Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



SENTIR

Segunda-feira, 03.09.07

Perco-me em sentidos que sinto

sem saber se devo sentir

momentos que são sentimentos

horas que são momentos

de um sentimento a nascer

Sinto-me perdido em esperas

labirintos de sentidos

que sinto mesmo sem saber

se o que sinto é salvação

se é carinho ou condenação

de um sentimento a crescer

Perco-me em sentimentos

que sinto, tão fortes, sentidos

que me arrancam sorrisos e lágrimas

num efémero pestanejar

que dura o nosso viver

perco-me em sentimentos

sentidos por longos momentos

em que a vida parece parar

Sinto-me perdido no mar

no meu mar de amar, sentir

por um momento ao chegar

tenho medo que a alvorada ,

seja tempo de partir

E pergunto ao Deus que sinto

àquele que me conhece

àquele que nunca minto

porque condenação

eu sinto que quando chego

eu começo já partindo

guardando no coração

maior que a imensidão

o sentimento que sinto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 13:54


1 comentário

De Angel a 08.09.2007 às 23:34

...sentimentos estranhos
que chegam e ficam
se instalam e perduram...

Beijos

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds