Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Realidade da Grécia

Sexta-feira, 30.01.15

397940.png

Ontem um amigo meu perguntava como será possível que o actual governo Grego ponha em andamento todas as promessas eleitoralistas .Claro que terminar com a austeridade é fácil , muito fácil até quando há dinheiro para fazer face às despesas . E quando esse dinheiro não tem que ser retirado do cofre de outros Países , porque afinal , se assim for e em nome da democracia que a Grécia tanto proclama , há que lhes perguntar se querem arcar com as contas da Grécia . Porque ao que parece a Grécia só é adepta da democracia entre fronteiras , para os outros quer impor a sua vontade. Neste momento eu não queria estar na pele do Syriza , porque não são fáceis os tempos que o aguardam .A promessa foi que cada voto seria um passo em frente no caminho que leva ao fim da austeridade . Mas e agora?O povo Grego votou e demonstrou claramente que quer o fim da austeridade, mas essa vontade não tem aliada a si , o poder mágico de o conseguir. Para manter a palavra dada , é preciso que o Governo Grego disponha de muito , muito dinheiro e a maior incógnita é onde irá o Estado Grego desencantar essa mina . Ainda que tenham gritado ao vento a Soberania da Grécia e do povo Grego , nenhum Pais que pertença a comunidade Europeia mantêm intacta a sua soberania .E mais comprometedor que isso , todos os Países que aderiram ao Euro viram a sua Soberania cair ainda mais. Um País dito Soberano , que não tem como a Grécia um pacto de união firmado , em circunstancias idênticas tem como lançar mão de alguns expedientes para tentar conter a crise , entre eles ,fechar o mercado interno aos produtos importados , ou criar-lhes uma taxa dissuasora,ou simplesmente desvalorizar a moeda.Só que a Grécia não é detentora dessa vontade soberana , a Grécia que aproveitou os subsídios que lhe deram , e gostou de fazer parte de um grupo que a apoiava , depende agora desse mesmo grupo para gerir a situação em que se encontra.  Mas pior que tudo isto é que a Soberania da Grécia bate de frente com a divida enorme que contraiu.  E sem ajuda externa a Grécia não tem como se financiar , mas para obter esse financiamento a Grécia tem que obedecer regras , regras essas que colocam em causa a Soberania.  A  Grécia meteu-se e está nas mãos dos credores e esses credores estão com a paciência esgotada e pela vontade deles não voltariam a emprestar dinheiro à Grécia.   E não venham os Gregos pôr a culpa da crise numa teoria de conspiração que até dá muito jeito , porque a situação económica da Grécia tem directamente a ver com as opções politicas e financeiras que tomou ao longo destes anos. Neste momento é tarde demais para exigir respeito pela Soberania , ela foi vendida a troco de subsídios e de benesses que na altura deram muito jeito . E neste barco não está só a Grécia , Portugal também está , mas ao contrário da Grécia , tem a noção real da sua situação.  Claro que para um povo que se habituou a ter um excelente nível de vida, os sacrifícios que têm feito são de facto pesados. Entende-se que o povo Grego esteja saturado de privações , de cortes , mas prometer o fim de tudo isso é um acto de idiotice , porque o futuro da economia grega e o seu presente , não está de forma alguma na mão dos Gregos.  Neste momento interrogo-me se o primeiro ministro Grego será um demagogo ou um visionário, só que ele não tem capacidade de manobra para ser um visionário , até porque não dispõe dos recursos que por exemplo o Lula tinha quando prometeu uma viragem na politica , com a ressalva ainda de que a Grécia não tem um eleitorado tão pouco alfabetizado , como é o caso do Brasil , em que os que são considerados pobres , vivem afastados de cultura e educação escolar, sendo por isso manietáveis. O primeiro Ministro Grego não dispõe de tempo para grandes jogos de bastidores, e as medidas têm que ser tomadas com muita urgência.  Falta-lhe o dinheiro para cumprir as obrigações para com os credores e ainda para cumprir as promessas eleitorais , para começar , o aumento do ordenado mínimo. Para já o chefe do executivo Grego vê-se a braços com as parcelas a pagar da divida , sendo que uma vence já em Fevereiro. e tem o valor de quatro mil milhões de Euros. Em Julho há para pagar mais seis mil milhões de euros. É muito dinheiro ,a necessidade de financiamento à Grécia , será algo parecido com 15 mil milhões de euros. Isto significa que se a Grécia se colocar em posição de não cumprir o acordo e honrar os compromissos , o caminho será a bancarrota.O que significa que a Grécia continua a depender da Troika,já que os mercados externos recusariam emprestar dinheiro , Existe a possibilidade de o primeiro ministro Grego obrigar os bancos a financiarem a divida publica , mas se for assim , corre o risco de bater de frente com as regras do BCE. Ora a acrescentar a este quadro negro , existem ainda as despesas inerentes ao cumprimento das promessas eleitorais, que devem rondar se forem cumpridas , cerca de doze mil milhões de euros. A economia da Grécia tem apresentado alguns sinais positivos , mas ainda muito longe de sair da zona de risco . E a vitória do primeiro ministro que parece ter nas mãos a solução mágica para a crise , não muda esta realidade. O programa dele baseia-se numa ingenuidade que assusta , ele aposta num perdão da divida e acredita e espera que quem já emprestou o dinheiro e o perde , volte de novo a emprestar. Isto sim é ser um sonhador. E nós Portugueses como ficamos no meio disto tudo? Basta recordar que o primeiro perdão da divida Grega foi de cem mil milhões de euros , se Portugal tivesse beneficiado do mesmo perdão , os nossos problemas estariam quase por completo resolvidos. Esse perdão atingiu o Chipre e também nos fez vacilar a nós, porque atingiu de forma pesada as contas dos nossos bancos. A acontecer um novo perdão à Grécia , então teremos o direito de nos considerarmos injustiçados. Devo relembrar também que caso existisse um novo perdão da divida Grega , as perdas seriam suportadas por todos os Países da zona euro , incluindo obviamente Portugal , e incluindo Países que têm um nível de vida bastante inferior ao que a Grécia tem , mesmo agora , após a crise. Isso será sempre visto como uma injustiça e fará nascer graves problemas políticos. E parece que a Grécia esqueceu que não é só lá que existe democracia , nos outros Países também há eleitores que escolhem e que certamente não estão dispostos a aceitar aquilo que a Grécia espera. Sempre que falamos de perdão de dívida, de mutualização de dívida, de eurobonds e de outros mecanismos semelhantes, do que estamos a falar é de obrigar países como a Alemanha, a Holanda ou a Finlândia a pagarem uma parte das nossas contas, das contas gregas, porventura das italianas. Tudo o resto são eufemismo.Tudo chegaria ao povo sem hipocrisia se houvesse uma maior honestidade nos debates públicos.Até hoje ainda ninguém teve a coragem de dizer alto que todos os Países que pertencem ao euro , têm uma organização Federal que transcende as soberanias individuais de cada um .Neste momento o Federalismo já existe , apenas não está assinado em tratado nenhum e não se sabe como os eleitores dos Países da Zona Euro vão reagir a essa figura finalmente definida. Temos que compreender que o poder dos líderes desses Países é praticamente nulo , e se a Grécia conseguir arrancar ao Parlamento Europeu as condições que pretende , estará aberto um precedente grave. Países com um maior peso na CEE podem começar a fazer o mesmo tipo de exigências, uma vez que em todos os Países existem partidos que são contra a austeridade.  Claro que a Grécia vai dizer que a decisão foi do eleitorado e que numa democracia isso tem que ser respeitado , só que as escolhas apresentadas ao eleitorado Grego na verdade são meras ilusões. Podem é claro , sair do Euro , recuperarem a sua Soberania , mas pedir o perdão da divida não é um atributo dessa mesma Soberania , pois vai colidir com a Soberania dos outros Países. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 09:48

As Minhas Descobertas

Terça-feira, 20.01.15

10431493_936896106350753_2899957451534461032_n.png

Um dia destes descobri que me tornei um mais profundo conhecedor da vida e muitas das minhas verdades caíram pelo pé. Conhecem aquele chavão de que um grande amor se esquece com outro grande amor? É mentira . Sair por ai amando alguém para esquecer um outro amor , apenas vai aumentar o amor que se quer preterir . 

Com o tempo aprendi que aquela velha etiqueta de "caçador" colada no homem não podia ser mais falsa. As mulheres sim é que são caçadoras e fazem qualquer homem sofrer.

Um dia aprendi que amar alguém está muito para lá do nosso controle.

Aprendi a não ligar a palavras de amor e nem a juras inflamadas , descobri que as provas de amor que me convencem são aquelas mais simples , em que ninguém repara.

Descobri que as coisas "mais ou menos" não me prendem a atenção .

Com a minha própria experiencia aprendi que ser catalogado de "bonzinho" nunca é bom , porque toda a gente vai ficar achando que tem direito a cobrar bondade , compreensão e gentileza a todas as horas . E às vezes não há gentileza que aguente.

Percebi ao longo do meu aprendizado nesta vida , que o sentimento que se nutre por alguém , nunca é proporcional às vezes que procuramos essa pessoa ou somos procurados por ela. Regra geral quem menos nos procura é quem mais sente algo sincero e mais se lembra de nós.

De uma forma dura a vida ensinou-me a compreender a frase-: " Tornas-te responsável por tudo aquilo que cativaste ...".

Percebi que muitas vezes temos pessoas na nossa vida que são muito importantes para nós , que esperamos delas , e regra geral essas pessoas não dão o verdadeiro valor a isso.

Aprendi que o tempo nos absorve , que a vida nos enleia , enrola e afasta das pessoas que são importantes na nossa vida , porque as temos como um dado adquirido , até que um dia , buscamos essa pessoa e é tarde demais.

Espacialmente eu que estive tão perto da morte , hoje sei como a vida é importante , como cada minuto desperdiçado não volta mais , e sei que a vida será sempre curta para realizar todos os sonhos que ainda tenho e talvez até para terminar todos os projectos que hoje conduzo.

Talvez eu não tenha tempo sequer para dizer tudo o que devia ter sido dito e não foi.

Então só me restam duas opções , ou voo para o meu habitual patamar acima da loucura e aceito que há coisas que terei que aprender a dispensar , ou então terei que lutar continuamente até realizar todas as minhas pequenas loucuras e desejos.

E sobretudo aprendi que quem não compreende o que uma simples palavra quer dizer , quem não sabe ler nos gestos , nos sorrisos , também não irá entender uma longa explicação .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:07

Divulgação Importante

Sexta-feira, 16.01.15
POR FAVOR DIVULGUEM!É MUITO IMPORTANTE SABER! FUNDAÇÃO CHAMPALLIMAUD - acordosLocalização: Avenida Brasília 1400-038 LisboaATENDIMENTO: Telefone 210480048- TLM 965922748, E-MAIL: centro.atendimento@fundacaochampalimaud.ptA fundação Champallimaud já tem protocolos com a ADSE, IASFA, MULTICARE, MÉDIS, Advancecare,Saúde Prime, Allianz, CGD,SAMS (quadros), PSP- SAD.DIVULGARCURA DO CANCRO EM PORTUGALSinto que esta é uma daquelas informações que não se pode deitar ao lixo sem passar a TODOS amigos e conhecidos. É possível evitar muito sofrimentoCurar o cancro com 1 só sessão, em Portugal. Fundação Champalimaud. Tratamento disponível desde 2012 Março.Convém estarmos todos informados.Vejam e divulguemCurar o cancro com uma só sessão, em Portugal. Fundação Champalimaud.Tratamento disponível 2012 Março.Radioterapia que elimina tumor numa só sessão chega a Portugal.Pode eliminar o cancro numa única sessão, mesmo com o tumor já espalhado. É indolor e tem menos custos que a radioterapia convencional.O equipamento chegou à Fundação Champalimaud em 2011 Dezembro equipado com ferramentas que o tornam único no mundo.Uma radioterapia que pode eliminar o cancro numa única sessão, mesmo com o tumor já espalhado,disse o oncologista Carlo Greco.A taxa de sucesso nos tratamentos tem melhorado de ano para ano.Disponível para tratamento no final do primeiro trimestre de 2012, permite tratar muitos dos casos de cancro com metástases, sobretudo os menos disseminados.Sistema absolutamente único em Portugal e, na Europa, há poucos.Trata-se de uma radioterapia por imagem guiada, em que se faz TAC e tratamento em simultâneo. Exige elevado nível de precisão com dose única aplicada no local adequado.Testámos o equipamento e a técnica na Universidade de Pisa, em Itália.Funciona em qualquer tipo de cancro, mesmo num dos mais resistentes à quimio ou radioterapia, como o do rim, com uma taxa de sucesso de 80% mesmo nos casos de cancro dos rins."É indolor, elimina a toxicidade e consegue-se fazer o tratamento em menos de um quarto do tempo do que as sessões convencionais deradioterapia, i.e., trata quatro vezes mais doentes que a radioterapia tradicional.Em 10 minutos consegue-se o mesmo do que com a cirurgia, permitindo ao doente ir para casa de seguida e sem risco de morte.Oferecemos aos doentes metastáticos, mais do que esperança, uma realidade - sem dor e sem invasão".Tratamento mais barato do que a radioterapia convencionalVamos abrir as portas a todos, recebendo doentes de hospitais portugueses e também de qualquer país da Europa ou do mundo.Por agora, a Fundação só recebe doentes particulares, tendo já acordos com dez instituições com seguros de saúde.O custo para o sistema de saúde é muito mais baixo.
POR FAVOR DIVULGUEM!

É MUITO IMPORTANTE SABER!

FUNDAÇÃO CHAMPALLIMAUD - acordos

Localização: Avenida Brasília 1400-038 Lisboa

ATENDIMENTO: Telefone 210480048- TLM 965922748, E-MAIL: centro.atendimento@fundacaochampalimaud.pt

A fundação Champallimaud já tem protocolos com a ADSE, IASFA, MULTICARE, MÉDIS, Advancecare,Saúde Prime, Allianz, CGD,SAMS (quadros), PSP- SAD.

DIVULGAR
CURA DO CANCRO EM PORTUGAL

Sinto que esta é uma daquelas informações que não se pode deitar ao lixo sem passar a TODOS amigos e conhecidos. É possível evitar muito sofrimento
Curar o cancro com 1 só sessão, em Portugal. Fundação Champalimaud. Tratamento disponível desde 2012 Março.

Convém estarmos todos informados.

Vejam e divulguem

Curar o cancro com uma só sessão, em Portugal. Fundação Champalimaud.

Tratamento disponível 2012 Março.

Radioterapia que elimina tumor numa só sessão chega a Portugal.

Pode eliminar o cancro numa única sessão, mesmo com o tumor já espalhado. É indolor e tem menos custos que a radioterapia convencional.
O equipamento chegou à Fundação Champalimaud em 2011 Dezembro equipado com ferramentas que o tornam único no mundo.

Uma radioterapia que pode eliminar o cancro numa única sessão, mesmo com o tumor já espalhado,disse o oncologista Carlo Greco.
A taxa de sucesso nos tratamentos tem melhorado de ano para ano.

Disponível para tratamento no final do primeiro trimestre de 2012, permite tratar muitos dos casos de cancro com metástases, sobretudo os menos disseminados.
Sistema absolutamente único em Portugal e, na Europa, há poucos.

Trata-se de uma radioterapia por imagem guiada, em que se faz TAC e tratamento em simultâneo. Exige elevado nível de precisão com dose única aplicada no local adequado.

Testámos o equipamento e a técnica na Universidade de Pisa, em Itália.

Funciona em qualquer tipo de cancro, mesmo num dos mais resistentes à quimio ou radioterapia, como o do rim, com uma taxa de sucesso de 80% mesmo nos casos de cancro dos rins.

"É indolor, elimina a toxicidade e consegue-se fazer o tratamento em menos de um quarto do tempo do que as sessões convencionais de
radioterapia, i.e., trata quatro vezes mais doentes que a radioterapia tradicional.

Em 10 minutos consegue-se o mesmo do que com a cirurgia, permitindo ao doente ir para casa de seguida e sem risco de morte.

Oferecemos aos doentes metastáticos, mais do que esperança, uma realidade - sem dor e sem invasão".

Tratamento mais barato do que a radioterapia convencional

Vamos abrir as portas a todos, recebendo doentes de hospitais portugueses e também de qualquer país da Europa ou do mundo.
Por agora, a Fundação só recebe doentes particulares, tendo já acordos com dez instituições com seguros de saúde.

O custo para o sistema de saúde é muito mais baixo.

Texto de Teresa Arriaga

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 13:02

Análise

Quarta-feira, 14.01.15

20131217-110427.jpg

Vai tudo bem , obrigado ... É a frase que mais repito ... Mas está tudo bem mesmo? Ora vejamos , o meu trabalho é reconhecido , a minha vida vai pelo traçado que escolhi, quase tudo está se encaixando nos lugares próprios. De repente dou-me conta de uma calma , estranha de tão em desuso na minha vida . Faz-se uma paragem no caos que é o meu dia a dia. às vezes fica difícil dizer a frase mágica ... " Tudo bem, obrigado...", porque isso não é habitual em mim e é estranho reconhecer que de verdade vai tudo bem , desde o dia que aceitei finalmente que tenho limites. Que nem tudo é possível e que é nesse pequeno campo de ninguém onde se situa a fronteira do possível com o impossível , que o meu equilíbrio interior se fortaleceu. Claro que o caminho para chegar até aqui não é de todo fácil ,é preciso saber educar a nossa própria vida . E dou comigo a rir das dificuldades , a achar graça de alguns disparates, a deixar transparecer tranquilidade para o assistente .Acho que me sinto como um leão que saciou a sua fome .Engraçado que nem eu sei como explicar com lógica como cheguei aqui .Claro que às vezes ainda me aparece assim um ou outro incauto que me tenta roubar a paz , mas eu aceito , afinal é a vida.Acredito que todos os problemas trazem algum tipo de ensinamento, que é importante aprender com as quedas , com as asneiras e acima de tudo com quem nos aponta os erros. Porque quem nos mostra os nossos erros , sabe bem mais do que nós e é com esses que quero aprender. Como posso crescer , aprender , se ninguém me mostrar o caminho? O pior empecilho no aprendizado é achar que já se sabe tudo .Gosto de crescer , de me encontrar , de ser gente , sem levar a minha vida às capas dos jornais . Gosto da minha privacidade , dos meus segredos, da minha vida pessoal . Por isso nunca deixei que a minha assistente mais próxima sequer deixasse transparecer um comentário sobre mim . Sou parco em informações pessoais e isso garante boa parte da minha paz. Não gosto que aquilo que é realmente meu caia nas bocas do mundo .Quando algumas pessoas me dizem com ar de inveja que gostariam de ser aquilo que eu sou e não podem , sinto-me incomodado , invadido , porque eu consegui a custo o meu equilíbrio , mas não tenho a vida cor de rosa que me inventam. A dor , o desanimo , a tristeza , o medo , também fazem parte da minha vida .Até a dor de reconhecer que a maioria das pessoas gosta de mim , porque quer sempre algo em troca e que as conversas de amizade , lealdade , não passam de um doce isco que já me enjoa.Também tenho amigos sinceros , eu sei e agradeço tudo o que me têm dado de apoio nas piores horas, não posso nem devo ser ingrato . Trabalho muito , a minha vida tem pilares sustentados naquilo que eu sou e faço , mas nem tudo o que conquistei , por vezes me faz sentir feliz . Tenho luas , como dizem e devo ter mesmo .Muitas das pessoas que me cercam e elogiam , nem sequer me conhecem de verdade. Sim , comigo está tudo bem , obrigado, mas preciso de amigos que vejam em mim mais que uma oportunidade , o meu currículo ou até mesmo o meu perfil no Facebook. Assim cada vez mais as minhas relações se restringem , deixando apenas espaço para pessoas que me queiram bem de verdade. A pouco e pouco vou deixando para trás o que antes me parecia vital e apenas me fez sofrer , de coisas sem as quais eu pensei que não conseguiria viver . Isso inclui pessoas que se divertiram brincando e eu deixei e que jamais imaginariam o que de verdade teria para lhes oferecer. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:52

CHARLIE HEBDO.

Sábado, 10.01.15

charlie-hebdo.jpg

Fomos acordados de forma violenta para uma barbárie que nos deixou inseguros. Claro que gritamos e chamamos de bárbaros , terroristas e houve até alguém que achou por bem que à conta disso se voltasse à pena de morte em França. E esquecemos com facilidade que Países ditos respeitadores dos direitos humanos , tenham praticado igual barbárie quando invadiram Países Árabes. Quantos Muçulmanos foram barbaramente assassinados durante as invasões a Países árabes praticadas pela França , Inglaterra ou os Estados Unidos ? Alguém se importou ? Alguém se sensibilizou na velha Europa? Claro que não . Após o infeliz incidente agora acontecido em França , milhões de pessoas saíram à rua ou expressaram nas redes sociais o seu desejo de vingança contra os muçulmanos . " Eu sou Charlie" , referindo-se à revista francesa que perdeu quatro dos seus cartoonistas , para além de mais oito pessoas. Eu fiquei chocado e acho que os terroristas que praticaram tal acto hediondo devem ser presos , punidos pelo mal que fizeram . Mas só eles , não se pode generalizar essa sede de vingança a toda a comunidade Muçulmana e o que aconteceu não nos dá legitimidade para vandalizar marcos da religião ou da cultura muçulmana , como foi o vandalismo praticado na Mesquita em Lisboa. Lamento pelos franceses que morreram e rezo para que as suas famílias encontrem o caminho e o apoio de Deus neste momento difícil , sou solidário com a dor e com o luto dos Franceses . Mas atenção , a minha solidariedade pára por ai, sem entrar na histeria que parece acometer todos. Eu não sou "Charlie" , conheço perfeitamente as sátiras que essa revista leva a cabo e jamais me poderei identificar com quem falta ao respeito à religião , às crenças e ao direito elementar ao respeito pelos outros. Essa revista que diz combater o extremismo nas religiões , acaba por desrespeitar e erguer por sua vez uma muralha de intolerância e de racismo . Quem enxovalha as religiões alheias , não pode jamais dizer que luta pelo fim do extremismo , quando o seu comportamento o afirma e o provoca. Lamento muito as vidas que se perderam no atentado e para essas mortes não há desculpa , mas não posso por isso dizer que concordo com uma revista de humor decadente e totalmente falho de respeito pelos outros. A arte é um Dom que serve para criar pontes entre a humanidade , tudo que ajude a espalhar ódio e violência jamais pode ser considerado arte. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:17

Ano Novo... Vida Nova ou Nem Tanto

Quarta-feira, 07.01.15

ganhos-e-perdas.jpg

 Começo mais um ano de forma lenta , devagar , sem pressas . Não ligo mais aqueles "rituais" das listas daquilo que nos propomos fazer no início do ano e que depois não fazemos . Terminei o ano com perdas profundas , de amigos , jovens que se foram num acidente trágico e iniciei o ano de novo perdendo amigos num outro acidente . Penso muitas vezes que o que a vida me deu em conforto , me tirou em tanta coisa bem mais importante . No entanto a minha vida caminha tranquila , também me aconteceram coisas muito boas e seria injusto não as referir aqui . Sem grandes planos , sem grandes atropelos , inicio este novo ano sabendo que milagres não vão acontecer e que a vida só me dará aquilo que eu lutar para conseguir . Não espero grandes alterações e nem as procuro , espero que a minha vida se mantenha em velocidade controlada , estável e sem grandes apostas no escuro . Desejo a todos os meus leitores , amigos e todos que por aqui passam , não esquecendo os inimigos , que este seja para todos um ano calmo , tranquilo e estável. Sem grandes percalços ou correrias , que saibamos tirar da nossa vida o melhor partido possível . Que para todos , o ano traga a consolidação da família, do amor , para quem já o vive e descoberta de amor pleno para quem ainda está nessa fase. Espero que o nosso tão conturbado mundo encontre um caminho de meio termo , que seja possível a convivência e a aceitação entre todas as raças , credos e cores politicas , que as minorias sejam respeitadas e saibam respeitar . O meu voto maior para este ano , era que o ser humano se descentralizasse do seu próprio umbigo e conseguisse ver e aceitar o outro ali ao lado , com as suas opiniões divergentes e todas as suas diferenças . A normalidade tem o rosto de quem a vê , aquilo que para mim é normal , pode não o ser tanto assim para uma outra pessoa . Deixemos de viver escravizados e escravizando pelas nossas pequenas verdades , vamos abrir o coração e a mente às verdades dos outros . A isso chama-se conhecimento , tolerância e aceitação . Com isto não quero dizer que aceite todas as diferenças , fica aqui a minha habitual ressalva aos gays e lésbicas que respeito enquanto seres humanos , mas cuja orientação sexual jamais acharei correcta ou aceitável , sem que no entanto de mim parta qualquer hostilização ou qualquer tipo de injuria . Apenas afirmo o que sempre afirmei , tento nortear a minha vida pelos preceitos de Deus e Deus criou um pilar da sua própria casa , que é a família . A família formada por dois seres de sexos diferentes , que na sua união promovem um milagre Divino, a criação . E Deus criou o homem e a mulher para que a sua casa se perpetuasse. Se a união de dois seres do mesmo sexo fosse aceite por ele , então o principio da criação e da família seria um erro. Nada tenho contra homens que se amam , ou mulheres que se amam , se é a opção deles , tudo bem . Só apelava à comunicação social , que não fizesse de qual que é excepção , uma regra . Qualquer dia para ser aceite socialmente terá que se ser homossexual . Gostaria de facto que a TV , jornais e revistas não dessem uma projecção tão grande aos casais gays , até porque se repararem essa projecção nem os dignifica , porque geralmente usa-se a personagem caricaturando e efeminando ao máximo , o que se torna ridículo . Tendo em conta que muitas crianças e jovens assistem as novelas e lêem revistas onde esses casos são mostrados como naturais , corre-se o risco que a juventude perca os poucos valores morais que lhes restam . Que passem a achar normal e aceite que dois seres do mesmo sexo casem , adoptem crianças e formem famílias normais . Que cada um tenha direito a ser diferente , aceito , mas que essa diferença não deixe de o ser , para passar a ser regra. Um bom ano para todos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:45





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes



subscrever feeds



Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas