Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Embalo-te...

Segunda-feira, 24.03.08

 

Embalo-te no meio da noite

sou a luz das estrelas

que vês na noite escura

sou o sorriso do anjo branco

que te vela adormecida

embalo-te no meio da noite

da noite por mim criada

em que me sai luar

das pontas dos dedos

com que te acaricio

embalo-te no meio da noite

sou a brisa que te canta

as musicas de ninar

sou as ondas do mar

que te murmuram histórias

daquelas de encantar

embalo-te no meio da noite

sou a lágrima que desliza

pelo teu rosto cansado

antes de adormeceres

embalo-te no meio da noite

sou o orvalho que te cobre

até raiar o dia

sou o lençol de cetim

feito de pétalas de rosa

embalo-te no meio da noite

sou mago, sou feiticeiro

sou o que tu quiseres inventar

embalo-te no meio da noite

da forma serena e doce

como sempre te irei embalar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 03:00


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds