Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu e a Depressão

Quarta-feira, 26.03.14

 

 

Hoje aconteceu algo que me alertou para um problema cada vez mais comum , a depressão . Hoje um amigo ligou-me, estava eu a trabalhar, para me dizer o seguinte :- Estou com depressão .

-Estas com quê ? - Perguntei com cara de parvo .

- Estou deprimido ...

- Mas porquê? - Tornei eu a perguntar , ainda mais que tinha pouco tempo para falar com ele.

- Não sei , mas estou deprimido .

- Tu estás é burro...

Ele claro , desligou .

E isso me colocou perante uma realidade nua e crua . Temos um mundo de gente deprimida . Mas ninguém se pergunta porquê . Tirando os casos das depressões químicas provocadas por medicamentos , que é um caso à parte , o resto das depressões são fruto de uma sociedade que se multiplica a esmo . Eu lembro-me dos meus tempos de criança, em que a minha mãe me contava que muitas mulheres tinham os filhos mesmo no campo, ali em baixo de uma arvore . Muitos dos filhos morriam de doenças infantis , elas trabalhavam no campo , na monda , na ceifa , suportando temperaturas altíssimas ou na azeitona , onde se expunham a frios terríveis e chuva . E elas deprimiam? Não . Isso porque embora trabalhassem oito horas ou mais , chegavam a casa tinham filhos para cuidar , casa para arrumar , jantar para fazer . E o jantar era feito ao lume com lenha que elas mesmo carregavam , a roupa era lavado no rio e para passar a ferro , tinham os ferros a carvão , em que era preciso ter uma habilidade eximia para não sujar a roupa . O chão era esfregado a pano , e depois de tudo isso , alguma mulher se deprimia? E tempo para isso?

Dirão vocês , mas isso era a classe mais baixa , que nem tempo tinha para pensar , mas e os outros?

A minha família sempre foi feita de grandes mulheres , lutadoras, a minha mãe geria uma casa enorme e duas herdades , completamente desapoiada , porque o meu padrasto que era militar estava fora por grandes espaços de tempo . Era a minha mãe que contratava e despedia empregados , quem geria as casas agrícolas , quem investia e gastava . De certeza que o casamento dela não era um mar de rosas, como nenhum é , ela teve perdas , desgostos , tristezas , mas nunca essa senhora deprimiu . 

Hoje tudo é mais fácil , as mulheres tâm as lidas caseiras bem mais facilitadas . E por muito que se reclame da crise , a vida ainda é melhor que em tempos idos .

Então de onde vem tanta depressão?

Para mim , depressão começa por ser falta de fé . As pessoas não inquirem porque estão aqui , nem a missão que trazem e não param um minuto para pensar no Dom Divino que carregam com elas , a vida .

As pessoas não pensam que não estão aqui por acaso . Se a humanidade seguisse os mandamentos do Pai, ninguém teria tanta dor .

Não haveria tanto lar desfeito , tanta mulher a deprimir porque se acha usada , trocada ou traída . Não haveria tantos filhos que de tanto verem pais separando , casando ,  perdem a noção da instituição base da sociedade , a família .

E o mesmo vale para os homens , quando a vida dá uma guinada , nos puxa o tapete , o caminho é lutar , procurar , batalhar , ficar num canto a deprimir-se não vai ajudar em nada .

Temos que acima de tudo aprender a organizar as nossas emoções . A felicidade , a tristeza e todos os outros estados de alma , são passageiros . Só se tornam fixos se nos agarrarmos a eles .

Se está triste , sem tem um problema , pare , veja se dá para resolver , se não dá , contorne .

Se está zangado ou zangada , grite , quebre um prato , bata a porta , mas nada de ficar a remoer e a deprimir-se .

Os psiquiatras costumam dizer-me a rir , que a depressão é a doença da moda e que sem ela viveriam bem pior .

Para mim não é uma questão de moda , é uma questão de atitude , de falta de fé e de organização na vida e ainda mais de uma falta de entrosamento com os outros .

Como posso ficar deprimido , se ao meu lado alguém precisa de mim?

Como vou ficar remoendo mágoas inventadas ou verdadeiras , se Deus me deu mais um dia para eu ver o sol , ouvir risos, poder abraçar quem amo .

Se tivéssemos a real noção da dádiva de estarmos vivos , ninguém perderia minutos preciosos amarrando o burro .

Os problemas aparecem , mas a forma como os encaro é uma opção minha .

A depressão vem também quando nos começamos a vitimizar . Ninguém me entende , ninguém me apoia , não posso contar com ninguém , tenho problemas que mais ninguém tem, coitadinho de mim... ora bolas , tretas .

Se os outros não o entendem, faça-se entender , se não apoiam , lute você mesmo, afinal só clube de futebol precisa de uma grande torcida . Se não pode contar com ninguém , conta com o apoio mais poderoso do mundo , Deus .

Problemas todo o mundo tem , o jeito é saber enfrentar , não há nada que seja impossível. 

Coitadinho , o caramba , levante-se desse marasmo idiota e vá à luta. Depressão? Pois sim , incapacidade de enfrentar e entender a vida , isso sim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 18:33

Fim da Tarde

Domingo, 23.03.14




Quando o dia chega ao ocaso, depois do "Adeus", quando a tarde cai plena de cansaço e com ele vem a insegurança ou a realização do trabalho feito . O dia chega ao fim bem devagarinho , trazendo consigo o ritmo calmo do entardecer. A tarde abraça-nos como uma amiga no seio da qual se pode descansar . A tarde que antecede a noite e toda a sua tranquilidade . O fim do meu dia é como mar que revolve a areia , no qual me abandono e penso em tudo o que a vida me deu . Penso no que fiz durante o dia , o que deixei de fazer e o que podia ter feito e não pude ou não quis fazer . A vida é assim , feita de eternos começos , recomeços e finais, de sonhos pequenos , grandes e realizáveis ou não . Cada fim de tarde é uma pagina da minha vida que se preencheu , de modo certo ou errado , mas certamente da melhor forma que consegui . O fim da tarde é para mim momento de recolhimento, de avaliação do mais um dia que se foi . Registo em mim , conversas , factos , vitórias e derrotas . Sou assim , meio perdido no tempo que me gasta as forças e com o qual combato a cada momento . Tempos houve , em que julguei ter feito um pacto com o tempo , mas hoje sinto que ele me foge e que o nosso pacto se vai rompendo . Seja como for nunca dei ao tempo , menos do que lhe prometi . Com o tempo aprendi que o "até amanhã" pode ser um até nunca mais . Pela janela entreaberta vejo o dia morrer numa angustia calada, como se em vão tentasse agarrar uma esperança fugidia . Vivemos de até amanhã, de um sorriso rápido , do tem de ser , tenho que ir , já volto , amanhã farei e sabemos que o amanhã pode estar longe demais . Ligo o som , escuto uma musica , fecho os olhos e ela envolve-me imortalizando o momento . O cansaço envolve-me e entrego-me , o cansaço anula a ansiedade , o medo de algo que nem eu sei o que é . E mais um dia termina assim , eu e o tempo , frente a frente, reiterando um pacto cada vez mais frágil . Ele é eterno , eu sou apenas o momento que passa , efémero, pequeno , entregue na languidez do meu cansaço .



Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 21:41

As Mentiras das Mulheres

Segunda-feira, 17.03.14



As mulheres têm por costume dizer umas mentiras que todo homem já ouviu , mas para não se chatear , finge que acredita . Podia enumerar muitas , mas deixo as 9 que acho mais comuns .


1- Não sei quanto peso ... não ligo para isso...


Claro que é mentira , a mulher sabe quanto pesa, mas a sociedade é tão idiota, coloca um peso tão grande no facto de a magreza ser o único modo aceitável de ser elegante , que a mulher com um pouco mais de peso , fica insegura . É burrice , porque cada corpo tem a sua estrutura , a sua forma , mas a mulher não entende isso, então como ninguém vai adivinhar o seu peso , regra geral , mente . Nós homens , não estamos nem ai para esse disparate . Gostava que as mulheres soubessem , que o que conta para nós numa mulher , está muito para lá de um peso a mais ou a menos e se seu marido , namorado , está com você e gosta , esqueça as idiotas que se matam num ginásio para emagrecer e regra geral nem conseguem ter ninguém na vida . Se um homem fizer do peso da sua esposa algo prioritário , esse homem não vale nada , saia dessa relação mulher, isso não é homem , é um idiota com grave defeito mental .


2- Eu só dormi com  ...


E aqui é bastante interessante . Porque se a mulher dormiu apenas com um só homem , ela vai mentir e vai dizer que dormiu com mais . Isto porque ela acha que se não provar ao homem , o quanto os outros homens a desejam , ele vai perder o interesse . Por outro lado , se a lista de namorados da mulher for longa , ela vai diminuir o tamanho da lista , para não passar a imagem de uma mulher fácil . Engraçado é que a mulher não entende que passado é passado e passado toda a gente tem , o importante é como ela vai ser dali para a frente .


3- Estarei pronta em cinco minutos .


Para uma mulher cinco minutos têm uma elasticidade espantosa . É normal que a mulher demore mais tempo que o homem a vestir-se , porque tem mais detalhes , tem maquiagem e isso é normal . Para evitar esta pequena mentira , basta que o homem entenda o mais cedo possível , que nenhuma mulher jamais estará pronta em cinco minutos . Afinal vale a pena esperar ...


4- O sexo foi bom ...


Toda a mulher insiste em afirmar isso após uma relação sexual . Mas nós homens sabemos que isso nem sempre é assim . O sexo nem sempre é gratificante para a mulher e isso não significa que ela tenha algum tempo de problema . Apenas a mulher não atinge o orgasmo tão rapidamente como nós . E em vez de ela explicar ao homem que precisa de mais tempo , de mais atenção , ela mente para evitar problemas , o pior é que o homem vai achar que é verdade e o problema persiste . A mentira deve ser sempre evitada .


5- Eu não estou zangada ...


Essa mentira da mulher , vem quando fizemos algo que ela não gostou , mas ela não quer brigar ou falar . Nesses casos , ela acha que não vale a pena brigar e se ela acha, aceite , ela deve estar certa . Se a mulher falar isso , não se deve provocar , deve-se dar um espaço e deixar passar um tempo.


6- Estou com dor de cabeça ...


Sejamos francos , nesta já homem nenhum cai . Mas a mentira da mulher é compreensível. O homem costuma querer sexo mais vezes que a mulher e geralmente ao final do dia a mulher está bem mais cansada que o homem . Porque a mulher trabalha , cuida da casa , das crianças e isso faz com que sinta vontade de uma noite tranquila , bem dormida. Então vem a história da dor de cabeça , para não dizer um não bem frontal. E ai ou se respeita ou se tenta convence-la a mudar de ideias . Mas com cuidado , pode ser dor de cabeça mesmo .


7- Estava em promoção ...


A mulher algumas vezes oculta o preço da roupa nova para evitar discussão . Ou então usa uma outra : - " Roupa nova? Mas eu já vesti , tu é que não reparas em mim " ... Nós sabemos que a mulher adora roupa nova , o melhor é fingir que acredita .


8- Não me impoto que olhes para as outras mulheres ...


A mulher diz isso para parecer segura e não ciumenta .Toda a mulher detesta flagrar o olhar do marido sobre outra mulher . Se a mulher disser isso , não acreditem, não caiam nessa, porque ela vai estar de olho.


9- Eu estou bem ...


Esta é a mentira clássica da mulher amuada .A expressão sacramental que antecede a birra . E ela diz isso , como um teste ao homem , para ver se ele entende e tem sensibilidade para compreender que ela não esta bem . E coitado do homem se ele falhar esse teste ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 15:57

Ser Mulher ... Não é para todas

Sábado, 08.03.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:02

Solidão Suave

Sexta-feira, 07.03.14





Solidão doce é quando eu fecho os olhos e absorvo a calma suave do silencio . Quando a minha alma se encontra e se compreende a si mesma , quando o meu olhar capta o exacto momento em que o mar e o céu se encontram na agonia suave do anoitecer . Solidão doce é quando a lua banha o meu quarto e cada objecto tem o contorno irreal da fantasia . Solidão doce é quando a minha voz silencia e a minha mente capta mensagens da natureza . A solidão pode ser suave como o veludo , quando cansado do barulho incessante dos meus dias tumultuados , busco o silencio que me deixa enfim ouvir-me . É no silencio que me ouço e me encontro , que me perco e me acho num encontro final de mim , comigo mesmo .É na solidão suave , doce , terna , que me abraça quando a noite cai, que sinto o medo esvair-se em algo semelhante a lágrimas de luz . É na solidão doce que vejo como se de dentro de uma esfera de cristal fosse , coisas que me fazem mal, coisas ridículas , inacreditáveis , gestos sem sentido, atitudes que me deixam atónito , se essa capacidade eu tivesse ainda . É na solidão suave que me perco e perdendo-me mergulho num rio de ternura que se abre perante mim . É a solidão suave que me acalenta, que me embala as noites mal dormidas , que me dá o equilíbrio que ainda preciso ter . E vivo , partilho, sonho e sorrio ... em meio à minha doce solidão .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:02





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds