Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Pedro Passos Coelho

Sábado, 15.09.12

 

Pedro , ainda se lembra do seu tempo de menino . Quando acreditava que tinha direito ao sonho e à felicidade? Ainda se lembra da capacidade de sorrir e de falar com o coração? Provavelmente neste momento , há outros meninos que esperam que o Pedro tome as decisões certas para não verem os seus sonhos gorados . E pelos vistos , o caminho que está a seguir , está a colocar em causa o direito legitimo que assiste aos jovens de pelo menos sonhar . Estes meninos , têm pouca noção ainda do que querem para o mundo , mas sabem que têm o direito a viver e a trabalhar com esperança no seu próprio País. Desde o início que festejei a vitória do Pedro , torci por ela , empenhei-me nela , defendi-a, mas agora, agora o Pedro entrou num caminho que se afasta muito da Social Democracia em que acredito . Eu nunca fui da linha liberal do PSD , sempre fui da Social democracia . Não concebo democracia, sem uma componente profundamente humana e social , ainda que devidamente gerida . Gerida e não destruida , sem opções à vista . Neste momento , Pedro , tenho medo da vitória que tanto apregoei e senti. Não sou pessoa de sentir medo seja do que for, na vida já levei muitas rasteiras , já acreditei em pessoas que não valiam nada , já pedi ajuda a pessoas que ma negaram , mas estou aqui , firme e acima de tudo , com a minha dignidade e o respeito por mim mesmo . Ouço com extrema atenção, as suas comunicações ao País e vejo a linha politica que segue , e aquilo que tenho ouvido , deixou-me imensamente preocupado . Surge sempre no seu discurso , Pedro , uma chamada de atenção , à Sociedade, para como diz , a criação do homem novo . E vem esse discurso inserido , num quadro feliz , de um futuro País desenvolvido e sem carências económicas . Mas o discurso do homem novo , esse discurso já vem do tempo dos soviéticos . E o tão proclamado homem novo , deu origem à morte de milhões , que acreditaram num mundo feito de "homens novos". Em Portugal , tivemos o Salazar , que tomou o Poder em nome de um Estado novo , de um novo homem e o que aconteceu . Tivemos uma política de repressão , que levou à morte boa parte da nossa juventude , para defender o Império desse mesmo Estado , do qual só conheceram a miséria e a morte . Na Alemanha tivemos também a apologia ao "homem novo" , nascido na cabeça de um jovem visionário , que sonhava com um mundo novo , estruturado , com valores novos, e o que aconteceu? Levou à morte muitos milhões de pessoas , e nada ficou resolvido , tudo ficou como antes ou  não , pelo contrário , tudo ficou pior que antes. E tenho medo , quando vejo a destruição do estado social do País , sendo feito de forma indiscriminada. Tenho medo , pelos milhares de Portugueses , que vêm o seu ordenado mínimo , ficar ainda mais mínimo , sentindo-se peças de um jogo financeiro , que não entendem , e que da sua derrapagem nunca foram culpados. Eu sei , que muitos , para não dizer todos ,os antigos governantes Portugueses tiveram culpa do estado a que o País chegou . Com especial relevancia , para aqueles que venderam a terceiros a nossa economia , em troca de milhões de euros , pelo sacríficio das nossas frotas pesqueiras , da nossa produção agrícola , fazendo de nós os mendigos da Europa. Entendo que deveriam ser criminalizados e punidos.  Por isso Pedro , as suas propostas eleitorais , a sua juventude , foram na altura uma lufada de ar fresco . Mas hoje tenho medo , Pedro . Não que o compare a visionários que marcaram negativamente a nossa história , até acredito nas suas boas intenções e na sua vontade de erguer o País . Mas ... mas Pedro , um chefe de Estado tem que ter mais que uma palavra imperativa , uma determinação ferrenha , tem que ter humanidade , sensibilidade e capacidade de dizer NÃO. Eu sei que muitos do pontos de vista que o Pedro defende , são pontos de vista da Troika, dos parceiros Europeus, mas o Pedro tem que ter a força e a coragem de dizer NÃO, quando essas ideias ou determinações nos deixam cada vez mais sem saída . Eu gostava de amanhã , depois de amanhã , um dia destes , voltar a ouvir o Pedro e poder sentir que efectivamente caminhamos para um ponto de restauro do País . Mas um restauro que seja humano , que não seja só e apenas números e que não satisfaça apenas interesses dos usurários que tentam comprar-nos a alma . Vale a pena o sacrificio que nos conduz a uma saída , mas neste momento , estamos a ser conduzidos ao massacre . E por isso agora tenho medo , e acima de tudo , Pedro , tenho pena , muita pena ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:49


6 comentários

De Mario Neves a 16.09.2012 às 22:17




Olá amigo Gonçalo! Novamente aqui para mais uma cordial visita. Peço desculpas por não comentar o seu artigo  postado por desconhecer completamente o momento político português. Mas li com atenção sua matéria tentando assimilar o seu raciocínio. Que seja a sua semana a partir das primeiras horas da segunda-feira uma semana produtiva em todos os sentidos. Saudações Poéticas - Mario Neves 


 

De valquiria a 17.09.2012 às 11:26

Bom dia Gonçalo!!!Lendo seu texto ,você esta querendo um jeito melhor de fazer as coisas, de cuidar do país.
Um jeito em que o consumo seja responsável, a inclusão social e o equilíbrio não sejam discursos da moda,mas práticas e metas.
É possível sim construir sem destruir, consumir sem ser consumido.Para realizar este sonho é preciso um jeito novo de fazer política.
Pautado por valores e princípios que tenham o interesse público, a transparência dos planos e das ações.Acredito que o Pedro,ira conseguir se seguir seus conselhos.Beijos com carinho





.


!!!

De Pedro L. Castro a 17.09.2012 às 12:12


Bom dia aos leitores do Sonhos Secretos . Como devem ter reparado , o autor do Blog tem estado afastado dos blogs e isso deve-se a problemas de ordem pessoal . Existem alturas de amadurecimento e de crescimento de todos nós , e um homem que tem a sensibilidade e o cariz social do nosso escritor , não é de certeza impune a essas fases . Para nós , que o conhecemos de perto , costumamos dizer , que ele está na fase do urso , fechado na toca , mas pronto a surgir renovado e  vigoroso . É complicado quando se  sente a confiança traída , quando se dá tudo num projecto e se vê a sua essência cair por terra , quando se ama verdadeiramente o próximo e nos sentimos impotentes para ir mais além . Principalmente quando amigos em que se acreditou , por mera covardia , insegurança e desconfiança , simples e covardemente , fogem . Mas a vida é feita de altos e baixos , para nos permitir avaliar quem merece o nosso respeito e confiança e joeirar o que não passa de mero enfeite . Quanto à situação do País , confesso que me afastei. Não ouço mais notícias e evito ler jornais . Eu sei que assim não resolvo nada , mas ao ler todos os dias , notas sobre medidas desastrosas , que não posso evitar , também nada resolvo e ao menos evito uma ulcera de estomago . Eu também não concordo com esta machadada naqueles que menos podem e não acredito que em nome de um patriotismo qualquer se condene uma vasta fatia do Povo, a passar fome . Espero que o Povo Português tenha a capacidade de se unir para mostrar o seu desagrado , afinal só fazem connosco , aquilo que nós permitimos . Mas espero também que o Povo saiba mostrar o seu desagrado de forma ordeira e pacifica, a nossa arma é o voto e é com ele que podemos mudar o rumo do País . Talvez o caminho esteja em apostar em ideias novas , vindas de pessoas novas e não esperar tanto de uma classe política já com vicios de governação e desgorvernação . Um abraço a todos

De vera Thellier a 09.10.2012 às 01:03

Gonçalo
Não vi todo seu blog, mas gostei da sua coragem, do que escreveu acima.
Encontrei sua página quando refletia sobre a dúvida que tenho do povo português perder o MEDO em que mergulhou.
Estou triste porque no horizonte não vejo mudanças, não vejo o Homem Novo e nem a Nova Ordem Mundial com que se sonhou na entrda do Milénio.
Amanhã, voltarei aqui . Irei guardá-lo nos favotitos.
( só uma coisinha, se me permite, fiquei a pensar no avental - mas até aqui há que subverter.)
Atenciosamente
Vera Thellier
em Tavira

De Gonçalo de Assis a 09.10.2012 às 12:13

Bom dia Vera
Antes de mais , obrigado pela visita .
Agradeço o comentário e quanto às questões que coloca , tentei dar-lhe a minha opinião no texto de hoje .
Quanto ao "avental" , o que conta é o que cada um de nós tem para dar aos outros .
Não interessa o caminho que se escolheu , interessa chegar ao final com a certeza de ter feito por todos o melhor que se soube e se foi capaz . Um abraço

De vera thellier a 10.10.2012 às 14:28

Boa tarde Gonçalo
Compreendi a sua mensagem. Você é um homem de boa fé. Se você fosse um conceito, acho que seria o seguinte: « I have a dream.»

Na idade em que estou, acho que sou o seguinte: « Não sou nada, nunca serei nada; àparte isto, tenho em mim todos os sonhos do mundo» ( Fernando Pessoa).
 Saudações cordiais.
Vera

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter