Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Esta noite...

Quinta-feira, 12.04.07
Esta noite o meu corpo é lava
que escorre do vulcão
que me pulsa nas veias
para mim teu corpo é rosa
que desfolho entre os meus dedos
ignorando a dor dos espinhos
Invado a tua boca suave
quero morder a tua língua
sentir o sabor da tua saliva
possuir o teu corpo trémulo
que em expectativa me espera
e anseia pelo meu
Minhas mãos conhecem teu jeito
tua pele que arrepia
quando minhas unhas passam
a roçar a tua pele
toma-me um frémito de amor
que é também desejo de dor
vontade de ser cruel
Mordo de leve teus seios
agarro os teus cabelos
enquanto debilmente me empurras
mas és minha
eu quero ter-te
possuir-te
submeter-te
à minha fome , ao meu prazer
agora não és quem amo
és um corpo em minha mão
és fonte do meu tesão
és um corpo de mulher
As minhas mãos desejosas
percorrem teu corpo que fechas
entre brincalhona e receosa
forço a passagem por caminhos
secretos
que eu já conheço e quero
o meu corpo desespera
pela investida final
nesta agoniada espera
a que voluntariamente o submeto
Meus dedos descobrem segredos
no interior de caminhos
deste desejo só meu
até que meu corpo enlouquecido
não quer mais a espera dolorosa
investe contra o teu
Não resistes porque és amor
enquanto eu sou dominador
e te possuo sem cuidado
sem carinho e sem ternura
só desejo sensual
instinto quase animal
que o meu corpo procura
acolhes-me dentro de ti
solto da minha boca, o grito
de um desejo incontido
que mal posso segurar
quero sentir-me em ti
morder a tua boca que se abre
soltando um leve gemido
sinto meu corpo tremer
fazendo de teu corpo o meu
perdendo-me dentro de ti
numa dor que sabe bem
num desespero que provoca
ondas de um prazer adiado
que quero partilhar contigo
vou morrendo devagar
entre teus braços abertos
em meio a tuas pernas suadas
que me abraçam a cintura
sinto-te tremer e contrair
sei que estás no auge do desejo
muito perto do prazer
deixo que meu corpo se perca
dentro de ti um pouco mais
e se solte por fim a torrente
do prazer atormentado
que deixo jorrar de mim
enquanto te beijo a boca
e sinto teu corpo relaxar
saciado do prazer
que em conjunto alcançamos
agarrados ainda, corpos unidos
sorrimos
cumplices , suados, cansados
e tão saciados de luxúria
beijo longamente a tua boca
devagar, saio de ti
teu corpo terno é flor
beijo teu rosto cansado
acaricio-te relaxado
agora sim, com amor
Mais tarde na madrugada
voltara a fúria
o desejo
e quererei de novo o beijo
o teu corpo aberto ao meu
agora quero apenas partilhar
o desejo satisfeito
sentindo dentro do peito
a felicidade de amar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 06:07


1 comentário

De Valquiria a 12.04.2007 às 13:46

Querido amigo!Belissimo!!!
Seu poema esta perfeito,ao amor todos os direitos dos momentos que habita o coração.
Olhares,beijos, meigos e carícias.Os corpos unidos,na paixão de um desejo.
Da noite longa e cheia de AMOR...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter