Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Feliz Ano Novo

Quinta-feira, 31.12.09

 

E passou mais um ano. Antes de desejar um bom ano a todos os que fazem o favor de serem meus leitores e amigos , quero fazer alguns agradecimentos.

O Primeiro deles à Maria, a mulher que Deus colocou no meu caminho e que este ano foi o meu pilar de força e coragem.

Os meus amigos sabem , os meus leitores nem tanto, que no segundo semestre deste ano me submeti a um transplante cardíaco com vista a curar de vez os constantes problemas que vinha sofrendo.

E foi da Maria que me veio a força para encarar essa cirurgia.

Tivemos um ano de muitas realizações pessoais , de muita dor e de muito medo também.

Foram meses complicados após a cirurgia que infelizmente tem sempre que ser feita no exterior , dada a precariedade e morosidade do Sistema de saúde Português.

Foi numa fase complicada em que a minha mulher também não se podia ausentar do Pais, porque tem encargos familiares com o filho que não lhe permitiam viajar com ele para fora de território nacional.

Ficamos com os fins de semana em que ela não tinha o filho e podia sair do País sem dar contas a ninguém e fizemos de cada um desses fins de semana , momentos maravilhosos e inesquecíveis.

Agradeço à minha família também que me deu todo o apoio e dá sempre que é preciso.

E quero dizer-te Maria , que te agradeço muito, toda a força , coragem e amor que me deste e dás.

Que contigo , cheio de dores ainda , ria , quando tu ultrapassando o próprio medo que sentias , me fazias rir.

Agradeço todo o encorajamento , todo o apoio e todo o amor.

Não é fácil acompanhar a dor de alguém que amamos , a recuperação de um transplantado é morosa e complicada e em todo o momento a minha mulher me deu todo o apoio e amor.

Tenho a certeza que neste novo ano poderemos viver o nosso amor plenamente e já sem sustos.

E feito este agradecimento mais que justo, quero desejar aos meus queridos amigos e leitores , um ano de 2010 repleto de sucessos a todos os níveis.

Que o novo ano seja também um renascer de todas as esperanças e sonhos.

Para terminar deixo aqui uma oração ao Pai, para pedir para todos nós um novo ano cheio de paz e luz.

 

Meu Pai, Senhor do tempo, ao terminar mais um ano , quero agradecer-te apesar da dor que este ano me foi dada,tudo que de bom recebi por teu intermédio.

Obrigado pela minha vida, obrigado pelo amor tão especial da minha mulher, obrigado pela minha família excepcional , obrigado pelas flores que alegraram os meus dias mais cinzentos, pelo sol que me aqueceu a alma , por todos os sonhos , por tudo o que realizei e até pelo que não consegui fazer.

Ofereço-te meu Pai tudo que de bom fiz este ano, o trabalho que realizei, o que consegui construir e todos os sorrisos que pude dar.

Peço protecção Pai , para as pessoas que amo , para os velhos amigos , para os novos amigos e para todos os que cruzaram a minha vida. Peço protecção para quem está perto de mim , para as pessoas que pude ajudar,e todas aquelas com quem compartilhei a dor, as lágrimas , o sorriso e a alegria.

Mas também te peço perdão Pai, por todo o tempo que podia ter utilizado melhor , pelo dinheiro às vezes mal gasto em futilidades,pelas palavras tantas vezes agressivas e pelas dores que provoquei.Peço perdão pelas obras sem amor , pelo trabalho que eventualmente fiz de forma errada, perdão pelos momentos de desânimo e de descrença.

Peço-te perdão pelas vezes que deixei de orar, pelas vezes que te esqueci ou lembrando-te , esqueci a tua palavra.

Todos nós iniciamos agora um novo ano.A minha vida continua ao longo de todos estes dias que se abrem num futuro ainda desconhecido, num novo ano que só tu sabes se viverei.

Peço-te para mim Pai , para a minha família, para os meus amigos e para todos os homens de boa fé, muita paz e muita alegria, coragem que não dispense a prudência e lucidez que siga de mão dada com a sabedoria.

Quero viver cada dia com fé e bondade , levando a todos um coração repleto de amor e compaixão.

Não deixes Pai que os meus ouvidos escutem como boas as palavras falsas e ajuda-me para que eu não emita palavras isentas de verdade.

Ensina-me a não ter gestos egoístas ou que provoquem dor.

Que eu saiba dar a todos as bênçãos que de ti receber.

Ajuda-me Pai a fortalecer a minha fé, a agir dentro da tua palavra , para que aqueles que me encontram , encontrem em mim um pouquinho de Ti.

Dá-nos a todos Pai um ano repleto de felicidade e ensina-nos a partilhá-la.

 

Feliz Ano Novo para todos.

Que Deus nos abençoe

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 01:03

Metade de mim

Terça-feira, 29.12.09

 

Escondo metade de mim , aquela metade dos cansaços

dos sonhos feitos pedaços, que a outra metade sonhou

escondo metade de mim , metade daquilo que sou.

Escondo metade de mim, aquela metade que é trevas

das horas amargas sem luz, aquela metade de mim , que não encanta nem seduz.

Escondo metade de mim , a metade das ilusões gastas,

a metade dos medos sentidos, aquela metade de mim , que só conhecem os desvalidos.

Escondo metade de mim , na quietude da noite que me povoa a alma , aquela metade que é escuridão, metade de uma vida , metade de um coração.

Escondo metade de mim, a metade sem sorrisos , a metade que é só minha, a minha trama , meu segredo, aquela metade de mim , que não é fascínio nem luz , a metade do meu medo.

Escondo metade de mim , na metade que sei mostrar, onde oculto raiva e cansaço , a metade que me divide , no meio sorriso , no meio abraço.

Escondo metade de mim , escondo a parte mais obscura, do sentir e do sonhar , a metade que anda perdida, a metade já sem vida , a parte que não sabe amar.

Escondo metade de mim , a metade que partiu, da metade que ficou , a metade do desencanto , das lágrimas e do quebranto , a tantas metades igual, a metade que sonhou , que não viveu , nem vingou, a metade que não mostro mais.

Escondo metade de mim , a metade mais frágil , a mais sincera talvez , anda perdida na bruma , como barco sem rumo, que navega, perdendo o cais.

Escondo metade de mim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:40

É Natal!?

Quinta-feira, 24.12.09

 

 

É Natal, já compramos presentes , preparamos a ceia, convidamos amigos e familiares , fala-se de paz. É Natal, partilhamos abraços, trocamos presentes , sorrimos a quem passa, confraternizamos. É Natal?

E o Natal dos que não têm pão? O Natal dos que perderam o emprego? O Natal dos sem abrigo , dos sem terra? O Natal dos que morrem de fome , dos refugiados das guerras , dos toxicodependentes , dos idosos abandonados em asilos e hospitais e das crianças órfãs que ninguém quer?

É Natal nas prendas trocadas , no carinho ressuscitado na troca de presentes , nos risos sociais, num ritual em que o homem uma vez no ano pensa no amor ao próximo menos vagamente. Mas não é Natal no mundo , não é Natal no coração de milhões de pessoas que sofrem e não partilham essa ilusão dourada de fraternidade. Para mim o Natal é apenas uma data para fazer sorrir crianças, para perpetuar o sonho dos olhos infantis.

Será Natal quando em vez de trocarmos presentes , os dermos a quem nada tem para nos dar. Será Natal quando partilharmos a nossa ceia com quem não tem para comer. Será Natal quando à nossa lareira estiver pelo menos um pobre sem abrigo.

O Natal não é feito das figuras de barro num presépio decorativo, nem do Pai Natal com que encobrimos a nossa ânsia de consumismo e luxo.

O Natal é um tempo de amor , de reflexão e de compaixão pelo outro.

O mundo será ideal , quando de todos os dias soubermos fazer um Natal de paz e de amor, quando cada dia for simplesmente natal...

Quando nascer a paz no horizonte e o amor nos corações, esse será o natal de Cristo.

Até lá é o Natal dos homens, que ao menos exista em cada lar , para lá da mesa farta e das bebidas, um elo de amor verdadeiro e sincero.

É em cada beijo dado com amor que brilha a luz do Natal.

Um Santo Natal a todos e os meus votos para que um dia, o Natal não seja uma data comercial , mas seja sim uma luz de amor multiplicada por todos os dias.

Que Deus nos Abençoe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:18

Feliz Natal em várias linguas

Segunda-feira, 21.12.09

ALBANÊS - Gezuar Krishtlindje
ALEMÃO - Froehliche Weihnachten
ÁRABE - I'D MIILAD SAID OUA SANA SAIDA
ARMÊNIO - Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand
BASCO - Zorionstsu Eguberri. Zoriontsu Urte Berri On
BENGALI - Bodo Din Shubh Lamona
BOÊMIO - Vesele Vanoce
BRETÃO - Nedeleg laouen na bloavezh mat
BÚLGARO - Tchestita Koleda; Tchestito Rojdestvo Hristovo
CELTA - Nadolig Llawen a Blwyddyn Newydd Dda
CINGALÊS - Subha nath thalak Vewa. Subha Aluth Awrudhak Vewa
CHINÊS - Mandarin    Kung His Hsin Nien bing Chu Shen Tan
CANTONÊS - Gun Tso Sun Tan'Gung Haw Sun
HONG KONG - Kung Ho Hsin Hsi.  Ching Chi Shen Tan
COREANO - Sung Tan Chuk Ha
CORNISH - Nadelik looan na looan blethen noweth
CREE - Mitho Makosi Kesikansi
CROATA - Sretan Bozic
CHECO - Prejeme Vam Vesele Vanoce a stastny Novy Rok
DINAMARQUÊS - Gladelig Jul
ESCOCÊS - Nollaig Chridheil agus Bliadhna Mhath Ur
ESPERANTO - Gajan Kristnaskon
ESLOVACO - Sretan Bozic or Vesele vianoce
ESLOVENO - Vesele Bozicne. Screcno Novo Leto
ESPANHOL - Feliz Navidad!
ESTONIANO - Roomsaid Joulu Puhi
FARSI - Cristmas-e-shoma mobarak bashad
FINLANDÊS - Hyvaa joulua
FRANCÊS - Joyeux Noel
FRÍSIO - Noflike Krystdagen en in protte Lok en Seine yn it Nije Jier!
GALÊS - Nadolig Llawen
GREGO - Kala Christouyenna!
HAVAIANO - Mele Kalikimaka
HEBRAICO - Mo'adim Lesimkha. Chena tova
HINDIBada - Din Mubarak Ho
HOALNDÊS - Vrolijk Kerstfeest en een Gelukkig Nieuwjaar!
HÚNGARO - Kellemes Karacsonyi unnepeket
ISLANDÊS - Gledileg Jol
INDONÉSIO - Selamat Hari Natal
INGLÊS - Merry Christmas
IRAQUIANO - Saidan Wa Sanah Jadidah
IRLANDÊS - Nollaig Shona Dhuit
ITALIANO - Buone Feste Natalizie
JAPONÊS - Shinnen omedeto. Kurisumasu Omedeto
KALA - Khristougena kai Eftikhes to Neon Etos
LETO - Priecigus Ziemas Svetkus un Laimigu Jauno Gadu
LITUANO - Linksmu Kaledu
MANÊS - Nollick ghennal as blein vie noa
MAORI - Meri Kirihimete
NORUEGUÊS - God Jul Og Godt Nytt Aar
POLONÊS - Wesolych Swiat Bozego Narodzenia
PORTUGUÊS - Feliz Natal
RAPA-NUI - Mata-Ki-Te-Rangi. Te-Pito-O-Te-Henua
ROMENO - Craciun Fericit
RUSSO - Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva i s Novim Godom
SÉRVIO - Hristos se rodi
SAMOANO - La Maunia Le Kilisimasi Ma Le Tausaga Fou
SUECO - God Jul and (Och) Ett Gott Nytt Ar
TAGALO - Maligayamg Pasko. Masaganang Bagong Taon
TÂMIL - Nathar Puthu Varuda Valthukkal
TAILANDÊS - Sawadee Pee Mai
TURCO - Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun
UCRANIANO - Srozhdestvom Kristovym
URDU - Naya Saal Mubarak Ho
VIATNAMITA - Chung Mung Giang Sinh
ZULU - Nginifisela inhlanhla ne mpumelelo e nyakeni.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:47

Um minuto mais

Domingo, 20.12.09

 

Havia uma senhora que se sentia muito feliz. Tão feliz que julgava a sua felicidade única e irrepetível. Desde sempre tinha amado o mesmo homem , casara com ele e tinha um filho saudável e lindo. Todas as manhãs ao acordar abria a alma para aquela felicidade suprema. E foi vivendo banhada daquela felicidade , até que um dia descobriu que o esposo a traia.E não era uma traição ocasional , era algo continuado. Decepcionada e assustada dirigiu-se ao marido e pediu explicações , exigiu respeito e fidelidade. O marido apanhado de surpresa e sem saber como gerir a situação , tornou-se violento. O homem doce e gentil que ela conhecia, respondeu-lhe com agressão física. Nesse momento ela viu morrer o seu conto de fadas e toda a beleza do seu casamento se foi. Sentiu que não podia suportar mais , que não mais poderia compartilhar a sua vida com alguém que fora capaz de a agredir violentamente e sem razão alguma. Envolta numa profunda tristeza, com a alma angustiada , tomou uma resolução grave e séria. Decidiu que se suicidaria, que terminaria a sua vida , mas a sua dor exigia vingança. E pensando nisso agarrou o filho pela mão e decidiu que se suicidaria juntamente com ele. Para que o marido sentisse a dor profunda de perder o filho ainda quase bebé. Decidiu que se atiraria ao mar com o filho nos braços. Procurou uns rochedos na proximidade da casa onde vivia e conhecia bem o precipício que procurava , onde lá em baixo o mar em fúria , despedaçava quem se metesse nas suas águas. Ao atravessar a rua que a levaria junto do mar , uma estrada costeira onde passavam muitos carros , o filho escapou das suas mãos e correu pelo meio dos carros que circulavam. Ela sentiu um enorme desespero. O que era estranho porque levava o filho pela mão para que morresse consigo , mas ao vê-lo em perigo , alheou-se da sua pretensão e correu em desespero , de braços estendidos para o salvar. O menino baixou-se na estrada e pegou uma folha de papel , a que lhe tinha prendido a atenção , pelas imagens coloridas e o fizera correr para apanhá-la. A mãe curiosa pegou na folha de papel e os seus olhos caíram no titulo que em letras garrafais dizia "UM MINUTO APENAS". Interessada ela leu: "Num um minuto apenas, a tormenta passa, a dor passa, o ausente chega.

O dinheiro chega, o amor parte, a vida continua."

Com o filho fortemente agarrado pela mão , ela foi lendo o resto do texto. Era um texto escrito por um filósofo que poderia ser um sábio. Ela terminou de ler , seu ímpeto suicida tinha passado... num minuto apenas. Decidida e a sorrir , pegou na mão do filho e voltou para casa, sabia que tinha como lutar , como recuperar o seu casamento , perdoar o marido e reerguer o seu lar.

Por isso , por muito grande que seja a sua dor, o seu desespero, quando pensar que só o fim é a solução, espere, pense, conceda a si mesmo , mais um minuto...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:01

A Todos os Meus amigos

Sábado, 19.12.09

Para todos os meus amigos

para aqueles que caminham solitários na vida

que se julgam sozinhos e perdidos

eu quero que saibam que estou com vocês.

Aos meus amigos que se perdem na vida

aos que caminham sem destino

a esses eu quero dizer que os sigo.

A todos que desacreditam deste mundo

aos que se perdem nas trevas da desolação

aos que ninguém entende

aos que sofrem, aos que ninguém ama

eu quero dizer que o meu coração é vosso.

Quero dizer que mesmo que não entenda

ainda que não concorde

mesmo que me magoem , ainda assim

quando precisarem de um sorriso, de um abraço

eu vos darei o melhor de mim.

Por mais que errem ,

que a vida os afaste de mim

que as palavras nos separem

em vez de nos unirem

ainda assim eu estarei do vosso lado

lutando por um sorriso.

Por mais que as vossas asas quebrem

por mais que caiam,

eu estarei de braços abertos para os reerguer

para dar o abraço que levanta a fronte

e dá segurança ao passo.

A todos os meus amigos

eu quero dizer que os amo

que não sei guiar os seus passos

porque não sou perfeito

mas darei a todos aquilo que de melhor tenho em mim

um abraço carinhoso

e um sorriso de ternura...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 23:05

Medo irracional

Sexta-feira, 18.12.09

Tenho medo das palavras que são silêncios

tenho medo das frases que são correntes

tenho medo do silêncio denunciador.

Espero palavras que sejam rosas

com gotas de mel , salpicadas nos meus lábios,

espero verdades com rosto de mentiras

espero mentiras com expressão de verdade

espero preencher o silêncio,

rasgar a máscara das frases sem sentido...

Tenho medo , da minha incapacidade de dizer

tenho medo daquilo que sou capaz de falar

tenho medo daquilo que sufoco e sei calar.

Tenho medo de palavras do passado

quais fantasmas rondando a minha paz de agora

tenho medo de sílabas repetidas

das mesmas palavras sem expressão

de frases mortas, sem sentido

de um passado tão sofrido

que já não me alcançam o coração.

Tenho medo das palavras soltas ao vento

das que se atiram como pedras

ou das que se oferecem como pétalas

nos botões vãos da mentira

tenho medo do que se diz

nas noites de eterno receio

nas horas de vago rancor

nas palavras de carinho e loucura

que são orgulho e não são amor.

Tenho medo das palavras gastas, de frias arestas

que cortam o sonho com seus ângulos esbatidos

tenho medo das palavras vazias, das frases sem nexo

que não enchem a alma, não perturbam sentidos.

Tenho medo dos silêncios que não sei preencher

tenho medo das respostas que não quero dar

tenho medo das palavras presas na garganta

sufocadas por um grito estrangulado que não sai,

tenho medo das vagas respostas que dou

tenho medo das juras de amor que me dão

tenho medo dos sonhos desfeitos em frases perdidas

e tenho pena, das palavras soltas

por criaturas já "mortas" de almas vazias...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:15

Momento de Arrependimento

Segunda-feira, 14.12.09

 

E quando de repente como vindo do nada, um doente sente que a cura chegou.

E de repente num passe de mágica , alguém perdoa ou pede perdão, alguém que nunca nos olhou , abre-nos os braços e estende a sua mão.

Quando de repente uma mãe triste , que perdeu o filho , encontra consolo,uma criança que nunca conheceu o amor , sente um abraço com emoção, e o velho triste que vive no lar, recebe uma visita com comoção.

E por um motivo inesperado um mau ser humano , torna-se bom, um egoísta aprende a partilha,e um ditador considera a liberdade.

E como o desabrochar de uma rosa , um talento escondido desabrochou,e aquele que não crê em sonhos , finalmente sonhou...

E num minuto abençoado a alma triste conhece a alegria,um pobre com fome ,recebeu pão,e um pai de família aflito, olhou o horizonte e encontrou a solução.

E num momento justo , a justiça ilibou um inocente,um culpado arrependeu-se e pediu perdão,e o viciado que vivia na rua,encarou o seu vício e pediu ajuda e protecção.

E num momento de luz , um trabalhador amou o seu trabalho,um desempregado finalmente empregou-se e um lar estremecido, reergueu-se das cinzas e reafirmou-se.

E num momento de paz, fez-se luz e esperança em toda a terra,e Deus olhou a sua criação , com um amor , que só o seu coração encerra.

Foi um momento frágil como asa de borboleta, fugidio como um raio de luz, um momento em que alguém ergueu o rosto ao Céu e murmurou numa prece sentida: - "Eu creio Jesus..."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 21:49

Não Humilhe Os Outros

Sábado, 12.12.09

 

Quando alguém faz algo que nos desagrada , temos sempre duas opções para lidar com o assunto.

Podemos criticar quem nos desapontou, podemos humilhá-la ou podemos tentar resolver a discórdia.

É improvável que se consiga fazer ambas as coisas com sucesso.

Muitas pessoas tentam resolver das duas formas, primeiro enfrentam o outro e desabafam literalmente sobre ele as suas frustrações e dizem coisas como:- " Você é um desleixado, inconsequente , atrasado mental, idiota, sem vergonha, ignorante..."

E depois esperam resolver o problema dizendo:- "agora que já lhe disse o que penso do seu trabalho, agora resolva este assunto. Conserte o meu carro, devolva o dinheiro que lhe dei ou até, agora ama-me como antes.

É uma maneira complicada de se conseguir resolver seja o que for.

Por mais que alguém nos deixe irritado, triste ou decepcionado, devemos lembrar-nos que humilhar esse alguém , põe fim a todas as possibilidades de uma solução do problema.

Todos nós às vezes gostamos de confrontar o outro e até de ter um ataque de mau génio , mas,isso jamais nos ajudará a resolvermos as questões pendentes.

Se começamos a agredir quem nos decepcionou apenas conseguimos mostrar que somos rudes e intolerantes.

E a pessoa que agredimos vai detestar-nos e vai querer dificultar-nos ao máximo a vida e se dependermos da sua colaboração para ultrapassar um problema, podemos contar que nunca o ultrapassaremos.

Isso porque no geral as pessoas ficam contentes quando percebem que correspondem às expectativas que nelas colocamos,quando respeitamos os outros e os tratamos com delicadeza , geralmente eles retribuem esse carinho e respeito.

Quando o nosso objectivo for obter a colaboração de alguém , sejamos delicados até na hora de apontar o erro e de certeza o outro nos dará o melhor de si mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:27

Feliz Aniversário Meu Amor

Quarta-feira, 09.12.09

 

Que bom meu amor estar a teu lado em mais um aniversário.

A cada ano que passa é mais especial e mais mágico dividir a minha vida contigo.

É claro que viver a dois não é sempre fácil, existem sempre dificuldades , mas com paciência e amor, conseguimos realizar milagres.

Neste dia tão importante quero agradecer-te publicamente o apoio que nunca me negas e são esses pequenos gestos que fazem a diferença.

Amo-te muito e quero que sorrias para a vida.

Hoje desejo-te um feliz aniversário com amor e sinceridade e se hoje estamos unidos é porque soubemos crescer e amadurecer juntos. Agradeço ao Pai por tudo o que nos proporciona e quero que recordes hoje e sempre que eternamente estarei a teu lado , tanto nos momentos felizes , quanto nos momentos de dor , por mais difíceis e complicados que sejam.

O teu aniversário é motivo de muita alegria para mim e todo o nucleo familiar e quero que seja um dia tão especial como tu.

Parabéns pelo teu aniversário meu amor , que o Pai Divino me conceda ainda festejar muitos aniversários contigo.

Felicidades amor , amo-te muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:00


Pág. 1/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes



subscrever feeds



Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas