Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por ti

Quarta-feira, 31.01.07

Por ti eu pedi à vida

mais tempo para viver

e a vida quis dar

esse tempo de viver

viver para te amar

Por amor eu pedi vida

da vida que ainda tinha

eu queria ainda mais

muito mais tempo viver

eu pedi vida à vida

dessa vida que te dei

por viver para te amar

Eu pedi vida ao tempo

ao tempo que passava

e que eu via passar

pedi à vida que me desse

um pouco mais dessa vida

que eu quero para te dar

Eu pedi a Deus a vida

não por mim

que não a quero

que a deixei de viver

num tempo que já esqueci

pedi vida à vida que tinha

para fazer de ti rainha

do que ainda não vivi

A vida foi clemente

e quis dar-me esse presente

de vida que pedi

não porque quisesse viver

mas sim porque quero amar

e a vida concedeu

a esse amor que nasceu

uma vida para sonhar

Vida eu pedi à vida

numa prece fervorosa

que rezei chorando

no altar do teu olhar

pedindo a Deus que me desse vida

não por querer viver

mas sim por querer amar

E hoje eu peço à vida

mais um pouco dessa vida

que já não queria viver

e entrego nas tuas mãos

a vida que pedi à vida

a vida que pedi a Deus

somente para te oferecer

porque viver a vida

na vida que eu te ofereço

mesmo que venha a morrer

no encanto dos teus olhos

na paz do teu sorriso

eu vou para sempre viver

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 22:53

Telefone

Segunda-feira, 29.01.07

Pode haver magia num telefone

com que alguém baixinho

docemente

diz que ama

Um telefone pode ser

o emissor

de um amor sentido

vivido

que se recria

de ti ouvi

num telefone

as mais belas gargalhadas

as mais belas

declarações de amor

e até por SMS

tu sempre me deste

carinho e amparo

Hoje que o amor existe

e nada nos separa

do abraço forte

com que a vida nos uniu

eu penso no telefone

amigo cúmplice

que nunca nos traiu

que muitas vezes ouviu risos

lágrimas

medos

brigas

reconciliações

carinho

emoção

sendo apenas um objecto

frio

inerte

ganhou um cantinho

no meu coração

As palavras ditas

ouvidas

faladas

por um telefone

que muito tempo

foi companheiro

onde li

as palavras

que me amparavam

que eu queria

que precisava

esse objecto

ajudou

foi confidente

acalmou a dor

e ensinou-me

que quando se ama

tudo serve

para manter a chama

para falar de amor

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 21:54

Lingerie

Segunda-feira, 29.01.07

Adoro a roupa

com que te desnudas

e te mostras para mim

envolta em rendas

e transparências

que não ocultam

mostram e mostrando

embriagam os meus sentidos

ocultando

o que evidenciam

numa tonalidade de cor

que me fascina

num monte de rendas

que se assemelha a espuma do mar

tecida pelas sereias

fico louco

olhando o teu corpo

que se mostra

ocultando-se

e se abre para mim

radioso de reflexos de cetim

envolto nas rendas

que parecem espuma fina

traçando ondas

nas tuas curvas perfeitas

eu olho-te

pedaço de mar

de lua

pedaço de sol

de espuma

de areia

pedaço de sonho

de um sonho

que para mim inventas

e se torna real

quando meus braços cingem

esse corpo que se entrega

e se oculta

e me excita

por trás das rendas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:51

Eclipse

Sexta-feira, 26.01.07

Talvez que nasça num sonho

a vontade de fazer real

o amor que corre nas veias

de um sonho

um sonho que pode ser paz

que pode ser vulcão

um sonho que transmite luz

ao negro da noite

que me prende

com laços que não compreendo

e que desato

na claridade do teu olhar

é madrugada em teus seios

que dançam livres

na praia dos meus olhos

solto as amarras do meu

navio

e sulco as veias do sonho

onde o amor é real

e a vida

essa adormece

exausta

nas areias sulcadas

pelos nossos suspiros

é dia

na tua pele quente

no teu corpo

que se me oferece

em promessas

de muitas noites

de muitas emoções sentidas

cai a tarde no teu cabelo

que revolto

é tempestade de sentidos

e a noite vem de novo

no teu ventre

trazendo à vida

o sonho

esse onde o nosso amor

é real

e a noite cruza-se com o dia

no momento

em que num local perdido

nos nossos corações

nossos corpos se entregam

eclipse lunar

magia suprema

nesse teu olhar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:18

Eu queria dizer...

Terça-feira, 23.01.07

Eu queria, eu queria

tantas vezes

o meu discurso não passa disso

dessa frase

desse eu queria

com sabor a vazio

desse eu queria

que me deixa vazio

de coração tão frio

Eu queria

e a frase morre

gelada nos meus lábios

deixando o espaço

em branco

onde as emoções não ditas

morrem

nesse eu queria

cheio de nada

Ah mas eu queria tanto

queria o calor do sol

o cantar dos pássaros

os carinhos da chuva

a ternura da brisa

Ah eu queria

queria sorrisos

palmas aplausos

voar como as aves

navegar como os navios

ser livre como o vento

ah eu queria

não sentir dor

ser apenas amor

ou luz no firmamento

Queria ser anjo

queria ser luz

ter palavra sábia

que o coração alivia

ah eu queria ser nuvem

queria ser paz

Meu Deus como queria

mas como não sou

aquilo que o meu coração anseia

eu queria ser Deus

um Deus pequenino

adorado num altar

que fosse só meu

não queria

incenso nem velas

nesse meu altar

queria os teus olhos

alegres

felizes

só por me amar

Ah eu queria

mas essa magia

eu não sei fazer

então eu espero

num sonho acalentado

no meu coração

e os meus lábios gelados

molhados de lágrimas

com sabor a sal

matam nos meus lábios

esse verbo

que nunca consegui dizer

tão simples

singelo

e ao mesmo tempo belo

o verbo querer

e fica a lágrima solitária

que desliza no rosto

e morre na boca

ah como eu queria

eu queria, como queria

soletrar

fazer magia

com o verbo querer

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 18:12

Que se faz?

Terça-feira, 23.01.07

Às vezes existe um sonho

pequenino

ou grande

não interessa o tamanho

cada sonho

tem o tamanho

da sua força

da sua luta

do que apostamos nele

Há vidas que cabem

num sonho

Sonhos que cabem

numa vida

há sonhos

que nos fazem viver

sonhos

que se tornam metas

sonhos

que às vezes

se tornam razões de vida

sonhos

que se faz

quando um sonho

devagarinho

nos escapa da mão

Que se faz

quando um sonho

nos foge

quando lentamente

a vida

apaga a sua cor

um sonho

pequenino

ou grande

o tamanho tanto faz

que se faz

para reaver um sonho

para trazer a vida de volta

sorrir

voltar a sonhar

Talvez a resposta seja

acreditar

sentir

amar

e o sonho renasce

trazendo a magia de novo

a capacidade

de voltarmos a sonhar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:05

POEMA

Quarta-feira, 17.01.07

Nos momentos de intimidade

de loucura

de procura

na insaciadade dos corpos

no abraço que tem magia

no calor do corpo amado

no suor que corre

na respiração que acelera

na minha língua

que descobre o sabor da tua pele

Na paixão dos nossos corpos

enlaçados

apertados

Gritos

gemidos

trocados

enleados

numa suave melodia

feita de desejo

prazer

desespero

na entrega forte

no forma como dominando

somos dominados

como na entrega

exigimos

como sendo possuídos

possuímos

Nessa entrega que é possessão

faz-se um poema

de amor

de carne

marcado a ferro

no coração

Assim se faz

poema

sedução

calor eterno

no inferno

da paixão

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:41

AMIGOS

Quarta-feira, 17.01.07

Para todos os meus amigos

aqueles que o foram

aqueles que ainda são

eu tenho guardado no peito

um sentimento perfeito

de amizade

e gratidão

A todos eles

eu agradeço

horas de conversa

horas de compreensão

momentos de alegria

a capacidade de entender

o sorriso

e o perdão

A todos os meus amigos

aqueles que um dia

foram

aqueles que sempre serão

eu dou

num terno abraço

a parte que lhes cabe

no meu coração

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:08

TEMPLO

Terça-feira, 16.01.07

O teu corpo é um templo

um templo de paz

um templo de amor

um templo de sensualidade

um templo de prazer

Tu é um templo

onde deponho a teus pés

preces de um desejo

que me devora

de uma sede que me atormenta

morro no sussurro da tua voz

acordo

no grito imperativo do desejo

do prazer

O teu corpo é um templo

onde espero

e quero

provar o prazer supremo

do nosso orgíaco bailado

o teu corpo é um templo

como templo é

e será para sempre

todo o ser que é amado

Teu corpo é um templo

onde espero o futuro

e guardo o passado

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:43

Amigos

Terça-feira, 16.01.07

A amizade é pura

terna

como uma rosa

amizade não é amor

mas é sem temor

sem magoar

um sentimento doce

terno

seguro

um aconchego

onde me perco

e peço abrigo

o melhor deste mundo

é ter amigos

é saber que gostam de nós

que gostamos de alguém

amar é bom

mas muito bom também

é ser amigo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:19


Pág. 1/3





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes



subscrever feeds



Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas