Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Resisto...

Domingo, 21.06.09

Resisto sempre um pouco mais

mesmo quando o medo me acena

e a minha coragem

pareça ter desaparecido.

Resisto mais um minuto

porque sei que a cada minuto

poderei resistir muito mais.

Resisto sempre mais um instante

mesmo que a derrota pareça iminente.

mesmo que a desilusão se faça presente.

Resisto sempre mais um pouco

mesmo quando os invejosos

me dizem que vou perder

que é bem melhor parar

resisto sempre

até quando a minha esperança parece acabar.

Resisto sempre mais um pouco

mesmo que nem entenda porque resisto

mesmo que a insegurança seja maior

que a minha trémula vontade, eu resisto...

Resisto sempre mais

mesmo quando a dor é pesada

e eu sinto-me indefeso

como um pássaro ferido

a quem amputaram as asas.

Resisto porque sei

que é o ultimo momento da agonia da madrugada

que nos arrasta o dia

um dia de sol , bonito

que eu sei que nascerá para mim

basta que eu resista.

Resisto , porque estou no limite de mim

e tenho em redor

montes de braços estendidos

que me acarinham , se doam

e em troca apenas me pedem que resista.

E resisto por ti meu amor

para ganhar do Pai

o troféu que quero depor em Teu seio

e se chama felicidade...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:35


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds