Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quero-te

Quarta-feira, 17.06.09

Quero abraçar-te meu amor

acariciar a tua pele

sentir o odor inebriante da tua carne

aquele que me turva os sentidos

quando nos entregamos

quero ouvir a tua voz sussurrar loucuras

nos meus ouvidos

e ficar abraçado a ti

pela noite fora

juntinhos

falar dos nossos sentimentos

das nossas emoções

e sensações

e deixar que as tuas mãos me explorem

no toque suave dos teus dedos

que arrepiam a minha pele

e substitui lentamente

o carinho pelo desejo

quero sentir o toque dos teus beijos

a tua língua sinuosa nos meus ouvidos

e esse teu jeito tão sensual

de beijares o meu pescoço

quando me queres seduzir

quero tocar-te muito devagar

excitar-te

sentir-te

acarinhar o teu corpo todo

centímetro a centímetro

quero entrar no teu corpo

profanar esse desejo

quase sagrado de te possuir

violar a tua vontade

impressa na tua expressão

quero que te entregues como sempre o fazes

louca e tão apaixonada

e depois...

ah depois quero paz

quero ternura

quero aspirar a primavera

no odor dos teus cabelos

impregnados de suor

enquanto descansamos num abraço

De seguida o banho

juntos na banheira

o beijo longo e calmo

do desejo saciado

mas também quente

com sabor a carícias subtis

o teu olhar

que me desvenda todos os teus mistérios

mostra-me o teu coração

a tua alma

e num abraço apertado

voltamos a envolver-nos

e nossos corpos imersos na agua morna

reagem ao nosso mais leve movimento

e começa a paixão

quando te agarro de novo

e murmuro ao teu ouvido

:- Amo-te , quero-te

a noite é ainda nossa

até ao saciar da nossa fome!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 00:14


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds