Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Fragmentos

Domingo, 02.08.09

Momentos existem na nossa vida em que procuramos um motivo para ir em frente. Para nos levantarmos todos os dias, para procurarmos algo que nos falta e nos completa. A vida parece-nos tão pequena , tão estéril e tão banal. Mesmo que juntemos riquezas tudo passara , nada ficara das nossas pequenas lutas. Gastamos parte da nossa vida a planear e a sonhar e de repente tudo nos parece tão pequeno. Tão vazio e sem sentido. Aprendi a não me deixar iludir pelo dinheiro , pelas luzes da ribalta , desejo apenas paz. Quando se consegue ter algum sucesso material, a inveja , a traição , a mentira e o ciúme nos chega quase como um brinde adicional. Para conseguir viver aprendi a conectar a paz ao interior e não ao exterior. Se eu procurar a paz no mundo dificilmente a encontrarei.Também não tem paz quem não sabe criar harmonia , quem vive num ambiente de discórdia, quem reclama o tempo todo de tudo.Quem nunca fica feliz com nada , quem procura nas coisas exteriores a sua paz. Também não tem paz quem não se ama ,quem não é capaz de agradecer a Deus as coisas boas da vida,
 quem não sabe rir de si mesmo e quem não sabe ver Deus em seu redor. Tira-me ainda a paz ver em meu redor um mundo tão oco , gente de coração triste, que é incapaz de ter paz. Dói-me profundamente ver pessoas com os corações atolados em ódio, pela absoluta incapacidade de amar, gente que um dia perdeu a paz e não soube mais como chegar a ela. Vivemos num mundo de corações vazios. Vivo rodeado de pessoas amargas, perdidas no meio de uma ambição desmedida, cegas na avareza da sua alma gélida, num mundo que sempre pede mais e mais.A vida moderna deixou de ser vida, é uma guerra , em que as pessoas lutam pela superioridade e morrem mais vazias e mais inferiores. Compramos a casa dos nossos sonhos , o carro topo de gama , a roupa de marca, as jóias , mas a nossa ganância amplia-se e sempre haverá um desejo mais, que insatisfeito nos torna incompletos.Fazemos viagens, temos luxo, esposas, amantes e alguns amigos e mesmo assim somos infelizes. Estudamos , fazemos faculdade , conhecemos muitas pessoas , tiramos da vida todo o prazer que ela nos pode dar e mesmo assim, ainda somos infelizes.Damos por nós a ser avaros de sorrisos , de abraços, de generosidade. Criamos filhos com valores morais todos trocados , filhos frios , sem qualquer laço, sem compaixão , demos ao mundo uma geração mais necessitada de valores que a nossa própria. E ainda não entendemos que sem Deus o ser humano não se completa e nós humanos não compreendemos que a origem da nossa infelicidade é a falta de Deus nas nossas vidas.

 

Texto de Gonçalo Nuno de Assis com edição de Nuno F. de Mello

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 23:58


1 comentário

De Valquiria a 03.08.2009 às 11:25

Bom dia Gonçalo!Belissimo texto que nos refletir querido.Tem razão é que a falta de amor  de Deus nos corações de alguns humanos.Enfim,Jesus veio e existe para nos da vida e junto com ele temos a certeza da vitórias em todos os sentidos.Basta aceita-lo em nossas vidas.
Beijos com carinho

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes