Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desencanto

Segunda-feira, 26.11.07

 

Cansei-me de agarrar no vazio

chamas de um fogo que se extinguiu

de chorar as lágrimas de um mundo meu

que quem sabe, nunca existiu

Derrubei as pontes que construi

em noites de luar em que tudo era possível

A tua face era ainda bela

não via nela ainda a realidade, a mentira

Criei horizontes só meus

em que era azul o dia que nascia

perdi-me em palavras ternas

que eu ainda ousava pensar que entendia

Ah mas a madrugada raiou

sobre o mundo de sonho

que só dele vivia

e mostrou que dessa história só minha

tudo era cinza e lama

já nada existia

Fiz a pergunta ao vento

soltei o medo que me prendia

a resposta foi o cair da máscara

mostrando o rosto

que já conhecia

verde com a cor da mentira

do riso e do escárnio que recebi

talvez não de todo inocente

quem sabe talvez se o mereci

Não fechei de todo a janela

não se impede o sol de entrar

por mais que se tente

apenas esqueci o mundo criado

onde sei que é mentira

tudo o que se diz

não quero colher a rosa

se apesar de formosa

em tudo o mais mente

Cansei-me de lutas vãs

de lágrimas derramadas a teu belo prazer

de ser brinquedo de criança

de ser eternamente a aliança

entre o amar e o sofrer

Saio de dentro de mim

mais derrotado

cansado de te ver mentir

se me vou tu me chamas

se me aproximo

me mandas partir

Se tu nem sabes quem és

se és a sombra

de quem querias ser

se és a morte de tudo

a cinza negra espalhada

na alma que quis ainda crer

és um porto perdido

que nunca soube vencer

Ficam lágrimas perdidas

geladas numa face

de que quiseste escarnecer

não te destrui todas as estradas

deixo um caminho

por onde podes seguir

mas para o mundo de sonho

a tua própria ponte terás que construir

antes muito antes

de a vida partir!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:46


12 comentários

De Gonçalo de Assis a 28.11.2007 às 14:41


Boa tarde aos leitores deste blog
Eu tinha decidido não ligar ao que comentam mas para mim chega
Esclarecendo duvidas, devo dizer que alguém, cobarde de nome (Carlos) postou um comentario referindo o da (fugitiva) dizendo que gostou da resposta dela ao meu texto e junto com isso levei ums quantos elogios
Devo ressaltar que não existe ligação alguma entre ambos
Apenas o comentario dela foi usado como exemplo
O problema aqui é desse senhor comigo exclusivamente
Então reafirmo a esse senhor que eu sou o dono do blog, responsável pelos textos aqui postados, que sou adulto o suficiente para saber o que faço
Devo ainda afirmar que as minhas amizades são responsabilidade minha e que sou livre de ser amigo de quem quero na hora que eu quero
Que estou farto de comentários cobardes que magoam toda a Gente
Peço desculpa a quem involuntariamente foi envolvido
À fugitiva, que apenas foi usada a titulo de exemplo, à minha familia , e a todos que entram aqui para ler textos não para ver guerras.
Só mais uma coisa eu sei o valor da amizade e não a costumo manchar

Fica aqui o comentario do Sr Carlos , para que se compreenda melhor

È fodido quando um playboyzinho de merda descobre que o dinheiro não compra tudo não é?
Estás habituado a ter tudo o que queres, montado na merda do teu dinheiro, no que mamas à custa do estado e dos parolos que te sustentam
a produtora, hobbie de menino rico, enjoado e mimado
Sentes-te um importante de merda porque mandas e desmandas com a merda do teu dinheiro e admiro quem faz frente à tua prepotencia e arrogancia.
É tão fácil ser caridoso, dar migalhas aos pobres, refastelado na tua casa de luxo, pavoneando-se com os carros topo de gama, fodendo quem quer a torto e a direito
Metido em jogos de poder,amparando pelo maninho deputado que mama o dinheiro de Bruxelas
É fodido ter que levar com pessoas como tu, que se acham, carinhas lindas, rostinhos amaricados, tratados nas melhores clinícas apaneleiradas
Um gajo intocável, que pertence à loja maçónica nacional, que não deixa que o seu rostinho de anjo falso ande nas revistas dos jets sets de cá, que só fotografa para a Holá,porque nem o jet da
daqui lhe chega
Tão importante que a nossa SIC resolveu produzir uma novelazita com os tiques e toques do nosso poeta
Quem vê o (resistirei) já deve ter reparado que temos ali o nosso amigo e poeta retratado no milionário doente e viúvo
O mundo estava melhor sem pessoas como tu
Sou admirador da fugitiva e adorei que levasses no focinho publicamente
Espero que te sirva de lição playboy de merda
Não toques no que não é teu

Devo dizer que este comentário só me merece desprezo
Peço desculpa a todos os que foram envolvidos, Pedro obrigado pela defesa amigo, à Fugitiva desculpas pelo uso indevido que foi dado ao seu comentário, à Ana obrigado por ter querido poupar-me
Um abraço de amizade a todos e a continuação de um bom dia

De Anónimo a 29.11.2007 às 11:47

É impressionante o que a inveja,maldade,despeito é capaz de fazer com uma mente fraca.E o pior ainda,é deixar um comentário tão ridículo de alguém tão amargurado(visivelmente) exposto assim em um blog.
Ainda prefiro acreditar que esse Carlos deu um nome "fantasia".É vergonhoso ler isso e ainda envolver pessoas que não deveriam.
Sinto muito Nuno.
Realmente é uma pena em um blog tão lindo!
Beijos

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes