Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Fragilidade X Ultima Vez

Quarta-feira, 11.05.16

fragilidade.jpg

As pessoas agem como se tivessem todo o tempo do mundo para ficar por cá , creio que actos e pensamentos mudariam se estivesse mais presente em nós , humanos , a fragilidade inerente à nossa condição. Deixamos de ligar ao céu azul , as flores , aos pássaros , a tudo que nos rodeia como se tudo isso fosse uma moldura e nós fossemos o centro do universo. Costumamos ter a prepotência de achar que somos o centro do mundo e o resto apenas a paisagem que envolve a nossa estada aqui. Erro crasso, E esse erro ocorre porque não aprendemos nada ao longo da vida que temos cá , que deveria exactamente ser fonte de aprendizagem e compreensão da nossa fragilidade enquanto corpo físico. Bastaria para isso recordamos as despedidas a que somos submetidos ao longo desta mesma vida. Desde o inicio há uma primeira vez para tudo e uma ultima também e o nosso caminho aqui enquanto seres físicos esta pejada de ultimas vezes. Houve um dia em que pela ultima vez tive colo da minha mãe , a ultima vez em que ouvi a sua voz. A ultima vez em que me sentei no banco da escola primária , do liceu e depois da Faculdade. A ultima vez em que abracei determinados amigos , a ultima vez em que vi certas pessoas , a ultima vez que vi certas paisagens. E há tanta ultima vez ao longo da nossa vida . A ultima vez que lemos certo livro , a ultima vez que frequentamos um lugar , a ultima vez que entramos num local de trabalho , a ultima vez em que fizemos amor com alguém , a ultima vez em que ouvimos da boca de alguém "amo-te", um ultimo abraço dado a alguém. A ultima vez que partilhamos a vida com alguém , a ultima vez que ouvimos os passos de alguém no corredor , o ultimo afago do nosso cão , gato ou seja que animal estimamos e se foi. Tanta ultima vez. A ultima vez está inerente em tudo que fazemos na nossa vida. Também haverá uma ultima vez em que abrirei este PC , haverá uma ultima vez que estarei no Facebook , nos mails , ou neste blog, Haverá uma ultima vez em que usarei o meu telemóvel , farei uma chamada ou enviarei SMS. Haverá uma ultima vez em que me deitarei na minha cama , uma ultima vez em que direi "amo-te" , uma ultima vez em que entrarei na minha casa , lerei um livro , verei TV, verei as minhas rosas , conduzirei o meu carro , verei o céu azul , ouvirei os pássaros , montarei a cavalo , receberei os afagos dos meus animais. Há tanta coisa que farei pela ultima vez , que todos faremos , porque a despedida é inerente a todo o ser humano e a nossa vida aqui é uma sucessão de despedidas. Só não sabemos quando elas vão acontecer , umas podem ser hoje , amanhã  , ou daqui a anos , esta incerteza é condicionante da nossa vida. Mas devemos aproveitar esta incerteza , o tempo que vai da semente à flor para usufruirmos tudo o que a vida nos pode oferecer. Sem medos , sem questionamentos exagerados , sem vinganças tolas , porque o medo só nos trava , questionar em excesso só nos atrasa o passo e vingarmo-nos não afecta os outros , mas sim a nós mesmos. Porque exercer vingança sobre quem não gosta de nós ou não se importa connosco é perder tempo , a pessoa alvo não está nem ai. E exercer vingança sobre quem gosta de nós , ferir quem nos quer bem , isso sim será prova de remata estupidez. Então aproveitemos o tempo incerto da nossa passagem aqui , e entre as despedidas pequenas e as despedidas avassaladoras e dolorosas e até chegar a ultima despedida, aproveitemos então para sorrir como se fosse a ultima vez. Para amar , doar-se e ser sincero como se fosse a ultima vez . Para brincar , olhar o céu , ver o mar , ouvir os pássaros , dizer amo-te, como se fosse a ultima vez. Não perder tempo com tolas futilidades , nem rancores ridículos , nem melindres parvos , agarrar o amor , a vida , o mundo , como se fosse a ultima vez. Porque não sabemos se não será.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:37


1 comentário

De valquiria beltramo a 13.05.2016 às 14:11

Boa dia,Gonçalo!O modo que você se expressou em texto,fiquei aqui a imaginar em tudo o que você escreveu.A vida é tão curta e tão rápida. E tem gente que ainda quer deixá-la passar sem aproveitá-la. Tem razão Gonçalo, às pessoas deixarem de orgulho, deixar de preconceito,rancores,deixar de fazer maus aos outros e viverem a vida, serem felizes.Como diz seu texto pode ser a ultima vez. Por que perderem um tempo tão precioso. Enfim.não perder tempo e aproveitar o maximo os momentos do dia.Beijos com carinho!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter