Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Prazer

Quarta-feira, 09.05.07
Chegas de mansinho junto de mim
com esse sorriso que conheço
esse olhar que me arrepia
Pegas na minha mão
e devagar, prendemo-nos no abraço
as nossas bocas procuram-se
saboreamo-nos por instantes
Pedes que deixe o trabalho
e levas-me devagarinho para o quarto
Gosto de me sentir expectante
de tentar adivinhar nos teus gestos
as tuas vontades
Com gentileza empurras-me para a cama
deito
relaxo
e olho-te
Ligas a música que me apanha de surpresa
e ao som de uma melodia doce
vais tirando a tua roupa
Sorrio
pelo prazer antevisto
pelo inesperado
desapertas a minha gravata
e quando te tento agarrar
sinto que me amarras
descontraio
deixo que o faças
Depois continuas devagar
numa tortura que me enlouquece
a desnudar teu corpo
a minha boca anseia pelos teus seios
cobertos ainda pela lingerie
sorris
da vontade que adivinhas em mim
mas não cedes
Com o corpo afastado do meu
percorres o meu corpo
com as palmas das tuas mãos
Queres descobrir-me bem lentamente
não consigo libertar-me
submeto-me
Sinto a tua boca deslizar no meu pescoço
no meu peito
Sinto a tua respiração leve
o quente da tua língua
quero-te
mas esta noite o meu querer não conta
És tu quem decide a entrega
Sentas-te sobre o meu peito
beijas-me a boca
tento chupar a tua língua que me foge
ris
Há no teu riso a provocação que me excita
de sentidos despertos peço-te
-Faz amor comigo!!
E tu ris
Levantas-te e deixas-me desesperado
faminto
passeias pelo quarto sóbrio
de mobília antiga
onde teu corpo desliza
como num filme antigo
Voltas para a cama
trazendo contigo o odor ao teu perfume
que me inebria
num gesto lânguido
que te levanta os seios
ergues os braços
e prendes o teu cabelo
Depois... ah depois cais sobre mim
a tua boca explora a minha
sem compaixão
espetas os teus dentes finos nos meus lábios
grito de dor e surpresa
e tu ris
Ris com esse riso de miúda
que me fascina
Sinto de novo a tua língua deixar no meu corpo
trilhos de fogo que me consomem
Imploro-te
e tu ris
amo o teu riso
mas neste momento fico impaciente
quero-te
Por fim
sentas na minha cintura
baixas o corpo
e deixas que nossos corpos se fundam
num fogo que me queima por dentro
comandas os movimentos
a noite é tua
Não quero que pares...
Mas tu paras
Ris da minha cara de desconsolo
tento soltar-me de novo
e a gravata alarga
consigo soltar-me
Agora a noite é minha
jogo-te na cama com violência contida
mordo a tua boca
enquanto as minhas mãos te percorrem
ignoro os teus gemidos
a minha boca desce pelo teu corpo
e cai faminta
no teu ventre
deslizando para o teu sexo
que se abre para mim
Tenho fome do teu gosto
deixo que a minha língua te explore
até ao mais íntimo de ti
Até que a dor se torna insuportável
então com o meu corpo domino-te
e possuo-te
com violência
com uma raiva que é também ternura
em movimentos sincronizados
o meu corpo sente a agonia
e depois a chegada do prazer
que se solta num jorro dentro de ti
Caio extenuado em teus braços
beijas-me com carinho
como se fosse um menino
Ficamos abraçados
sem falar
saciados
pensando no banho quente que nos espera
QUE TODAS AS NOSSAS NOITES CONTINUEM A SER ASSIM!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 05:49


1 comentário

De Angélica Marques a 09.05.2007 às 12:45

Ena que esta noite a coisa foi movimentada. Gosto da tua coragem em te expores de uma forma bonita, não se sente exibicionismo mas sim amor, um amor que nos faz sair daqui cheios de emoções e algum tesão, Adorei. Espero que todas as vossas noites assim continuem. Beijos a ambos

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas