Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Meu Desejo

Terça-feira, 26.07.11

 

Fiquei parado no meu cantinho a pensar de que mais preciso , e descobri que preciso de paz. Da paz que vem do exterior e nos envolve qual manto protector . Preciso de minutos carregados de um silêncio sem tristeza , de pequenos espaços tranquilos para ouvir a minha alma . Preciso de dias tranquilos , sem o stresse de um tempo que passa voando sem que eu o possa apanhar . Preciso de momentos de evasão , de sonho , sem que a realidade me toque e me mostre o mundo tal qual é . Preciso que não me cobrem aquilo que nem sempre posso dar , preciso de chão firme sem flutuações . Preciso que não me achem o centro da capacidade , que não me exijam forças que às vezes se esvaem e não recupero tão facilmente como queria . Eu não me importo com dores físicas , a menos que me impeçam de andar , nunca elas me arrancaram o sorriso , a alegria ou a vontade de viver . Quando me sinto mal , ai sim caio , mas mal consigo retomar a respiração , retomo a tranquilidade e o sorriso . O que tem poder para mexer negativamente comigo é quando sinto a minha paz estilhaçar-se e perco o meu equilíbrio interior . Gostaria que os outros não pusessem em mim aptidões e capacidades que não tenho . Gostaria que face a problemas e dificuldades se mantivessem iguais , sem a capacidade de literalmente libertarem os nervos em frangalhos sobre mim , como se ouvindo-os eu pudesse reequilibrar tudo . Eu não me dou ao luxo de despejar a minha dor sobre ninguém , pelo contrário , oculto-a tanto quanto possível e quando não consigo mais ocultar , adoço-a , pacifico-a , porque não cabe aos outros carregarem um fardo que é meu . Não faço corpo mole ao trabalho , pelo contrário , eu entro no trabalho de cabeça , nunca uma dor por maior que seja me impediu de fazer o meu trabalho , e de o fazer com um sorriso . Nunca me prendi com mesquinhices , não estou nem ai para coisas pequenas e nem o poderei estar , se cada dia para mim é uma dádiva imensa , que não vou perder com nadas . E cansam-me os detalhezitos , as coisinhas , que só servem para azedar as horas que temos , que são únicas e irrepetíveis . Muito dificilmente alguém ouve de mim um lamento , uma revolta , uma queixa contra aquilo que passo e de que menos gosto . Aceito aquilo que me é dado , sem nervosismos , sem mágoas . Tento passar paz a quem fala comigo , mesmo quando a minha paciência está por um fio , quando estou exausto , quando os meus pulmões se recusam a respirar , quando a dor é para lá de tolerável , mesmo assim ouço quem me procura e tento espalhar aquilo que mais amo , paz . E fico triste quando vejo que apesar de tudo isso , esbarro sempre em algo que esperam de mim e que não fiz , que devia ter dado e não dei . Eu também sou humano e detesto intolerância , detesto impaciência , detesto acima de tudo que mexam com o meu equilíbrio . Não sou obsessivo com nada , abro facilmente mão daquilo que gosto para dar de bom grado , e confesso que nem sei porque escrevi este texto . Talvez porque estou cansado de trabalho , de responsabilidades , de esperarem de mim sempre , e de sentir que nem sempre sou capaz de corresponder ao que querem . Mas se algo eu pudesse obter de momento , assim num passe de mágica , eu pediria apenas tranquilidade , paz . A paz que emana das açucenas brancas e dos lírios brancos que adoro . Preciso vestir-me de paz , apenas de paz...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:58

Há Sempre Outra Alma

Domingo, 24.07.11

 

Há sempre uma outra alma na nossa vida , muitas outras almas que passaram e não ficaram...

Há sempre outra alma que tocou a nossa , por um sorriso , por um gesto , por uma decisão , uma palavra .

Há sempre uma alma que ficou esquecida no passado, que não marcou e permanece soterrada no sótão da memória .

Há sempre uma alma que saiu da nossa vida e deixou uma lembrança boa ou má consoante a história que partilhamos .

Há sempre uma alma algures que é poesia na tristeza doce de uma distância com odor a baunilha .

Há sempre outra alma que nos faz sonhar com mundos épicos , romanceados que não passam de uma doce fuga .

Há sempre uma outra alma que se entrelaça na nossa e divide as nossas emoções e partilha o melhor que tem em si .

Há sempre outra alma que se faz doce brisa e acaricia o nosso rosto suavemente ao anoitecer .

Há sempre uma outra alma que nos faz lutar , sentir , viver .

Há sempre outra alma que nos deixa com um brilho nos olhos , que nos deixa na boca o sabor de um carinho imenso .

Há sempre outra alma a quem se fez promessas , com quem se fez planos , que pura e simplesmente se perderam no acaso da vida .

Há sempre outra alma que nos enche o espírito de luz , que nos faz sentir uma enorme sensação de amparo .

Há tantas outras almas que passaram na nossa vida , almas que foram importantes ou não , almas com que fizemos loucuras ou não , almas que foram e serão um elo da nossa história e que nos ajudaram a construir o desenho maravilhoso que é o traço deixado pela vida de cada um de nós .

Há sempre outra Alma .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:42

O Que Queremos Das Mulheres

Sexta-feira, 22.07.11

 

Queremos que a nossa mulher seja fêmea e ao mesmo tempo excelente mãe. Queremos que a mulher lidere a nossa vida , seja forte ao nosso lado , mas também queremos que se submeta à nossa vontade . Queremos que a nossa mulher seja participativa , seja capaz de nos aconselhar mas ao mesmo tempo exigimos que seja omissa naquilo que não nos interessa . Queremos que a mulher vá sempre mais longe , mas cerceamos-lhe o caminho de ida . Queremos que tenha consciência social , que seja politizada , mas ficamos mais descansados quando permanece na cozinha . Cobramos que seja forte , decidida , mas cerceamos-lhe a vontade . Queremos uma mulher no cio , ardente , mas queremos também uma mulher dócil à nossa vontade. Queremos que lute pela sua liberdade , mas coagimos-lhe a luta . Queremos que a mulher que vive ao nosso lado seja única , mas ao mesmo tempo queremos que pertença a um padrão convencional , com gestos e atitudes que não fujam do comum social . Queremos mulheres fortes , absolutas , decididas , mas continuamos dia após dia a decidir por elas , a impor a nossa vontade e a fazer delas a outra parte consentida de nós .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:40

Dia Mundial da Amizade

Quarta-feira, 20.07.11

Hoje e ao contrário do que se esperaria , não vou escrever um texto para os amigos que permanecem na minha vida . Porque para esses já escrevi muitas vezes . Vou escrever para os amigos que já estiveram na minha vida e aos quais tive , por diversas razões de dizer Adeus . Talvez por não terem sido amigos da forma que eu esperava , ou porque simplesmente não entenderam a minha amizade , o meu jeito de precisar deles . Existem os amigos que por vontade própria resolvem permanecer ausentes , mas muitas vezes a ausência , não reacende a chama como se espera e extingue-a sem deixar nada para lembrar . Fica apenas a lembrança dos dias vazios de carinho , e mesmo que não se esqueçam amigos que deixaram a sua marca nas nossas vidas , passarão a ser no fundo da nossa memória apenas uma simples e doce lembrança , que nos assola naquelas noites em que o sono não vem  , ou naqueles dias em que a chuva lá fora nos faz sentir saudade da lareira acesa e do café quentinho , tantas vezes partilhado com o amigo que ficou lá , nas brumas da memória . Deixo aos meus amigos ausentes , àqueles a quem Deus chamou a si , àqueles que saíram da minha vida sem sequer eu me dar conta , àqueles que não souberam ficar , àqueles que eu não soube ou pude dar o que procuravam , o que mereciam , uma forte e terna saudade . Mas ainda assim com a certeza plena em que existe um dia em que é preciso dizer adeus a quem deixa de estar presente na nossa vida . E aos amigos presentes , aos amigos de sempre , o meu forte e terno abraço .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:13

O Que Conheço De Mim

Sábado, 16.07.11

 

 

Eu sei ver em mim capacidades que não sei como usar e defeitos que não sei como evitar . Sei que às vezes peco pelo silêncio , deixando oculto o que devia ser dito , e que em outras ocasiões falo em excesso , quase compulsivamente , como se fazer entender-me fosse vital ao mundo . Sei ver em mim , que tanta vez reclamo de tudo que me aborrece , muito mais do que seria preciso para mostrar o meu desagrado . E reconheço que quando sou testado , contrariado , me retraio e me escondo ferido , deixando no meu rasto o vazio de uma amargura que não quero expressar . Sei que perante dores morais , eu prefiro fugir a batalhar , e que nessa fuga eu fico perdido , porque em fuga sou incapaz de me encontrar . Quando alguém começa a exigir demais de mim , eu prefiro deixar para lá , sem nenhuma vontade de lutar para ficar ,porque jugos e imposições deixam-me vazio . Deixo muitas vezes o cansaço vencer-me , estendo a toalha , prefiro perder , não sou bom exemplo como orador , porque quase nunca consigo fazer o que aconselho , mas sempre aconselho aquilo que eu sei que em circunstâncias idênticas eu deveria fazer . Conheço em mim a minha fragilidade , a vontade de ser amado incondicionalmente , protegido , amparado , gosto do sabor intenso a paixão , mas nem sempre sou capaz de deixar essa mesma paixão tomar a minha alma , porque eu mesmo me protejo criando conceitos , limites , exigindo que o amor seja como o almejo , como o quero sentir , e cada vez que o amor ousou ditar outras regras , eu ousei deixar que morresse no vazio de um sonho desfeito . Vejo em mim a minha ingratidão perante Deus , quando me esqueço de agradecer o que tenho para me concentrar a pedir o que desejo. Raramente me lembro das minhas vitórias , nunca festejo conquistas , mas as decepções ficam presas na minha alma , dando-me um travo de dor e uma necessidade de luta , de tal ordem e com tal ímpeto que muitas vezes creio que não me conheço . Sei que nunca serei perfeito , que cada dia é um dia excelente para mudar alguma coisa , para aprender a ser feliz com aquilo que eu tenho , e não precisa de muito , basta sorrir perante a simplicidade de ser eu mesmo , com meus erros e meus defeitos , para acreditar que um bocadinho de mundo é meu e que fui colocado aqui para ser feliz . E deixo a cargo de mim mesmo , da minha família , de meus amigos , a esperança de um tempo cada vez melhor , porque sei que eles têm a capacidade de me conhecerem profundamente e de me lembrarem que a cada dia que passa é mais uma oportunidade de renascer .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:37

O Oposto Fundamental

Terça-feira, 12.07.11

Quando ela vem devagarinho eu sou tempestade que assola o mar

quando ela é rosa perfumada que deixa o seu aroma na tarde

eu sou flor bravia que inunda a noite com aroma a terra revolvida

Quando ela coloca os pés em terra firme e me mostra o caminho

eu fujo e percorro o caminho das estrelas, envolto em nuvens de sonho

Ela é água , sol , ternura , carinho

eu sou impetuosidade , agrura , pedra de rude toque

Ela é estável , coerente , firme

eu sou volúvel , esquivo , momentâneo

Ela é calmaria , tranquilidade , certeza

eu sou vendaval , intranquilo como o mar em tarde de revolta

Ela é a lisura , a verdade , a honestidade , a honradez

eu sou o sonho , a evasão , o turbilhão , o mistério

Mas mesmo nestas características

 que são o verso do reverso de cada um de nós

Permanecemos cúmplices , companheiros , caminhamos enlaçados

num caminho feito a dois

Num afecto verdadeiro , conquistado , tão real

em que sermos diferentes um do outro

completa-nos mutuamente , é coerente e fundamental

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:41

Ao Lado De Um Grande Homem , Há Sempre Uma grande Mulher

Quinta-feira, 07.07.11

 

 

 

 

Quando alguém trata bem um amigo , esse alguém merece todo o nosso carinho , por isso não resisti a elogiar aqui , alguém que tem sido uma companheira exemplar para o meu querido amigo Gonçalo . Uma mulher da qual ao inicio não gostei , parecia-me ter uma personalidade dura , ser extremamente possessiva , ser ultra protectora. Mas nada como o tempo nos ensina a conhecer bem uma pessoa e foi vendo a luta desta mulher para acompanhar o homem que ama , que eu vi que se trata de uma mulher especial . Uma mulher que nasceu do seio de uma família de classe alta , que aprendeu apesar disto e desde cedo a sobreviver por si mesma . Licenciada em Direito pela FDL e com um curso superior em línguas , sempre foi muito Senhora do seu nariz , habituada a ganhar o seu dinheiro sem viver à custa ou à sombra de ninguém . Uma mulher forte , que mostrou muitas vezes uma fé inabalável e uma coragem muito forte quando se trata de proteger os que ama . Levei tempo para perceber que aquilo que eu tomava como sendo prepotência e ciúme , era apenas cuidado e preocupação . Por duas vezes nos desentendemos e como se diz em gíria , chocamos de frente . Mas com o passar do tempo percebi que esse choque na verdade deu-se porque na altura eu não entendi os motivos de decisões que hoje me parecem acertadas e óbvias . Uma mulher de sorriso fácil e de coração grande , que após um dia de trabalho , ainda tem carinho para todos e ternura para o companheiro que ama acima de tudo . Uma mulher que o cuida como se mãe também o fosse às vezes , tendo cuidado para que coma , que descanse , no meio do rodopio que é também o seu trabalho , como homem polivalente que é , no campo profissional . Uma mulher que coloca rédeas curtas no homem que sempre teve jeito de playboy , que conserva a sua relação com sabedoria , persistência e amor . Sei como amigo que sempre esteve ao lado do Gonçalo , que manter uma relação de amor com ele , é tarefa árdua para qualquer mulher , porque ele faz lembrar carro topo de gama , há sempre alguém com vontade de passar a mão e experimentar .  E sei como isso desgastou os sucessivos relacionamentos dele e como de certa forma também o cansa . Muitas vezes , ele dizia-me em jeito de confidência que era incapaz de amar e quando queria muito alguém , era como um capricho que passava , mal obtivesse o que queria . E ao contrário do que seria de supor , isso entristecia-o. E como amigo eu nada podia fazer para além de aconselhar , mas conselhos de pouco valem nestes casos . Quando a Dr.ª Maria entrou na vida dele , numa altura muito conturbada e difícil , eu achei que seria mais uma . Mas ela mostrou que veio para ficar . Devagarinho , sorrindo , num jeito que é muito seu , encantou todos os que rodeiam o Gonçalo , é uma menina grande , um ser muito simples e bonito . Acho que fui eu quem demorou mais a ver isso , talvez porque já tinha visto tanto fracasso . Ou porque a vida me fez mais desconfiado . Não é fácil ser mulher de um homem como este , para além da sua forte e complexa personalidade , existe o lado do artista que o torna muito sensível e tão fácil de ferir . Para estar ao lado dele tem que ter muita paciência , muita classe , cultura , mas sobretudo muito amor . E esta Senhora que tanto convive bem com Ministros como com pessoas da mais baixa condição é sem duvida um pilar na vida de um homem como o Gonçalo . Admiro nesta Senhora a sua sensatez politica , a sua capacidade de ser frontal e polida , a capacidade de estar sempre bem seja em que local for . Que sabe estar sempre , seja em que ocasião for e em que local . Que se sabe vestir de acordo com a ocasião , elegante e discreta , sem procurar chocar ou amesquinhar ninguém . Gosto da forma como em casa , no seio da sua família se transforma , e a ponderada e elegante Dr.ª vira menina , menina que ri com o nosso poeta , que brinca com ele , que o faz parar de ser sério e o faz ser menino que ri às gargalhadas e diz um monte de coisas sem importância pelo prazer de dizer , de ver risos . Uma mulher que tem a seu cargo tantas vidas , cultura , que tem a seu cargo incutir dignidade e conhecimento a tanta gente , e que sabe como lidar com pessoas a quem a vida nada deu , uma Senhora cuja advocacia quase sempre foi no sentido da ajuda a quem mais precisa , tantas vezes sem cobrar  absolutamente nada . Uma grande Senhora a quem eu devia um reconhecimento publico e também um pedido de desculpas sinceras pelas vezes em que nos confrontamos por minha culpa . E dizer que tenho a certeza que o nosso poeta chegou ao fim na sua carreira de playboy e que a Senhora lhe saberá sempre dar o apoio e a estabilidade que ele tanto queria e merece . Recentemente ele disse-me : - Pedro , estou tão feliz , calmo , tranquilo e em paz . E isso deixou-me tão feliz e sei que o milagre tem o seu nome . Por isso Dr.ª Maria aqui lhe deixo publicamente o meu mais caloroso respeito e agradecimento . Que Sejam sempre muito Felizes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:57

Aos Meus Amigos

Terça-feira, 05.07.11

Pai ensina-me a partilhar a minha vida e o meu afecto com os meus amigos . Que eu saiba ser para eles o que eles precisam , sem que eles tenham que me fazer reparos . Que a todos eu saiba fazer chegar a compreensão , a mão estendida , o carinho , o sorriso . Que eu saiba amá-los como eles são e possa ser para eles um refúgio nas horas más , um lenitivo nas horas de dor , e que a minha fidelidade aos sentimentos não seja jamais posta em causa . Pai , faz com que os meus amigos saibam que sempre podem contar comigo e que a minha força de carinho se manifeste pela vida e pela eternidade . Que eu possa sempre dar mais do que recebo , que eu nunca seja egoísta e nunca espere nada daquilo que dou . Mas também te imploro Pai , que eu nunca me veja sem amigos nos piores momentos , nem que seja para me dizerem apenas:- Olá, como é que vais?

Por isso Pai , protege todos os meus amigos , ampara-os , guia-os e que a nossa amizade seja sempre um deleite para os teus olhos e uma benção para todos nós .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:22

O MUNDO PRECISA DE ...

Segunda-feira, 04.07.11

Quando temos amigos , devemos procurá-los e não ficar à espera que nos procurem...

A Terra gira e o mundo precisa de FRATERNIDADE

Se temos inimigos devemos procurar reconciliação

Porque a Terra Gira e é preciso descobrir a AMIZADE

Se há pobreza ao nosso lado , devemos auxiliar

Porque a Terra gira e o mundo precisa de SOLIDARIEDADE

Se sentimos orgulho e soberba , devemos enterrá-los

Porque a Terra gira e precisamos de HUMILDADE

Quando vemos uma alma em trevas , devemos dar-lhe a luz do nosso sorriso

Porque a Terra gira e o mundo precisa de COMPAIXÃO

Se cometermos um erro , devemos corrigir

Porque a Terra gira e o mundo precisa de SABEDORIA

Quando vivemos deprimidos , devemos tentar abrir o coração à vida

Porque a Terra gira e o mundo precisa de EQUILÍBRIO

A receita para um mundo mais feliz e uma Terra mais saudável é cultivar coisas simples como , PAZ , AMIZADE , SOLIDARIEDADE, HUMILDADE , VERDADE , AMOR e sobretudo almas repletas de LUZ !!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:48

Remédio Para a Depressão = Amante

Sábado, 02.07.11

Muitas amigas procuram-me para desabafar. Contam-me como se sentem desencantadas , como a vida parece vazia e eu costumo dizer-lhes que pensem na hipótese de terem um amante.  Muitas mulheres têm amantes e acham natural , outras já os tiveram e perderam , e geralmente são aquelas que os perderam que mais se queixam do vazio , de não dormirem bem de noite , de se sentirem deprimidas e de sofrerem de dores da mais diversa ordem . São sintomas de mulheres que não se sentem amadas , nem queridas e muito menos desejadas . Muitas delas gastam todo o seu tempo a trabalhar , não saem , não convivem , a vida reduz-se apenas à monotonia do trabalho quotidiano . Essas mulheres encaixam-se perfeitamente na moderna depressão , e elas mesmas a diagnosticam a si mesmas , e fazem tudo para experimentar os calmantes mais recentes , como se eles fossem a única luz ao fundo túnel . Depois de as ouvir e antes que comecem a desbobinar a necessidade premente de calmantes , ansiolíticos e afins , eu vou logo dizendo que arranjem um amante.  Algumas ficam muito escandalizadas comigo , e dizem que não entendem como sendo eu tão amigo delas , me atrevo a sugerir tal coisa . Então explico-lhes que para além da ideia linear aliada à palavra amante , amante pode ser também tudo o que amamos e nos dá alegria . É tudo aquilo que sonhamos ter ou fazer , aquilo que nos tira o sono quando desejamos muito alcançar . O "Amante" é por assim dizer o lenitivo para a alma , perante a realidade com que temos de viver . É algo que nos faz seguir em frente e dá sentido à nossa vida . Muitas vezes o nosso melhor amante é o nosso companheiro/a, a pessoa com quem partilhamos a nossa vida e nos faz tão bem . Outras vezes o tal amante é alguém que vem de fora , que nem precisamos conhecer bem , mas que sabemos que a seu lado vivemos momentos de emoções únicas e sensacionais. Mas o nosso "amante " , pode também ser aquele livro que adoramos , aquela sonata tocada ao piano ao cair da noite , aquela tela vazia que se oferece aos nossos sentidos para lhe darmos vida , na politica que pode ser um desafio fabuloso , no desporto que nos permite libertar toda a nossa potencialidade , na boa mesa para os apreciadores , num trabalho que de facto nos apaixone , no prazer saudável de estar com amigos . Então amante é alguém ou alguma coisa que nos prende enamorados à vida em vez do vazio de ir levando a vida como um castigo . Porque ir levando a vida é na verdade ter medo de a viver , é olhar para os outros que vivem e deixar que o tédio nos arraste para a famosa depressão , é começar o calvário dos psicólogos , psicanalistas , psiquiatras , tomar um monte de calmantes milagrosos , que na verdade apenas inibem emoções e fazem esquecer a dor da falta de capacidade para aproveitar as oportunidades que a vida a todos dá . É passar o tempo com medo de mais um quilo , de mais uma ruga , é reclamar permanentemente do frio , da chuva , da primavera , da humidade , dos vizinhos ... É a incapacidade de agarrar um sonho , de agarrar uma oportunidade , de viver o hoje , deixando para nos contentar um fio de esperança de que talvez o amanhã seja melhor , que talvez amanhã uma fada madrinha desça sobre nós a varinha e tudo fique cheio de sonhos flamejando em nosso redor , que talvez amanhã a nossa cobardia se transforme na capacidade de fazer o que nunca soubemos fazer . Então em nome da nossa felicidade deixemos de ir levando , sejamos capazes de ter amantes , sejam eles pessoas ou interesses e sejamos capazes de ser os protagonistas e as figuras principais das nossas próprias vidas . Nenhum psicólogo ou psiquiatra é capaz de fazer milagres na nossa vida , o único milagre de facto real , capaz de fazer da nossa vida um conto de fadas, é a nossa capacidade de nos enamorarmos da vida e ficarmos extasiados perante a sua beleza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:20





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds