Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de uma viagem normal

Segunda-feira, 01.06.15

Aeroporto Sá Carneiro.jpg

 

Voo Lisboa /Porto, voo nocturno numa sexta à tarde, Companhia Ryanair , classe Business Plus. Há viagens com história e viagens sem história. Sempre fui uma pessoa de muitas viagens , muito habituado a ir e vir. Mas com o passar do tempo , viajar adquire uma outra faceta , tudo mais calmo , tranquilo. Ainda no Aeroporto de Lisboa , sempre atrasado como de costume e com fome , dirijo-me a um bar e pedi uma sandes de queijo e um sumo fresco. Comi olhando o movimento de pessoas a entrar na zona de partidas , parece um fluxo interminável. Olho o relógio e penso , calma , ainda tenho tempo. Ao longo das minhas muitas viagens , tive experiencias únicas , nomeadamente em Roma , em Tóquio. Mas ali não se vislumbrava nada de emoções fortes. De repente um grupo de mulheres alegres , que riam e falavam alto , entrou no bar.Uma delas olhou na minha direcção e sorriu , retribui o sorriso distraído, não estava virado para socializações. Sem ligarem ao meu ar de bicho do mato , rodearam-me, pediram cerveja e dei-me por vencido. No pouco tempo que ainda tinha , começamos a conversar. Nada de interessante , apenas assuntos de viagem , generalidades de quem quer ocupar o pouco tempo de ócio. No final da conversa trocamos os contactos , é mera praxe, porque todos sabemos que nunca vamos ligar. Daqui a pouco ouvi o anuncio da ultima chamada para o meu voo. Encontrei rapidamente o portão de embarque e rapidamente estava no avião. O pessoal de bordo era super simpático e o meu lugar no avião , confortável. Ao sentar-me , vi que a meu lado viajava o Paulo Rangel. Sorri e cumprimentamos-nos. Uma hospedeira sorridente pegou no casaco que despi e colocou-o num cabide, levando-o para a cabine até ao final do voo. Eram de facto simpáticos , competentes e prestáveis. Troquei algumas frases com o Paulo , mas sentia-me cansado. Os olhos teimavam fechar. Pedi desculpa e não lutei mais contra o sono. Senti uma mão no meu ombro e abri os olhos sobressaltado. Era a mão do Paulo que me acordava , porque se iniciava a descida em direcção ao Aeroporto Sá Carneiro. Não gosto de voar , mas detesto principalmente as aterragens. Acordei de imediato. 

- Adoro ver o Porto cá de cima- disse-me o Paulo.

Sorri , era o que podia fazer , sorrir. Fui ouvindo as frases dele , das quais só captava palavras soltas, "Douro" , "Porto de Leixões".

Apesar do meu useiro medo a aterragem foi calmíssima. A mala apareceu logo , coisa diferente do que acontece noutros aeroportos onde chego a desesperar. Ainda no aeroporto tomei um café excelente , forte , do jeito que eu gosto.

Quando finalmente sai para a rua , fui acolhido por uma brisa suave que me despenteava levemente.  A cidade recebia-me como sempre , bela e suave. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 09:55


2 comentários

De Carlos Olveira a 01.06.2015 às 15:13

Medo de andar de avião é bem complicado e você tem mas até disfarça. Eu também vou tendo algum receio , após tanta noticia de acidente , mas depois de estar lá em cima entrego para Deus.
Não dá mais para sair no próximo ponto.
Um abraço

De valquiria a 04.06.2015 às 03:41

Boa noite Gonçalo!!!Por mais que mostrem o avião é um transporte seguro de todos,não é imune de acidentes fatais,claro que a maioria tem medo.Avião,não tenho medo não.Meu medo e navio,so fui porque minha mãe me convenceu rs...meus pensamentos era caramba oceano e enjoos eu mereço rs...passei mal so no primeiro dia fui medicada no navio e depois curtir bastante a viagem..Se perguntar avião;Val avião ou ;mar,prefiro avião.Beijos com carinho!!!!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Deus Cuida de Mim

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes





Quem Nos Visita



Contador

contador de visitas