Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



DIA DA MÂE

Domingo, 03.05.09

 

Mãe , tanto tempo passado

hoje sou eu que canto para dormires

Que te faço imaginários carinhos

dou um beijo de respeito e amor

e gostaria que nada tivesse sido em vão

 

É tão bom mãe , abrir o coração

e ver dentro dele

Paro mãe , para te falar de nós

dos dias e das noites que se passam

das orações que esqueci de rezar

 

Mãe , é relembrando-te que viajo para dentro de mim

lamentando não ter podido aliviar a tua dor

que hoje também é a minha

Sinto tantas vezes em mim , o desespero que sentiste

e sei que sou parte do teu coração

 

Quem sabe  mãe , podes ajudar-me mais

sei que não devia pedir-te tanto

Sei que o meu caminho é marcado por Deus

Mas deixa que eu sinta ainda a vida

embora ao partir , eu saiba que estarei bem

 

Muitas vezes choro por impotência

queria poder fazer mais , sei que faço pouco

mas fico imaginariamente junto a ti

num canto de sonho que é só nosso

erguendo nas mãos o pouco que soube  fazer

 

Muitas vezes a vida dói demais mãe

alguns estendem-me a mão, mas queria a tua

sinto falta das palavras ternas

Do teu modo sereno de me mostrar

que sou menino de birras e manhas

 

Hoje mais uma vez , elevarei uma oração para ti

minha esperança e minha fé , aprendi contigo

A minha vida está parada no meio das mãos de Deus

É muito doloroso estar separado de ti

numa distância intemporal chamada eternidade

 

Mas haverá sempre um reencontro para um filho

com a sua mãe

Vivo da melhor maneira como contigo aprendi

Não sei mãe , se é o bastante

mas sei que é o melhor que de ti , ficou em mim

 

Nunca os nossos corações se perderão um do outro

e em minha mente dou-te beijos e acarinho o teu rosto

Já chorei muito esta separação e quando te quero encontrar

invento-te num mundo feito de fé e carinho

Mas um dia irei dormir lado a lado contigo

descansarei na mesma terra

viverei a eternidade contigo

e sei que nunca mais ficarei sozinho.

 

Este é um texto que dedico a todas as mães , cujo dia em Portugal se celebra hoje.

Escrevo-o em memória de todas as mães que já partiram incluindo a minha e em homenagem a todas as mães que fazem da maternidade um apostolado.

Um beijo especial de amor e respeito para a minha mulher que também é mãe e uma tremenda mãe coruja.

Que eu admiro e respeito.

Beijos com carinho para todas as mães do mundo.

Que Deus as abençoe

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 08:32


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds