Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Repassando Alerta da DGS

Quinta-feira, 31.07.14

 

Doença por Vírus Ébola
Recomendações para Viajantes

Um surto de Doença por Vírus Ébola decorre na Guiné-Conacri desde fevereiro de 2014. Foram também confirmados casos na Libéria e há outros suspeitos, em investigação, no Gana, Serra Leoa e Mali.
A infeção resulta do contacto direto com líquidos orgânicos de doentes (tais como sangue, urina, fezes, sémen). A transmissão da doença por via sexual pode ocorrer até 7 semanas depois da recuperação clínica.
Uma vez que o período de incubação da doença pode durar até 3 semanas é provável que novos casos venham ainda a ser identificados. No entanto, as medidas de controlo já implementadas naquela região Africana, tais como isolamento, monitorização ativa dos casos e vigilância reforçada nas fronteiras, poderão conter este surto e prevenir a propagação da doença.
O risco para os países europeus é considerado baixo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, as viagens à região afetada não estão desaconselhadas.

 

Ao viajar para regiões afetadas:

 

O cumprimento das medidas de proteção individual é a única forma de prevenir a infeção.
 Siga as indicações das Autoridades de Saúde locais, cumprindo as regras de higiene básicas (lavagem frequente das mãos);
 Não contacte com animais selvagens (macacos, morcegos, antílopes, entre outros) vivos ou mortos;
 Cozinhe bem os alimentos de origem animal (sangue, carne, leite, entre outros), antes de os consumir (a refrigeração ou congelação dos alimentos não inativa o vírus Ébola);
 Evite o contato próximo com casos suspeitos ou confirmados de doentes com o vírus Ébola;
 Evite o contacto com cadáveres antes e durante cerimónias fúnebres;

 Não manipule qualquer material ou objetos utilizados no tratamento de doentes;
 Atente ao risco de transmissão através de relações sexuais.

 

Durante a estadia numa região afetada procure cuidados médicos se apresentar:

 

 Febre elevada de início súbito;
 Mal-estar geral;
 Dores musculares;
 Dor de cabeça;
 Dor de garganta;
 Manchas na pele;
 Dor abdominal;
 Náuseas;
 Vómitos;
 Diarreia;
 Dores no peito;
 Hemorragias (não relacionadas com traumatismos)

Ao entrar/regressar a Portugal:

Vigiar o estado de saúde durante 21 dias. Se apresentar alguns dos sintomas anteriormente referidos ou tiver tido contacto direto, sem proteção adequada, com pessoa doente, contacte a Linha Saúde 24 (808 24 24 24), mencionando a viagem recente e relatando a sintomatologia.
Caso os sintomas se desenvolvam ainda durante o voo de regresso, no avião, deverá informar a tripulação imediatamente. O mesmo procedimento se aplica em viagens marítimas.

 

 

 

Francisco George
Diretor-Geral da Saúde

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:17

Esquecimento e excesso de zelo

Segunda-feira, 28.07.14

 

Continuando esta fase de entradas intempestivas neste blog e arriscando o pescoço, (metáfora), venho mostrar aos leitores o outro lado , o lado mais privado de um homem que aprendi a respeitar . Se tiver erros , não liguem importância , embora estando há anos em Portugal , não sou português e trabalho há cerca de vinte anos com o Gonçalo . Não tenho licenciatura em nada, comecei entregando café no escritório , mais tarde fazendo as fotocópias e com o tempo fui subindo até onde estou hoje . Trabalhar com o Gonçalo é algo que me enriqueceu muito como pessoa . Obviamente ele é humano e tem altos e baixos , ainda assim aprendi e cresci muito com ele . Quando fui trabalhar com ele, conhecia a sua fama de advogado astuto , ainda que muito jovem e de grande talento para os negócios. Com o tempo conheci alguém igualmente muito humano , acessível e com um coração do tamanho do mundo . Tenho com ele vivido episódios engraçados, outros mais tristes e outros ainda completamente hilariante. Acho que o Gonçalo sempre deixa aqui uma faceta muito séria , introspectiva ,  embora ele tenha todas essas facetas , tem outras impagáveis , de rir até chorar . Vou contar um episódio que vivi com ele , que nada tem de especial , mas que ilustra a sua forma também engraçada de ser . Era uma sexta feira e às sextas ele faz questão de se despedir de todo o pessoal , cumprimentando pessoalmente e desejando um bom fim de semana . Geralmente desce com a Daniela e caminham juntos até ao estacionamento . Por incrível que pareça , aquelas duas almas aproveitam até ao ultimo minuto para falar de trabalho . O motorista espera no carro impaciente e eles de agenda aberta , discutindo assuntos para segunda feira . Algumas vezes o motorista dizia entre dentes ( tanto tempo para discutirem as reuniões durante o dia e agora é que se lembraram). Nessa sexta feira o Gonçalo tinha uma dor de ouvidos muito aguda , já tinha estado no médico, mas ao que parecia não tinha resultado . Passou o dia trabalhando , com a porta da sala dele fechada , quando ele mantém a porta cerrada , toda a gente sabe que é melhor não incomodar e se tiver que incomodar que seja algo realmente importante . Nesse dia chamou-me e pediu que remarcasse a consulta no médico . Era já final da tarde e a assistente do clínico disse que ele atenderia , mas pediu que o paciente não se atrasasse muito . Dei-lhe o recado e ele disse que ia sair , deviam ser umas 17 horas , disse meio agastado que tinha esperado uma amiga que não apareceu e que tudo que tinha para fazer estava feito . A Daniela ainda ficava, e eu sai com ele . Entramos no carro, eu , ele e o motorista e fomos na direcção do consultório médico . Minutos depois toca o telefone dele e ele depois de olhar o numero que chama , atende . Era da Central de segurança que instalou e gere o alarme na quinta dele . O dialogo foi mais ou menos assim .

- Senhor , o alarme da sua casa disparou...

- A esta hora?

-Sim senhor .

- Não estou em casa , as câmaras não mostraram o motivo porque o alarme disparou?

- Deu somente para ver movimento , mas não se viu nada nítido .

- A minha empregada a esta hora foi às compras , mas creio que deve ter esquecido de colocar o papagaio na gaiola.

- Muito bem , não alertamos a policia?

-Não.

-Qual é a senha senhor?

-Que senha? - Responde ele irritado , ainda mais com a dor no ouvido .

-A senha senhor , para eu ter a certeza de que estou a falar com o dono da propriedade.

-Se eu atendi o meu telefone é porque sou eu , certo?

-O senhor tem que saber a senha...

Ele começou a ficar irritado.

-Olhe meu caro , não me lembro da senha , nunca uso , esqueci .

-Então vamos tentar outra coisa. A zona 1 é o Jardim?

-Sei lá , talvez ...

-Errado , a zona 1 é a cozinha.

-Como quer você que eu saiba isso?

- Como proprietário tem que saber .

-Então estamos muito mal , não sei .

-Então também não sei se o senhor é quem diz ser e por isso vamos mandar a polícia .

E o homem desligou . Enervadíssimo o Gonçalo tentou ligar várias vezes para a empregada que não o atendia . Provavelmente com o barulho do centro comercial não ouvia .

Segundos depois toca o telefone .

- Sim ? - atende ele já muito irritado .

- Senhor o seu alarme disparou.

-Já sei, e antes que me peça , não sei a senha, não sei as zonas , e era bom que desligassem essa porcaria que vai deixar os cavalos loucos.

-O senhor pode desligar por telemóvel .

-Ainda bem , como devo fazer?

- O senhor não sabe?

-Se eu soubesse , não perguntava.

-Para lhe indicarmos a forma de desligar o alarme , tem que nos fornecer a sua senha secreta.

- Mau , outra vez ? Já disse há pouco ao seu colega que não me lembro .

-Sendo assim , vamos mandar um piquete.

Já muito enervado com tudo aquilo , o Gonçalo mandou o motorista dirigir-se para a quinta e apesar da hora, até não demorou muito a chegar lá .

Quando chegamos estava um piquete da agencia de segurança a tentar escalar o altíssimo muro .

Lá dentro ouvia-se a sirene a tocar com um som estridente e agudo , o Gonçalo pegou no comando do portão , abriu-o e entraram todos , os senhores do piquete à frente com ar ameaçador .

O Gonçalo já bastante cansado, olhou para eles e disse , fazem o favor de desligar aquela porcaria?

Um deles , com uma fleuma que parecia Britânica , respondeu - desligue o senhor usando o teclado .

-Não me lembro da maldita pass numérica .

- Então desligue com o comando , senhor.

O Gonçalo foi ao carro , retirou um comando e por mais que pressionasse o botão , o barulho ensurdecedor não se calava .

-Acho que esta porcaria não tem pilha. Ou vocês desligam essa coisa ou eu parto essa porcaria toda e acaba-se o alarme.

Ficaram todos a olhar uns para os outros e um dos membros do piquete , finalmente digita a pass  mágica no teclado e o barulho cala-se .

A sensação de silêncio que se seguiu foi irreal , parecia que a paz se tinha instalado de novo .

O Gonçalo assinou um formulário qualquer e o piquete partiu . Ele desistiu da consulta e fiquei com ele para jantar . Obviamente que o culpado pelo disparo do alarme era mesmo o papagaio . Mais tarde rimo-nos da situação , provocada por um homem que esquece as coisas mais terra a terra e por uma agencia de segurança que leva o seu trabalho a um impressionante excesso de zelo .

Há situações caricatas , invulgares e o Gonçalo parece ter uma antena para as atrair.

Espero não ter aborrecido os muitos leitores que por aqui passam .

 

GUSTAVO RAYMIN

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:07

Parabéns

Quinta-feira, 24.07.14

Ao nosso Primeiro Ministro, meu amigo pessoal e Presidente do meu partido, os votos sinceros de um feliz dia de aniversário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:49

Obrigado

Quarta-feira, 23.07.14



Obrigado Leo. Fiquei sem palavras ao ler o seu texto . Não sei se tenho bom ou mau feitio, sou o que sou e não devo ser assim tão ruim , se Deus me deu a graça de ter amigos como você . Agradeço as suas palavras , embora eu ache que vc exagerou , amigo exagera sempre . Quanto às baladas , imagina , eu não aprontava nada , já você ... Brincadeira , acho que todos nós vivemos da melhor forma a nossa juventude . Depois a vida vem mais séria , por isso enquanto se pode é que se deve aproveitar . Cada idade tem as suas maneiras de ser vivida . Também te conheço bem e tenho acompanhado toda a sua vida e dou graças a Deus por manter amigos assim . Não pelas palavras aqui deixadas , mas pelo sentimento bonito e sincero que eu sei que existe . Recordo os nossos bailes na fazenda , a cervejinha , enfim e o mais que não vem ao caso . Temos tantos anos em comum , vivemos tanta coisa , tanta mesmo . Casamentos , perdas, alegrias , tristezas . Foi muito importante para mim ler o seu texto , não pelos elogios, mas sim por ser a voz de um sentimento que se mostra imutável . Te adoro Leo , um forte e sincero abraço e vamos falando .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:25

Falando de ti

Domingo, 20.07.14

 

Peço desculpa Gonçalo por assim invadir seu espaço . Vi seu ultimo texto e vi seus amigos comentando com humor seu mau génio . Fiquei pensando e imaginando onde foi o pessoal buscar essa afirmação e não entendo . Eu sempre conheci você , nem sei quanto tempo faz que somos amigos e nunca vi em você nenhum resquício de mau humor , de mau génio ou até de impaciência . Nos divertimos tanto , sabe amigo , lembro de nossas baladas , tanto aqui no Rio quanto ai em Lisboa e dá uma saudade. Ai você tinha seu grupinho , o Pedro , o Paulo , o Ricardo e nos divertíamos tanto . Me lembro da inveja que às vezes sentia de você e do Paulo Branco. Para que os leitores entendam , o Gonçalo como todo o mundo sabe , tem o maior charme , um conquistador nato da mulherada , com o seu cabelo loiro e seus olhos de um azul genciana tão invulgar e o Paulo , um moreno cheio de sensualidade e com uns tremendos olhos verdes . No meio desta dupla , eu me sentia quase invisível . Nas baladas eles se distinguiam de todo o mundo e as mulheres babavam e eu ficava por ali me sentindo meio deserdado da sorte . Mas sempre te adorei e adoro . Te conheci e conheço de todas as formas , conheço seu lado moleque sem juízo , seu lado de negociador implacável , seu tino comercial , empresarial , sua falta de juízo , você é o verso e o inverso de você mesmo . Em tanto tempo que temos de amizade , conheci suas vitórias , seus desgostos , seus amores e suas decepções e em todas elas você é igual a você mesmo . Você se exalta , se inflama , se excede por vezes , mas maldade , necessidade de ferir ou agredir você nunca mostrou ter . Sei do acidente que sofreu recentemente e fiquei torcendo para que não deixasse qualquer sequela . Sabe querido,  admiro a sua luta pela sua saúde , admiro seu modo de ser , admiro a sua coragem e fé. Todo o mundo fala da sua competência como Mestre , essa eu não posso comentar porque não tenho acesso a essa parte da sua vida . Mas posso falar da sua imensa compaixão por quem sofre , sempre admirei o facto de você ter criado na sua fazenda aqui no Brasil uma ONG que cuida de meninos de rua . Admiro a sua generosidade nas imensas quantias que você sempre cedeu para quem mais precisava , lembro aqui sua luta em defesa dos animais e das vitimas de AIDS. Conheço de você todas as facetas , a de moleque , a de homem sério e em elas todas sempre está a sua simpatia , generosidade e alegria de viver . Eu reconheceria sua estrepitosa gargalhada em qualquer lugar e essa gargalhada genuína incendeia de luz os seus olhos invulgares que parecem mostrar sua alma . Penso que te conheço de dentro para fora e admiro também seu talento inato para a escrita e seu talento para o piano . Me lembro de você arrebatando pista, dançando como se deslizasse e um dia o Edson que estava connosco, olhou e disse para mim : Minha nossa, aquele filho da mãe é bom em tudo mesmo , ali não há para ninguém . Caímos na gargalhada e eu fiquei pensando que Deus foi mesmo muito generoso com você . Recordo da sua extrema sensibilidade enquanto poeta , da sua fabulosa voz para cantar , para recitar poesia . Deus fez de você um artista completo, que decidiu ser homem de negócios . E advogado ainda por cima , por isso eu te acho tão controversamente invulgar , o que não acho mesmo é que você tenha o mau feitio que lhe apontam. O que acho mesmo é que a sua sensibilidade tão refinada faz você sentir diferente e ai sim , você sentindo diferente  acaba agindo de forma que nem todo o mundo entende e dai essa sua fama de irascibilidade. Foi deixar aqui uma foto sua , tirada com celular por um amigo comum este ano , sei que você tem algum cuidado com sua imagem e restrição à publicação de fotos , mas seja como for não vejo mal em a deixar neste seu espaço . Foi o Pedro que me cedeu as senhas para editar em seu espaço . Na verdade este texto se deve à saudade que sinto de você e à admiração que sua forma de ser sempre me causou . Não gosto de elogiar as pessoas quando elas partem , como é normal se fazer , gosto de elogiar quem merece , enquanto essa pessoa pode ler e saber o que penso sobre ela . Adoro você , te acho um homem bom , num tempo em que cada vez mais essa raça se torna escassa . Sempre vi você agindo com verdade , com honra , com dignidade e quero mais uma vez deixar aqui expressa minha admiração . Te adoro amigão .
Um abraço do amigo Leo
PS- As fotos publicadas neste Site são da estrita propriedade do autor . Nenhuma das fotos deve ser copiada , difundida ou usada seja porque motivo for . As fotos são marcadas para evitar o uso indevido .
 
( Pedro L. de Castro)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:53

Parabéns Filhota

Sexta-feira, 18.07.14


 Para a minha filha Catarina que hoje completa 13 anos e está de férias em Montenegro , o lugar mais paradisíaco da Europa, deixo um grande beijo de parabéns e fico orgulhoso da minha pequenota que daqui a pouco será mais uma linda mulher na família . Beijos meu amor , que o teu dia seja muito , muito especial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:45

Nas Minhas Mãos

Quinta-feira, 17.07.14



Trago nas minhas mãos a vontade de erguer barreiras e derrubar os muros que me cerceiam. Trago nas minhas mãos a vontade de agarrar as pedras e delas fazer muros para proteger aquilo que me é caro. Trago nas minhas mãos a força que é latente nas minhas veias e que se ergue como tempestade tumultuada no Oceano que vive na minha alma. Trago nas minhas mãos os sonhos que agarro para que não me fujam e nas linhas da palma da mão o destino que ouso desafiar. Trago nas minhas mãos abertas a paz que ofereço a quem me rodeia e o medo que me cerceia o caminho. Abro as minhas mãos numa oferenda às Divindades que me regem. Trago nas minhas mãos abertas , francas, os sinais que a vida me deixou e os desejos que não chegaram a viver. Trago nas minhas mãos abertas o suspiro de muitas marés e as cinzas dos ciclos que se fecharam. Trago nas minhas mãos abertas as lembranças de tempos esquecidos , perdidas num limbo do qual nada sei . Trago nas minhas mãos , gravado , o pacto que fiz com Deus, o pacto que rege a minha vida . Trago nas minhas mãos a suavidade das manhãs que surgem no horizonte e a agonia do dia que morre ao entardecer. Trago nas minhas mãos o grito que teme sair da garganta e que se debate no meu silêncio. Trago nas minhas mãos , preso, o meu próprio destino, aquele cujas rédeas tomo e seguro até que elas caiam por fim inertes e nas minhas mãos abertas , os traços mostrem apenas o caminho da eternidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:46

SER ESCRITOR

Quarta-feira, 16.07.14



 Ouvi dizer várias vezes que ser escritor é sinónimo de vida fácil e de loucura . Ser escritor é um trabalho criativo , nada burocrático, diferente dos trabalhos com horário fixo. Ser escritor permite inventar , criar , mas não tem a segurança de um ordenado fixo, de saber com o que se pode contar no fim do mês. Não sou um escritor profissional , nem vivo da escrita, Graças a Deus , mas desencante-se quem pensa que vai ser rico escrevendo . O escritor trabalha muitas horas para receber um dinheiro que nunca corresponde exactamente aquilo que merece. Quanto ao facto de o escritor ser louco , ai acredito que sim , porque tendo o juízo todo ninguém aceitaria optar por uma tal vida , onde o futuro é sempre incerto. Muitas vezes chego aqui e olho a folha virtual aberta na minha frente e mesmo não sendo particularmente indeciso, fico sem saber do que falar . Dou por mim olhando na rua rostos que não conheço , tentando roubar-lhes as expressões para os meus personagens ou prestando atenção a retalhos de conversas que ouço casualmente na rua , na esperança que uma dessas fortuitas conversas possa ser o ponto de partida para uma história que eu resolva inventar . A loucura do escritor também se mede pelo seu apego aos personagens que ele próprio cria , sentindo uma proximidade tão grande por eles, como se fossem personagens reais da sua vida . Entristecendo quando o final do livro se aproxima e ele tem que dar Adeus a essas "pessoas" que por um tempo ele criou e fez viver , como se de um Deus se tratasse. Para ser escritor , não é preciso ter uma licenciatura , basta ter imaginação e saber escrever correctamente, ou pelo menos , o mais correctamente possível.  Boa sorte a todos aqueles que se aventuram por esta arte criativa .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:55

Anjos

Terça-feira, 15.07.14



Anjos... Tão inocentes… que se deixam levar por qualquer coisa, uma simples palavra pode desenvolver um sentimento tão forte neles. Tão fracos, que se iludem constantemente como se o objectivo da vida fosse encontrar alguém para amar o mais rápido possível… Tão tolos, permitindo que qualquer um chegue e entre na sua vida, sem mais nem menos. Anjos ...  Tão frágeis…Mas os anjos mudam , porque a vida maltrata os anjos. E um dia os anjos dão conta que ser anjo é confundido com ser idiota , antiquado e agir como se estivesse atrasado da sua época anos luz. Então o anjo sacode as asas que estão repletas de pó, e pensa que ter o coração limpo não interessa a ninguém . Que mais vale ser um diabinho , importar-se mais consigo e esquecer os outros , porque eles , os outros , também não se prendem com anjos . Por isso cada vez mais os anjos se transformam e se tornam o oposto daquilo que um dia foram. Porque não existe pior que um anjo que se cansou de o ser , é como cruzar o caminho de alguém que de tão decepcionado mais nada tem a perder. E assim se perdem os anjos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 15:49

CANSAÇO...

Sexta-feira, 11.07.14

Estou cansado de esbarrar com a preguiça na procura de conhecimentos, da falta de disposição e humildade para aprender, e do desanimo que dai advêm, causando a vontade do divorcio da situação, como se abandona o barco que ameaça afundar.Estou cansado de ouvir pessoas que nada têm para dizer,de ver crianças crescerem modeladas por esta sociedade actual, que há muito julgou tomar nas mãos as rédeas do seu destino e apenas se perdeu.Estou cansado de ver a mediocridade crescer tanto, que aquilo que é apenas comum tem por força de alcançar o sucesso, deixando de lado o que de facto é puro talento. Estou cansado do egoísmo, do egocentrismo, da vitimização, da incapacidade de esquecer o umbigo e olhar em frente.Estou cansado de ouvir pessoas expressando opiniões sobre aquilo que não entendem, sem a humildade de perguntar ou querer saber.Criticando o que não é criticável,defendendo verdades muito suas que não dominam,resultando num vazio que não querem ter o trabalho de preencher. Estou exausto de pessoas "pequenas" que se acham grandes, cegas por um falso brilho que nasce na incapacidade de se verem como de facto são, de enxergarem o seu verdadeiro tamanho sem lente de aumentar.  Estou cansado de ver vidas de pessoas especiais fragilizarem-se e tornarem-se como um cristal tão gasto, que se parte ao primeiro toque.Estou cansado de quem reclama por qualquer coisa, sem a capacidade de ver que todos os problemas podem ser resolvidos, se em vez de gritar e espernear aumentando as reais dimensões dos problemas, apenas fizer tudo que estiver ao seu alcance e confiar em Deus.Estou cansado de lutas verbais, estou cansado de ver o mundo sendo conduzido por pessoas que querem que os outros aceitem como verdades autênticos contos de fadas,quando o essencial é dar a verdade, não a ilusão. Estou saturado de falsas doutrinas,de mentiras milenares que interferem até com os Estados dos Países do mundo inteiro, limitando a informação e o conhecimento.Estou cansado de pessoas que ainda não entenderam que no mundo são apenas um grão de pó, inseridos num universo cuja grandeza não conseguimos sequer imaginar.Estou cansado de ver a má educação confundida com a frontalidade, a indiferença e secura de sentimentos confundidas com dignidade e força de vontade,a violência confundida com coragem e a agressão vista como forma de auto afirmação.Estou cansado de viver em meio a gente que vive para valorizar a aparência , queimando a vida numa fogueira ridícula de vaidade e que aponta como diferente todo aquele que não se enquadra nesse idiota padrão social.Cansado de ver mulheres a lutarem para perder uma grama que seja, apontando quem não está nem ai para esse disparate, levando essa moda a um extremo que as torna esqueléticas e ridículas, parecendo que pela rua caminham cabides vestidos.Estou exausto de pessoas cuja ganância não conhece limites e que ergue uma bandeira de moral que já não convence ninguém,enterrando a honestidade e tornando como meta o sucesso pessoal,seja a que preço for.Estou cansado de pessoas que pisam tudo e todos para terem mais do que honestamente poderiam ter.Estou cansado da necessidade de usar máscaras sociais,de morder a língua para não dizer a verdade que me sufoca e de me sentir um pião da hipocrisia que assalta tudo e todos.Estou cansado de conviver com pessoas sem sentido de humor,chatas,que conduzem a vida como se ela fosse uma tortura, uma cruz a ser carregada e não, o maior Dom de Deus.Estou cansado da cegueira humana perante o fascínio da vida, da sua apatia por tudo aquilo que Deus nos oferece diariamente e que é o que faz com que a vida valha a pena.Estou cansado da indiferença com que se olha para o outro, do pouco caso que se faz de quem mais precisa e da imbecilidade humana perante quem é mais frágil, como crianças e animais.Estou cansado de ver idosos com os direitos violados, sendo literalmente abandonados por um Estado que deveria zelar pelos seus interesses e necessidades,de ver vidas serem usadas como meros degraus de ascensão no jogo abjecto em que a politica se transformou,e de ver cada cidadão ser contado e nomeado como um mero numero eleitoral que tem que ter o voto conquistado por qualquer preço, ainda que esse preço seja mentir, ludibriar e prometer o que se sabe que é impossível cumprir.Estou cansado na minha vida pessoal de pessoas cínicas, mentirosas que me falam de um carinho que em actos demonstram não sentir.De gente hipócrita cujas falsidades finjo engolir não sei muito bem até quando, de pessoas mentirosas, cujas mentiras já sei de cor.Estou cansado de pessoas vazias, da inversão total de valores, da ignorância, da estupidez galopante que grassa por todo o lado.Estou cansado de ser burro e de dar segundas oportunidades acreditando que o tempo melhora as pessoas,para descobrir aquilo que já sei, que quem não tem potencial interno jamais o poderá atingir.Ninguém pode dar aquilo que não tem.E principalmente e mais grave que tudo, estou cansado de ver que eu também sou culpado por tudo isto que me cansa, e estou exausto por compreender que me vão faltando as forças para tentar mudar tudo o que me deixa assim , cansado...



Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:57


Pág. 1/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes



subscrever feeds



Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas