Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SAUDADE

Segunda-feira, 04.06.07

 

Como tenho saudade de tudo que foi importante

Recordo rostos

Recordo odores

Ouço ainda o som da voz da minha mãe

E sinto saudades

Recordo os meus colegas de escola

Aqueles com quem eu brinquei

E que a vida me fez perder

Saudades de pessoas que me sorriram

Que me deram um abraço

E que não mais encontrei

Saudades de ser criança

Correr pelos campos ao acaso

Acompanhado dos cães

Saudades dos namoros da minha juventude

Tão inocentes

Tão belos

Sinto saudades de cada minuto que passa

Porque sei que não volta mais

Sinto saudades das noites de luar

Passados ao pé do mar

Oferecendo às aguas

Ora alegrias, ora mágoas

Sinto saudades de convites que recebi

Almoços, jantares a que não compareci

Sinto saudades dos amigos que não visitei

Ou daqueles que visitei de fugida

Porque o meu tempo era escasso

E nessa escassez fui esquecendo a vida

Tenho saudades de quem não ajudei

Quando me pediu a mão

Saudades de um tempo

Em que era menos duro

O meu cansado coração

Sinto saudades de familiares que perdi

De amigos que se foram

Sem que lhes desse atenção

E teria bastado tão pouco

Somente estender-lhes a mão

Sinto saudades de amigos que deixaram de o ser

Talvez porque eu não fui amigo

E que partiram da minha vida sem um adeus

Sinto saudades das pessoas

Que nunca gostaram de mim

Pois elas eram espelhos

De todos os meus defeitos

Sinto saudades de pessoas com quem ri

Com quem brinquei

Com quem bebi

Mas cujos rostos são apenas manchas

Na distância

Sinto saudades de coisas pequenas

Do meu livro de histórias

Oferecido pela minha mãe

Ou dos soldadinhos de chumbo

Exercito fiel com que travei batalhas

Tenho saudades das lembranças

Que carrego no coração

Algumas tão diluídas , esquecidas

Que talvez tenham sido ilusão

Sinto saudades das tardes de risos

Dos momentos solenes de confidencias

De coisas que vivi

E que só agora sei que foram importantes

Sinto saudades dos animais que tive

Companheiros de infância

Dos meus cães que me seguiam

Até do meu gato negro

Que me olhava pachorrento

E parecia que o seu olhar

De tão meigo, me sorria

Sinto saudades de filmes que amei

De musicas que escutei

De todos os livros que li

Livros que me faziam sonhar

Com outros caminhos

Outros lugares

Onde em imaginação me perdi

Tenho saudades do que sonhei

Do que não fiz

Do que realizei

Mas que não tive tempo de apreciar

Tenho saudades do tempo passado

Saudades de me encontrar

Sem saber onde me perdi

Saudades... Talvez esta palavra

Seja pequena

Para exprimir a falta

Que sentimos de pessoas

De acontecimentos

De tempos idos

Mas é a palavra que conheço

É a saudade que me acompanha

Desde sempre fiel amiga

Tornei-me adulto, cresci

Nos caminhos da loucura

Não sei como me perdi

A minha alma vagueou

Anda por ai também perdida

És tu,  meiga saudade

O raio de luz

A claridade

Que me vai guiando a vida

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 08:06





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas