravam , mas quem o fazia ganhava sempre um sorriso de amizade.

E os que recebiam esse sorriso retribuiam com carinho , ainda que nada mais possuíssem.

O vendedor mais careiro ia enchendo os cofres de dinheiro e cada vez vendia mercadoria mais cara e mais luxuosa.

E sentia-se feliz, cada vez mais rico.

E assim continuaram ambos os vendedores  a fazer as suas vidas por muito tempo.

Passados anos os vendedores envelheceram e achando que a qualquer momento o Pai os chamaria ao seu seio , resolveram verificar o que tinham conseguido ao longo da sua vida.

O vendedor rico abriu o cofre e viu-o repleto de moedas de ouro , mas olhou em seu redor e viu-se sozinho.

Todos o invejavam e desejavam a sua fortuna.

Os herdeiros desejavam a sua morte.

O outro vendedor que era amado por si mesmo , de quem ninguém nada esperava para além do seu carinho , estava rodeado de gente querida , que lhe sorria e o acarinhava.

O primeiro vendedor fez fortuna , mas na sua ganância não viu o quanto na verdade era pobre.

O vendedor modesto era bastante mais rico , rico do amor de todos e do amor de Deus.

Todos nós podemos fazer as nossas escolhas.

Ou amar os outros ou só pensar em nós mesmos.

É para termos poder de decidir que o Pai nos concedeu a liberdade plena de escolher o nosso caminho.

Mas sabemos que a liberdade tem um preço, a responsabilidade.

E somos responsáveis por todos os actos que cometemos e também pelos que indirectamente fizemos com que outros cometessem.

Assim todo o bem ou mal que praticamos , é como um caminho que traçamos , pois no final dele , colheremos os frutos da árvore que plantamos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 23:47


4 comentários

De Teresa Augusto Shanor a 13.05.2009 às 03:47

Querido Gonçalo!!

Carinho, sorriso sincero, ternura, são flores que plantamos e colhemos no jardim da nossa vida. E, enquanto nos doamos, a vida nos enriquece com a solidariedade dos que nos amam, pelo simples prazer de retribuir o que lhes demos com desprendimento .
Bem oportuno este tema, que deve ser lembrado, a cada passo que damos em nossas vidas.

Beijos com muito carinho em seu coração!

De teresa neto a 13.05.2009 às 11:27

Bom dia meus anjos
Só passei para vos deixar um beijo muito grande nos vossos corações e que Deus esteja convosco.
Teresa

De Gonçalo de Assis a 13.05.2009 às 13:42

Oi Teresa, um beijo com carinho e vá dando noticias.
Gostaria de saber como está indo o assunto que falamos.

De valquiria a 13.05.2009 às 22:14

Boa noite Gonçalo,lindo a escolha do texto.
Textos que nós fazem refletir é muito bom.Moedas ou Flores ???Fico com as flores,o vendedor somando o mais belo e forte sentimentos.Só poderia em resultar as flores além de embelezar a vida perfuma nossas almas.Enfim,quem tem amor no coração,procura sempre trabalhar pela felicidades de todos.Plantando boas sementes teremos bons frutos.
Beijos com carinho a vocês

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter