Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Perdoa-me

Quinta-feira, 24.07.08

Perdoa-me por tantas vezes

ter perturbado a nossa felicidade

Perdoa-me pelas horas tristes

e desagradáveis que tanta vez

te fiz passar

Perdoa-me os momentos

em que te fiz infeliz, sem querer

Perdoa-me se hoje não te faço tão feliz

como queria e deveria

Perdoa-me quando indirectamente

te causo problemas

Perdoa-me meu amor

se nem sempre te deixo pensar em mim

com o amor que de verdade sinto

Perdoa-me quando pareço

não me preocupar contigo

porque não é verdade

Perdoa-me se às vezes

te faço duvidar dos meus sentimentos

Perdoa-me por todos os sorrisos

que te roubei

Por todas as lágrimas

que fiz correr

Perdoa-me

mas acredita que te amo demais

Perdoa-me

quando o meu amor é frágil

quando sinto medo

Perdoa-me quando  me sentes ausente

mas acredita que te quero

que te quero junto a mim

num momento sem fim

que dure eternamente

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:43


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds