Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Alvorada da vida

Segunda-feira, 17.12.07

Existe em mim uma alvorada

que se faz urgente

no sorriso que se assoma ao rosto

no olhar que me brilha

na luz que ilumina a minha alma

Existe uma madrugada latente

na mão que estendo vazia

e recolho repleta de sonho

Existem mil estrelas que brilham

em teus olhos

e iluminam a noite da minha tristeza

Faz-se urgente a alvorada

no calor doce do teu sorriso

na canção suave da tua voz

É urgente o amanhecer

nas mãos abertas que me ofereces

nos caminhos que me traças

no abraço em que me amparas

deixo a vida acontecer

perco o medo

esqueço o frio

dos mil invernos passados

da noite longa sem alvorecer

quebro as trevas num abraço

num grito que rasga o espaço

que é fome de vida

de liberdade

Nasce docemente a madrugada

tão serena e desejada

envolta em cores delicadas

que há tanto tempo esqueci

tempos de escuridão e cansaço

em que no espaço me perdi

procurando a alvorada

sem ver no meio do nada

que essa paz desejada

a que busquei

e buscando me perdi

nasce num doce firmamento

aquele azul de sonho e ternura

que resplandece em ti

Alvorada da minha alma

serenidade doce e calma

onde agora me encontrei

e encho as mãos outrora vazias

esquecidas de sonhos, de melodias

encho-as de sonhos e ternura

navego perdido enfim

no principio do paraíso

que começo a descobrir

na alvorada de rosas

tecidas por mãos caprichosas

de anjos e de sereias

alvorada que é meu presente

que nasce tão docemente

nos sorrisos que semeias

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 22:00


3 comentários

De Nick e Liz a 18.12.2007 às 11:57

Oi, amigo querido. Estamos nos deliciando aqui com o teu "Alvorada da vida", esse romper do dia tão necessário, essa alvorada de nossas almas. Tens uma escrita muito bonita, uma poesia vibrante que estamos adorando conhecer. Dias de paz e muito amor para você e a Ana. Beijo na alma, dos amigos Liz e Nick.

De Anónimo a 18.12.2007 às 12:55

....doce perfeição!
Bjus...te adoro!

De Edimar Suely a 18.12.2007 às 18:02

Oi amigo querido,

Que saudades. Como estão Telma e os babies? Me dê notícias deles.

Desejo uma linda tarde e muita paz a todos.

Smack!

Edimar Suely

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes