Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



DESPEDIDA

Terça-feira, 15.04.08

Hoje despeço-me de mim

do menino sonhador

do homem crente em todos

daquele que sempre viu

apenas o que queria ver

hoje despeço-me das lágrimas

tão tristemente derramadas

tão vazias

e sem história

hoje despeço-me de todos

que me enganaram

que me mentiram

que me ocultaram a verdade

que brincaram

hoje despeço-me das noites insones

das palavras bonitas

em que acreditei

dos sorrisos falsos

em que me enlevei

das amizades fingidas

em que acreditei

doa amores que senti

dos que vivi

e de todos em que me enganei

hoje despeço-me das palavras

jogadas ao vento

dos sentimentos bonitos

que ofereci

e não quiseram aceitar

dos momentos mágicos

que não soube conquistar

das letras tão usadas

que perderam o sentido

do caminho que tracei

onde andei perdido

Hoje despeço-me de muitos amores

que eu inventei

de imagens bonitas que desenhei

de pessoas vazias

a quem dei sentimentos

de quem me traiu

de quem me mentiu

a seu contento

Criei pessoas maravilhosas

que só eu via

coloquei rosas em espinhos

quis ver carinho

onde não existia

Fui um palhaço

de um circo vazio

que eu criei

de sonhos tão velhos

já tão rasgados

que remendei

Quis ver virtudes

em olhos vazios

quis ver amor

em corações de pedra

estendi as mãos

a mãos cheias de nada

a mãos vazias

que não mas souberam agarrar

dei amor a quem não mereceu

a quem se riu

a quem o desprezou

a quem fez tanto jeito

sentir-se amada

mas que nunca amou

Hoje despeço-me das fantasias

das madrugadas de promessas

dos dias de sonhos

dos anoiteceres sem paz

da esperança vazia

que teimava conservar

e que nada me traz

Hoje despeço-me do menino que fui

dos sorrisos que dei

das imagens belas

que me atrevi a imaginar

das estradas truncadas

de corações cheios de nadas

de ruas paralelas

onde me cansei de andar

hoje despeço-me da inocência plena

do meu coração

dos sonhos que mantinha

da mão estendida

em busca de outra mão

hoje despeço-me da primavera que pintei

do sol que desenhei

no fundo azul

de um céu de mentira

hoje despeço-me da cor

da cor do amor

que pensei conhecer

e despeço-me de mim

daquilo que fui

e não volto a ser

hoje despeço-me de um eu

que não tinha lugar

para viver

de um eu perdido

menino sozinho

que acredita no amor

no sonho

no ideal

e não vê que o fim

perdido em escolhos

é sempre igual

Hoje entrego-me ao mundo

como um outro eu

que desconheço

um outro eu

que não vai sonhar

não vai desenhar

nem acreditar

um outro eu

que não conhecendo

que não querendo

fizeram nascer

um outro eu , amargo, enfim

hoje despeço-me do sonho

despeço-me da magia

e mais triste que tudo

despeço-me de mim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 06:42


5 comentários

De momentos_infinitos a 15.04.2008 às 12:13

Despede-te da dor, da mentira e de tudo aquilo que um dia te fez mal...Mas nunca digas Adeus ao que és, nem ao que sentes... Porque és unico e muitas vezes a dor que sentimos, é provocada por nós mesmos... Guarda os sorrisos, as doces saudades, os pensamentos lindos...e podes guardar também alguma dor, logo que seja provocada por algo de bonito que um dia fez parte de tua vida!! Beijo

De cinthia duim a 15.04.2008 às 17:59

Boa tarde amiguinho!

Obrigada pelo carinho de sua visitinha.
Estou oferecendo para os meus amiguinhos, assim como p/ vc o selo do dia do amigo. Quero que aceite com muito carinho de sua mais nova amiga virtual e prova de uma amizade sincera.

Obrigada por vc parte desse ciclo querido amigo.

Bjs...

De Cida a 15.04.2008 às 21:17

É necessário que façamos sempre uma faxina completa no armário de nossas vidas, para que o recomeçar seja mais transparente e verdadeiro. Abra seu coração e de boas vindas as coisas novas que estão chegando e seja feliz!!!
Uma linda e maravilhosa semana.
Beijos

De Claudia a 15.04.2008 às 21:36


Amigo

Que despedida é esta em??De você??Do que és??Nada disto,se despeça apenas das coisas ruins,que te magoam mais jamais dos sentimentos fraternos que tens no coração e que conquistaram tantos amigos .Quero te ver pra cima,numa boa.abre a janela do teu coração e deixa a luz do sol entrar e aquecer tua alma.
beijusssssssssss

De aisha kisa*** a 22.04.2008 às 05:40

ola gonçalo obrigada pela tua visita ao meu blogg .... eu e meu marido te parabenizamos pelo teu blogg inclusive este poema,o qual tem muito a ver com o atipico do tipo que meu marido escreveu que esta no meu blogg ...abraços me visite sempre......

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa


Mural do Sonhos



comentários recentes






Contador

free counter