Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mandamentos para uma vida tranquila

Quinta-feira, 18.06.09

Devemos aprender a dominar o que dizemos. Devemos sempre dizer menos do que pensamentos, sobretudo se o que pensamos não é o mais agradável para quem nos ouve. Devemos falar sempre sem elevar o tom da voz.

 

Quando fizermos uma promessa devemos ter em atenção que a mesma é para cumprir. Portanto devemos sempre honrar o que prometemos por muito que depois nos custe manter e cumprir a promessa.

 

Devemos tratar os sentimentos dos outros como jóias preciosas, fazer gracejos ou comentários pouco simpáticos podem magoar profundamente alguém ou até afastar para sempre essa pessoa da nossa vida.

 

Nunca devemos deixar passar em branco a oportunidade de elogiar quem merece ou de dizer a quem amamos ou aos amigos o quanto nos fazem falta e gostamos da sua companhia.

 

Devemos ter um interesse sincero nos outros, nas suas preocupações e bem estar, com a sua família e o que os rodeia. Devemos ficar felizes com a felicidade dos amigos e tristes quando os outros sofrem. Devemos fazer sentir aos outros que de verdade gostamos deles e nos preocupamos com a sua vida e os seus problemas e alegrias.

 

Devemos ser alegres, aprender a sorrir, a levantar a moral alheia , a criar um raio de sol em cada sorriso.

 

Devemos manter a nossa mente aberta a todas as discussões e a todos os assuntos. Não devemos argumentar sem antes termos boas bases de conhecimento sobre o assunto em questão. E quando tivermos que discordar , que seja com respeito. Não se perde um amigo só porque não se concorda com ele.

 

Devemos evitar falar mal dos outros. Realçar as faltas e fraquezas alheias não nos eleva moralmente nem espiritualmente. Nunca devemos participar em boatos, a falar dos outros que seja para enaltecer as suas virtudes.

 

Não devemos fazer observações negativas a respeito de ninguém e se as fizerem a nosso respeito , devemos viver de modo a que ninguém acredite nelas. A nossa conduta é o nosso cartão de visita.

 

Não devemos ser excessivamente exigentes quanto aos nossos direitos. Às vezes mais do que exigir, trabalhar e ser paciente dá bons e duradouros frutos. Quando fazemos por merecer algo, mais cedo ou mais tarde teremos a recompensa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 22:27


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds