Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Alma

Segunda-feira, 28.07.08

Visto-me de alma, da minha alma
Nas horas em que a noite se segue ao dia
Em que a vida se esvai por momentos
E a noite nasce no coração
Visto-me de alma, dessa alma
Que Deus um dia criou para mim
Minha eterna companheira
Minha âncora e luz
E é nesta alma que me cobre
Em momentos de dor e desespero
Quando a tristeza sorri e me seduz
Que me ergo neste amor
Que renasço para te amar
Num sentimento maior que o meu coração
Que só uma alma pode albergar
E se um dia me disserem, meu amor
Que terei que morrer para te amar
Então responderei
Que muitas vezes morri e renasci
Em solo fértil de lágrimas
Onde a cada dia floresce uma pétala
De um amor que Deus quis assim

MARIA MANUEL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:59


1 comentário

De sheilafelix a 28.07.2008 às 19:58

Uau !!Que lugar encantador!!!Obrigada pela visita.
Ser poeta é um dom divino.Quanta sensibilidade em suas palavras!!
Aceite meu Award para selarmos uma amizade.Escolha o que preferir para sua pg.Vou agora conferir os outros blogs
Tenho outro blog depois dè uma passadinha lá www.arevoltadasimagens2.blogspot.com e dè muitas risadas!!
abraços carinhosos

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds