Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O TEU ROSTO

Quinta-feira, 08.02.07

Conheço tão bem os traços do teu rosto

desse rosto que amo

que conheço

que leio como se de um livro se tratasse

Conheço a cor dos teus olhos

o seu brilho

e leio neles

as tuas mudanças de humor

Conheço os teus lábios que sorriem

que me mostram

quando tremem

o teu nervosismo

Quando os lambes, maliciosamente

o teu desejo

Quando os apertas

o teu desacordo

Conheço o teu rosto

como um mapa muito amado

muito percorrido

pelo meu olhar

É no teu rosto

que busco forças

Que busco a paz

que busco tranquilidade

É o teu rosto minha bússola

onde perco o norte

onde perco o juízo

é teu rosto

o meu caminho

o símbolo de uma quimera

que persigo

e preciso

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:02

Perfeição do amor

Quarta-feira, 07.02.07

Olho para ti como um altar

altar de desejos perfeitos

na imperfeição de um amor

que se faz perfeito

na perfeição desta dor

Perfeito é o sentimento

que num coração imperfeito

se torna perfeito altar de luz

Perfeito o teu olhar

que perfeitamente

num brilho perfeito

me encanta e seduz

Perfeito o amor

que une seres imperfeitos

que se tornam perfeitos

no sentimento mais sublime

que a alma pode albergar

Perfeito é o amor

que nos torna perfeitos

na imperfeição terrena

que nos foi dada ao nascer

mas é no amor perfeito

que faz de mim ser imperfeito

a perfeição mais bela

Teu coração perfeito

esse que trazes no peito

cheio de um amor que me guia

é para sempre a perfeição

que carrego no coração

neste meu coração

ele sim imperfeito

que brilha de perfeição

quando me estendes a mão

e me guias sorrindo

Tu sim perfeito amor

deste meu amor imperfeito

que mesmo não sendo perfeito

é para sempre amor

e como todo o amor é perfeito

até eu que era imperfeito

no meio de pedras e espinhos

sou agora perfeito

de mão dada contigo

criando perfeitos caminhos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:06

Nós dois

Terça-feira, 06.02.07

Nós dois juntos

corpos colados

num instante

que é um momento

momento eterno

que nos ultrapassa

Nossos corpos unidos

pelo êxtase

pela paixão

pela luxúria

nossos lençóis

amarrotados

corpos quentes

molhados

num fogo que nos tortura

Corpos unidos

cúmplices

feitos de desejos

ávidos

de gemidos

que rasgam a noite

num grito que se solta

na dor enlouquecida

de um desejo

que nos consome

num eterno inferno

que é Paraíso

num desespero

que é doce

quando as nossas

bocas se unem

saboreando o gosto

que já sabemos de cor

É calor

fogo selvagem

aquele que nos inunda

que nos cega

nos enlouquece

é amor

é paixão

é inferno

feito céu

é feitiço

é tesão

desejo para sempre eterno

marcado a sangue

e suor

nos lençóis amarrotados

que deixam destapados

nossos corpos enlaçados

para sempre aprisionados

no calor

na tentação

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 21:03

Que saia!!!

Domingo, 04.02.07

Que saia do meu peito

o medo que o oprime

Que as minhas lágrimas

rasguem

a máscara que me sufoca

Que o meu coração bata

sem o ritmo do medo

Que cada pancada

não seja o anuncio fúnebre

de mais um sonho enterrado

Que o meu sorriso

seja sincero

não a mentira

com que encubro a minha dor

Que o meu amor possa viver

à luz do dia

pleno de luz

Que eu possa ver nos olhos

da mulher amada

o brilho cintilante da felicidade

Que a mágoa se solte

não aprisione

não seja corrente

não mate

Que venha a liberdade

nas asas brancas da pomba

que sulca o céu azul

Que se abra o rio de pranto

arrastando com ele a dor

o medo

a covardia

as palavras que morrem

dia a dia na garganta

Que o sol nasça na nossa noite

rasgue trevas

ilumine o medo

E que eu grite

mostre a Deus

Que é na luz dos olhos teus

que eu vivo

e sou feliz

Que cesse para sempre a dor

e eu possa dizer-te sempre

a força do nosso amor

e fazer dele um hino

para todos que se amam

que se soltem as amarras

que se solte a ternura

que nosso amor seja para sempre

o exemplo que perdura

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:35

TEMPESTADE

Domingo, 04.02.07

A tempestade que me turva os sentidos

quando o teu corpo nu

qual tela pintada

pela mão de um artista

que acarinha a sua arte

se mostra para mim

contendo nele

a força de um vendaval

a fúria de um vulcão

a luz de um relâmpago

que rasga a escuridão

numa noite de tormenta

Esse teu corpo

centro vital da minha força

que se mostra como prémio

tentação

e até pecado

corpo que é para mim

um altar de desejo

onde deposito num beijo

o que sinto perante ele

corpo que me escraviza

me seduz

corpo que me domina

corpo que tanto quero

corpo amado

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:44


Pág. 2/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa



comentários recentes



subscrever feeds