Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Contar com Deus

Quarta-feira, 06.05.09

Já tive dias em que me senti pequeno

tão pequeno quanto grão de poeira

Chorei uma porção de lágrimas

e cada uma delas arrastava consigo um desespero

que me sufocava.

Para quem me visse

as minhas lágrimas poderiam parecer pequenas gotinhas

deslizando pelo meu rosto

mas para mim tinha o gosto de uma dor imensa.

Ela era testemunha de perdas sucessivas

do fim de alguns sonhos

a constatação da minha própria fragilidade

e da incerteza do passo seguinte

Nesses dias eu sentia-me muito pequeno

tão pequeno

como o minúsculo seixo que rola nas margens do rio

sem poder decidir da sua rota

do seu destino

Os meus amigos viam-me

e não percebiam a dor no meu rosto.

Falavam dos seus problemas

de intrigas e fofocas

que não representavam nada

e iam embora

sem se darem conta da lágrima presa no olhar

do soluço sufocado na garganta

e nesses dias eu sentia-me tão só

numa solidão sem limites

sem tamanho

e nesses dias eu elevava o coração ao Pai

em busca da serenidade.

Há momentos em que um abraço faz tanta falta

em que uma palavra amiga e clara

pode ser tão vital.

Como se necessita de um afago

de uma brisa fresca que nos toque o rosto.

De um carinho que nos liberte a opressão do peito

que coloque ordem nas nossas tumultuadas emoções

e nos retire a tristeza que nos amordaça.

Há momentos decisivos na vida

em que precisamos pensar com clareza

e decidir o que é melhor para nós mesmos

e para os outros.

Quando pensamos com demasiada emoção

perdemos a capacidade de racionalizar

de ver claro.

E nesses momentos sempre recorri aos quatro pilares

que seguram a minha vida

Fé, paciência , esperança e rectidão.

Junto a esses pilares

sempre invoquei a força que me vem de Deus

e que alimenta a minha alma.

Deus sempre foi a trave mestra de tudo o que sou e sinto.

Foi na força do Pai

que aprendi a enfrentar desafios

dores

sonhos desfeitos

e planos mudados.

O amor do Pai é algo que nunca se perde

e em todos os momentos

é com ele que sempre podemos e devemos contar... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:14


1 comentário

De valquiria a 07.05.2009 às 00:21

Boa noite Gonçalo!Gosto muito de ler seus textos,além de fazermos reflexões em nossas vidas ,aprendemos mais.Deus está em todos nós.Deus é uma conciência universal, e um pouco de cada ser nesse universo.Não somos nada sem o próximo,sem a natureza,sem o ar que respiramos e tudo isto quem fez?Deus ele nos ensina a cada momento de nossas vida.Ele faz de mim ,de você e todos nós.Todos podem chegarem a evoluir,para ajudar no desenvolvimento do Bem,da Justiça eo Amor,de todo o universo.Enfim,devemos contar sempre com ele concordo com você.
Beijos com carinho a vocês

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes