Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Busca

Sábado, 21.04.07

ç .ç .,.

 

 

Perco-me nos teus seios

como menino que brinca

e descobre emoções

ao toque suave de contornos

de um brinquedo apetecido

Perco-me nos teus segredos

que desvendo lentamente

ao sabor dos sentidos

que me assaltam

Procuro nos teus seios

a magia que me acorda

para o centro de um mundo

real

onde as emoções imperam

e os sentidos confundem-se

misturados de desejo

mas também de uma ternura

que me invade ao vê-los

Perco-me nos caminhos

do teu corpo

como labirinto secreto

do qual só tu sabes o segredo

entrego-me à busca quente

dessa procura suave

terna

carinhosa

com que percorro sensações

que me aceleram o compasso

das batidas do coração

perco-me nos teus seios

devoro-os com a vontade

feita de desejo

de calor

de gemidos abafados

de paixão intensa e feroz

busco em teus seios

o momento de loucura

mas também a doçura

quando passa a paixão

e fica o doce cansaço

aninho-me em teu regaço

e teus seios nesse instante

são pedaços de amor

quietos

abandonados

ao toque da minha mão

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:00

Luar

Sexta-feira, 20.04.07

É o luar que desenha o teu corpo

no vidro fosco da minha janela

quando acordo a meio da noite

preso ainda de um sonho torturado

em que o meu corpo se saciou no teu

Sorris-me quando um raio de luar

pinta de uma magia prata

o meu cortinado branco

que oscila levemente agitado pela brisa

que pode ser apenas o teu doce respirar

Pintas o meu quarto de uma luz

que é feita do encanto prolongado

com que meus olhos te vêm

pintada na minha janela

pela mão mágica de Deus

com a tinta da lua

que as estrelas colocam

nos tinteiros da noite

A ti eu agradeço as palavras

cujo som se faz musica

que canta na madrugada

a ti eu agradeço a luz

que se solta do teu corpo

e que ilumina o meu caminho

quando a manhã vem

tu és o sorriso do sol

não estas na minha janela

mas no beijo do sol

que acarinha a minha pele

laço eterno que nos prende

tu és meu farol , minha luz

eu um ser sem medo

que atrevidamente te seduz

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:01

Lágrimas especiais

Sexta-feira, 20.04.07

 

As lágrimas caem num por de sol

distante de mim

onde o mar é corpo que gira

rodopia

faz magia ao tocar a areia

As lágrimas caem num mar que é meu

sonhado

criado

inventado por mim

Não é delírio é dor

dor de um amor

que é mar sem fim

Caiem lágrimas dos olhos da rosa

presa num jardim de encanto

que não quis

coração de vidro

deixa ver a pureza

a tristeza

da verdade que não aceitou

Caiem lágrimas num mar distante

não interessa o passado

o futuro

o que será

Caiem lágrimas dos olhos

de quem ama

de quem no meio da noite

ainda vê acesa a chama

Caiem lágrimas de quem teima amar

e ousa sonhar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:00

Cartas de amor

Quarta-feira, 18.04.07
Espero por ti nas horas calmas
em que as palavras ditas
soam como suspiros
numa paz que entontece
cartas de amor
que não foram escritas
palavras apenas ditas
que o coração não esquece
Espero por ti nas horas quietas
em que não é noite
nem madrugada
nas horas paradas
de um negro sem estrelas
em que as palavras são ecos
de gritos de amor
palavras que são ternura
sentenças não formuladas
almas rabiscadas
em palavras nunca escritas
amor que se mistura ao raiar do dia
cartas de amor
são pedaços de dor
e de alegria

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:00

Esta noite

Quarta-feira, 18.04.07
Esta noite quero o teu corpo quente
vibrante
sensual
quero respirar os teus gemidos
deixar fluir os sentidos
num momento de loucura
deixar sair o desejo
que aprisiono em meu corpo
fazer um soneto de amor
escrito nos teus lábios
por onde a minha língua passa
sussurrar no teu ouvido
palavras que já conheces
mas que a cada noite são novas
como novo é o desejo
com que tomo o teu corpo
que possuo como louco
por entre gritos e juras
inventamos loucuras
vivemos fantasias
damos asas à imaginação
Pela noite passamos
como loucos
que se desejam
sem final
sem descanso
porque é eterno o desejo
que começa no teu beijo
no teu corpo que percorro
nesse corpo que é só meu
a noite passa a voar
não vemos o sol raiar
nem o dia que nos sorri
apenas vejo o teu rosto
apenas sinto o gosto
o prazer
a loucura
de estar de novo em ti!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:59

Encontro de almas

Sexta-feira, 13.04.07

 

Há um encontro de almas

sempre que o olhar se cruza

que um arrepio nos percorre

a pele

Sempre que na face desce

a lágrima

de um sentimento a nascer

Encontram-se as almas

sempre que se murmura

" Eu te amo"

O coração descompassa

no calor de um momento

que pode ser eterno

mesmo durando um instante

Encontram-se as almas

a cada raio de sol

a cada pingo de chuva

a cada desabrochar de rosa

Encontram-se as almas

quando dois enamorados

fazem juras de amor

e é doce a brisa que passa

levando com ela a jura

que duas bocas fizeram

momentos antes de se unirem

ainda que a jura não dure

que seja impiedosa a vida

que ventos de angustia soprem

que rolem lágrimas de dor

um dia encontraram-se duas almas

num momento breve, mas mágico

o tempo suficiente

para uma jura de amor

As almas que se encontraram

criaram laços eternos

ainda que passem séculos

esse laço perdurará

e num momento qualquer

num instante de sonho

uma, a outra encontrará

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:14

Anjo especial

Quinta-feira, 12.04.07

 

Desceu à terra um anjo

vindo de vidas distantes

de passados ausentes

esquecidos na bruma

de um sonho não perdido

Veio na voz do vento

que sussurra

ao mar inconstante

essa vinda tão feliz

Desceu à terra um anjo

que não sabe que o é

percorre vidas e vidas

buscando horas esquecidas

de uma ampulheta de areia

Desceu à terra um anjo

trazendo nas asas a luz

na boca segredos de amor

na alma a saudade guardada

saudade da saudade sentida

Desceu à terra um anjo

anjo de vidas passadas

que ilumina nesta vida

um alguém que se perdeu

Desceu à terra um anjo

que ampara quem o procura

e quem o procura sou eu

Vem para mim eterno anjo

traz as asas abertas

enrola nelas um coração

que há muito se perdeu

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:27

Esta noite...

Quinta-feira, 12.04.07
Esta noite o meu corpo é lava
que escorre do vulcão
que me pulsa nas veias
para mim teu corpo é rosa
que desfolho entre os meus dedos
ignorando a dor dos espinhos
Invado a tua boca suave
quero morder a tua língua
sentir o sabor da tua saliva
possuir o teu corpo trémulo
que em expectativa me espera
e anseia pelo meu
Minhas mãos conhecem teu jeito
tua pele que arrepia
quando minhas unhas passam
a roçar a tua pele
toma-me um frémito de amor
que é também desejo de dor
vontade de ser cruel
Mordo de leve teus seios
agarro os teus cabelos
enquanto debilmente me empurras
mas és minha
eu quero ter-te
possuir-te
submeter-te
à minha fome , ao meu prazer
agora não és quem amo
és um corpo em minha mão
és fonte do meu tesão
és um corpo de mulher
As minhas mãos desejosas
percorrem teu corpo que fechas
entre brincalhona e receosa
forço a passagem por caminhos
secretos
que eu já conheço e quero
o meu corpo desespera
pela investida final
nesta agoniada espera
a que voluntariamente o submeto
Meus dedos descobrem segredos
no interior de caminhos
deste desejo só meu
até que meu corpo enlouquecido
não quer mais a espera dolorosa
investe contra o teu
Não resistes porque és amor
enquanto eu sou dominador
e te possuo sem cuidado
sem carinho e sem ternura
só desejo sensual
instinto quase animal
que o meu corpo procura
acolhes-me dentro de ti
solto da minha boca, o grito
de um desejo incontido
que mal posso segurar
quero sentir-me em ti
morder a tua boca que se abre
soltando um leve gemido
sinto meu corpo tremer
fazendo de teu corpo o meu
perdendo-me dentro de ti
numa dor que sabe bem
num desespero que provoca
ondas de um prazer adiado
que quero partilhar contigo
vou morrendo devagar
entre teus braços abertos
em meio a tuas pernas suadas
que me abraçam a cintura
sinto-te tremer e contrair
sei que estás no auge do desejo
muito perto do prazer
deixo que meu corpo se perca
dentro de ti um pouco mais
e se solte por fim a torrente
do prazer atormentado
que deixo jorrar de mim
enquanto te beijo a boca
e sinto teu corpo relaxar
saciado do prazer
que em conjunto alcançamos
agarrados ainda, corpos unidos
sorrimos
cumplices , suados, cansados
e tão saciados de luxúria
beijo longamente a tua boca
devagar, saio de ti
teu corpo terno é flor
beijo teu rosto cansado
acaricio-te relaxado
agora sim, com amor
Mais tarde na madrugada
voltara a fúria
o desejo
e quererei de novo o beijo
o teu corpo aberto ao meu
agora quero apenas partilhar
o desejo satisfeito
sentindo dentro do peito
a felicidade de amar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 06:07

Ninho

Quinta-feira, 05.04.07

 

É teu corpo o meu ninho

para onde volto cansado

procurando abrigo

ternura

é teu corpo o aconchego

rochedo onde me prendo

quando me arrasta

a loucura

É teu corpo meu caminho

que percorro seguro

sem medo de me perder

abrigo e devaneio

doçura onde me aqueço

centro do meu querer

É teu corpo o meu ninho

ninho onde me recolho

quando na noite gelada

sinto-me perdido

e sozinho

Teu corpo será meu mapa

meu jardim

e minha estrada

onde não ficarei sozinho

Teu corpo é fonte eterna

que jorrará para sempre

minha dose de carinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:33

Quadro

Quinta-feira, 05.04.07

 

Fiz de teu corpo uma pintura

pintura a carvão

esbatida na tela da minha alma

teus contornos e relevos

eu guardo no fundo dos meus olhos

que te imortalizam numa tela

feita de sonho

Fiz do teu corpo uma obra de arte

que não exponho em galerias

que guardo cioso

num cofre cerrado de que ninguém

conhece o segredo

um cofre sem chave, sem porta

cofre revestido de paixão

cofre que só tu tomaste

cofre que é o meu coração

Fiz do teu corpo uma pintura

que nenhum artista jamais conseguiu

criar

Uma tela suave como a seda

perfumada como a rosa

e quente como um beijo

Fiz do teu corpo uma pintura

pincelei a tela com cores raras

as cores que me são mais caras

as cores do meu desejo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 20:04






mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa



comentários recentes



subscrever feeds