Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Aprendem-se Coisas ...

Sábado, 24.05.14
Sempre tive pouca paciência para as pessoas que se vitimizam . Primeiro porque é um acto de egoísmo nato , quem se vitimiza sente-se injustiçado , centra a atenção nas suas amarguras e esquece-se de olhar e apoiar a dor de quem o rodeia . A vitimização também é cerceadora , porque quem se vitimiza deixa de acreditar , deixa de lutar , vai agindo como se todo o mundo estivesse ali para o perseguir . Como se fosse o ser mais incompreendido , martirizado e esmagado pelas calamidades da vida . Para mudar isso há que ter uma coisa simples , aliás duas , auto - estima , muito importante e a segunda , preocupar-se com os outros . Quem se centra na sua dor , no seu cansaço, esquece e negligencia a dor e o cansaço de quem o rodeia . Um dia conheci uma senhora bastante idosa , cega , paralítica há muitos anos , com muitas doenças e ainda assim ela era dinamizadora de um grupo de apoio social a crianças vitimas da SIDA. Quando ma apresentaram , as suas limitações não deixaram de me saltar à vista e eu perguntei :- Apesar da fragilidade da senhora , como consegue fazer tantas coisas pelos outros ? Ela sorriu , com o rosto todo enrugado e respondeu :- Oh meu filho , Deus deu-me apenas um coto de vela , se eu não o usar , ele não vai servir para nada , mas se eu o acender , ilumina tanto como uma vela nova , por isso , meu filho , todos os dias eu acendo o meu coto de vela , para que ele ilumine quem precisa . Aprendi muito com essa senhora e essa lição nunca deixou que eu me vitimizasse . Passei por situações complicadas e ainda assim nunca me fechei sobre mim mesmo . Tenho cansaço , tenho dor , tenho medo , desalento , tenho tudo isso como qualquer ser humano , mas a cada dia que nasce , eu sei que há pessoas que precisam de mim , por isso , por maior que seja a dor ou o cansaço , eu levanto-me e faço o que tem que ser feito . Talvez , tal como essa senhora , eu acendo o meu coutinho de vela diariamente . A vida ensinou-me a não me preocupar com o que não posso mudar e a ter a certeza que na hora a que fui chamado a fazer ou a decidir, eu fiz e decidi o que me pareceu certo . Deixei-me dessas parvoíces de sofrimento emocional,  já me basta o outro , combato-o fazendo aquilo que eu sei que é correcto. Não gasto o meu tempo a desejar que tudo fosse diferente , gasto-o a aprender e a crescer com aquilo que a vida me dá . Aprendi a não me forçar para agradar seja quem for,  se der, deu, se não der , azar .Estou a deixar de fazer fretes , a deixar de concordar só para não magoar , se os outros não estão nem ai , eu vou estar porquê? Deixei de fazer planos , porque planear é como pedir emprestado ao banco , estou a tentar dispor de algo que não é meu , entendo que o meu tempo é de Deus e que na hora certa o que tiver que ser , será . Não ligo mais importância se as pessoas me dão ou não razão , digo o que tenho a dizer , cada um que fique com os seus próprios actos e verdades . Não gosto de estar perto de gente que fica remoendo o passado ou atribuindo culpas ao passado , pelos problemas do presente , nada me pesa no meu passado , por isso concentro-me no hoje , no agora , que é o único tempo certo que tenho . Aprendi que as pessoas em quem eu deposito mais esperanças podem decepcionar-me , mas ao mesmo tempo aprendi que a culpa não é delas, a culpa é da forma como eu as fantasiei e desejei que fossem .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:36

Mudança

Sexta-feira, 23.05.14
 A vida de todos nós encerra uma imensidão de "se...". Se isto , se aquilo e o mundo emperra com tanto se... .
Ultimamente toda a gente reclama de injustiça social , mas fica o tal se... , se eu pudesse, se eu mandasse , se eu soubesse .
E ninguém passa do (se)aos factos concretos , sendo que toda e qualquer mudança não passa por se ... nenhum, passa pela nossa vontade de lutar e mudar , usando os mecanismos que temos à mão . Passa pela nossa capacidade de mudar o nosso mundo interior , porque se cada um de nós não mudar , nada muda . E passa também pela nossa capacidade de usar o voto como uma arma de mudança .
Existem pessoas amargas que jogam sobre os outros todo um mundo de regras e imposições , de queixas e de culpas e acham que tudo se resolvia se ..., é hora dessas pessoas pensarem em mudar e em entender , que cada um é responsável por si mesmo . E que muito do que lhes acontece , tem directamente a ver com a tacanhez do seu modo de agir .
Todo o mundo reclama pelo direito à diferença , mas afinal é a diferença que se quer impor como se quisesse generalizar-se . Toda a gente tem o direito de ser e viver como achar melhor , desde que não queira obrigar os outros a aceitarem como obrigação essa tal diferença .
O mundo seria igualmente melhor , se as religiões não se apoiassem em mitos e tabus , onde o se ... é um forte pilar , toda a gente vai para o céu se ... Vão todos para o inferno se ... . Acho que muita coisa mudaria se todas as religiões se deixassem de ses e se centrassem no que é essencial , o amor a Deus e ao próximo e o resto viria por acréscimo.
As pessoas enchem a boca para falar de amor , mas depois na hora de se darem , de assumirem compromissos , o sentimento maior é o comodismo e o egocentrismo .
Tudo seria diferente , se as pessoas tivessem maturidade para aceitar as opiniões divergentes, se não colocassem no outro a obrigação de tudo , se cada um fizesse tudo o que estivesse ao seu alcance , em vez de esperar que seja sempre o outro a fazer e a agir.
Se todos nós déssemos mais importância ao que gostamos do que às modas impostas.
Tanto erro se evitaria , se soubéssemos entender a nossa solidão e soubéssemos conviver connosco mesmos , não se faria tanta asneira só para espantar a solidão .
A cultura seria mais generalizada se nos divorciassemos mais da TV e aprendêssemos a gostar de ler .
O mundo seria tão melhor , se as pessoas entendessem que não se devem tornar escravas da ambição de possuir , que muitas delas gastam a vida , somente para comprarem mais uma roupa , mais um perfume , mais um acessório, nada que mude a vida , que valha a pena . Se for para gastar dinheiro , que seja em algo que celebre a vida.
Há pessoas que acham que se vestirem marcas se tornam elegantes e sofisticadas , mas enganam-se, de nada servem as marcas , se a sofisticação não for natural . A elegância está nas palavras que usamos , na nossa forma de agir com os outros , na ética , na amabilidade . Ser sofisticado passa pela simplicidade .
Temos que mudar o negativismo , e deixar de gritar aos quatro ventos que somos infelizes , isso só atrai o que há de mais negro no Cosmos , temos que acreditar que a infelicidade não existe, isso é um conceito ditado pela insatisfação e ingratidão humana, existem sim momentos maus , mas não são eternos . O ser humano é que aprendeu a queixar-se doa maus esqueceu-se de agradecer os bons .
Temos que aprender que as pessoas são sempre mais importantes que os bens materiais , os bens devem ser usados para servir as pessoas e que o oposto jamais se verifique .
Tudo será diferente se o bom humor se tornar uma busca continua dentro de nós mesmos.
Tudo mudaria também se as pessoas não se sentissem na obrigação de serem agressivas para taparem a sua incompetência .
Acho que os valores do mundo se alteraram completamente , que a maior parte iniciou uma luta contra o envelhecimento exterior , o que eu acho bem , mas acho que se esquecem de lutar contra o envelhecimento interior . Como disse uma escritora amiga minha , " O mundo luta contra o envelhecer e não luta contra o emburrecer." E ela tem toda a razão .
Tenho pena das pessoas que gastam a vida em busca de uma vida que está muito além dos seus horizontes e que fazem dessa luta uma bandeira que não procura a vida sensacional , mas sim o sensacionalismo , o aparecer , o dar que falar , e isso meus amigos é triste ...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:44

Pérolas dos Clientes HP

Quarta-feira, 21.05.14

 

E como a vida não é só coisas sérias e estou cansado de ouvir gente a queixar-se de tudo e a lamentar tudo . deixo aqui um post cuja fonte é a Net , mas que foi originalmente colocado no ar , por um técnico da HP que fazia por telefone o atendimento técnico ao publico , coitado ...

CLIENTE - Não consigo imprimir. Cada vez que tento imprimir o computador diz
Já levantei a impressora e a coloquei-a em frente ao monitor para ele ver, mas o computador continua dizendo que não consegue encontrá-la. Eu tô achando que esse computador é burro...Será que é problema de memória?

****

TÉCNICO: Bom Dia! Serviço ao Cliente HP. Sérgio falando. Em que posso ajudar?

CLIENTE: Tenho uma impressora HP que precisa ser reparada.

TÉCNICO: Que modelo é?

CLIENTE: É uma Hewlett-Packard.

TÉCNICO: OK! Isto eu já sei senhora. Quero saber se ela é colorida ou é preto e branco.

CLIENTE: Ela é bege! 

***

TÉCNICO: Bom dia! Posso ajudar em alguma coisa?

CLIENTE: Não estou conseguindo imprimir.

TÉCNICO: OK senhor! Por favor, clique no menu iniciar....
Cliente- Hei colega! Vamos com calma! Não me venha com esse palavreado técnico... Eu não sou o Bill Gates!

***

CLIENTE: De repente aparece uma mensagem na minha tela que diz: 'Clique em Reiniciar'.. . O que eu devo fazer?

TÉCNICO: O senhor deve apertar o botão e assim desligar e ligar novamente. Sem perder tempo o cliente desligou o telefone na cara do técnico e depois de cinco minutos ele ligou novamente:

CLIENTE: Pronto! E agora o que é que eu faço?

***

CLIENTE: Tenho um grande problema. Um amigo meu colocou um protetor de tela no meu computador, mas a cada vez que mexo com o mouse, ele desaparece! 
***

TÉCNICO: Em que posso ajudar?

CLIENTE: Estou escrevendo o meu primeiro e-mail.

TÉCNICO: OK, qual é o problema?

CLIENTE: Já fiz a letra 'a'. Como é que se faz o circulozinho em volta dela pra fazer o tal do arroba?

***

TÉCNICO: Suporte do seu Provedor de Internet, bom dia. O que deseja?

CLIENTE: Moço, a Internet também abre aos domingos?

***

Depois de um tempo falando com o atendente do suporte técnico.

TÉCNICO: O que tem do lado direito da tela?

CLIENTE: Uma samambaia!

TÉCNICO: silêncio.... *

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:46

Entendendo as Mulheres

Terça-feira, 20.05.14


Vou prestar um serviço de utilidade publica , aos pobres dos homens , que tal como eu , se vêm literalmente "gregos" para entenderem as mulheres . Após anos de prática , consegui decifrar algumas expressões padrão , que aqui deixo com a vontade sincera de ajudar os marinheiros mais jovens neste confronto com as ditas ... sereias .

1. Quando a mulher diz : - Sim ... com um ar aparentemente ausente , para sua segurança , entenda como um Não.

2. Quando a mulher diz : - Não ... com o mesmo ar ausente , para sua segurança , entenda como um Sim .

3. Quando ela diz : - "Não Sei" - Entenda como um "Sim"

4. Quando ela disser:-"Talvez" - Entenda como um "Não".

5. Quando ela disser : - " Sinto Muito" - Entenda " Vai ser Como Eu Quero".

6. Quando ela disser:- " Nós Queremos" - Entenda " Eu Quero!"

7. Quando ela disser:- " Faz Como Quiseres" - Entenda" Vais Pagar-me Caro Por Isso".

8. Quando ela disser:- " Precisamos Conversar" - Entenda " Quero Queixar-me De Ti ".

9. Quando ela disser:- " Se Queres Tanto , Faz..."- Entenda " Não Faças Isso".

10. Quando ela disser:- " Não estou chateada"- Entenda " Estou Furiosa".

11. Quando ela disser:- "Apague a Luz..."- Entenda " Estou a Sentir-me Gorda".

12. - Quando ela disser:- " Esta cozinha é pequenina" - Entenda " Quero Uma Cozinha Nova".

12. Quando ela disser:- " Ainda me Amas Muito?" - Entenda - " Fiz Algo Que Vais Detestar".

13 . Quando ela disser:- " Estarei pronto num minuto"- Entenda " Tens tempo de ler um jornal inteiro".

14.  Quando ela disser : - " Estou Gorda?" - Entenda " Diz Que Estou Linda ..."

15. Quando ela disser:- " Tens Que Ser Mais Gentil " - Entenda " Deves Concordar Sempre Comigo".

16. Quando ela disser:- " Não Estou a Gritar" - Entenda que deve sair rapidamente e tapar os ouvidos , porque ela vai estar berrando.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:20

A Família

Terça-feira, 06.05.14
Não gosto muito, não posso e nem devo exibir a minha família . Mas tem horas que apetece deixar para lá normas e elogiar aquilo que nos é mais caro , a família . Essa foto retrata a Inês e a mãe , mas é a Inês que aqui identifico comigo . Ela é uma menina teimosa , rezingona , mas é também corajosa e intrépida , apesar de novinha sabe aquilo que muitos adultos desconhecem , a diferença entre o certo e o errado . Sabe quando algo é errado , injusto , e sabe-o intuitivamente , isso deixa-me orgulhoso, por saber que a Inês é uma menina linda e especial . Eu sei que a educação é importante , mas há princípios básicos que nascem connosco e que nada nem ninguém os pode dar . Ou se tem ou não se tem . E a Inês sem duvida tem e quando sei que alguns professores a acham "diferente" eu fico feliz , porque o diferente é educação e presença de carácter . Também fui assim em criança e ela é um espelho no qual me revejo . A família é importante pelo carinho , amor e atenção que sabe dar . Está na certeza que a família está ali e que os pequenotes como a Inês , agarram a vida e não se desviam das pisadas de quem os antecedeu , aspirando passar por elas e seguir além . O encanto de uma criança não está em modos refinados , nem numa educação perfeita , mas sim na simplicidade do coração e nas palavras sinceras que saem da boca . O valor da família está na tranquilidade que sabe dar , na compreensão , na paz que sabe transmitir . O encanto da Inês , para mim , está na ternura meia selvagem ainda do seu coração , no seu respeito ao próximo e na sua incapacidade de ferir por maldade . E até na sua capacidade de estender a mão e já ajudar quem precisa . A familia é um valor importante e este pequeno ser em formação é sem duvida digno da família onde nasceu . Beijo do tio .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:39

Aprende-se

Sábado, 03.05.14

 

 

Depois de um certo tempo , aprendemos as diferenças subtis da alma. E a maior delas , é a diferença entre ajudar alguém e tentar tirar proveito dessa mesma ajuda . Com o tempo sabemos que a pessoa que nos ama nem sempre nos pode apoiar , e que ter companhia , amigos , não significa ter mais segurança . E chega a uma hora que entendemos que os beijos podem não ser sinceros e que mesmo quando o são , não têm o valor de contratos e que os presentes que nos oferecem não são mais que breves momentos de dádiva , mas que não significam nenhum tipo de promessa . Aprendemos que a derrota não é o fim , mas o início e aprende-se a aceitar a derrota de cabeça erguida. Com o tempo aprendemos a construir todas as nossas estradas no Hoje , porque no ontem não há como caminhar e o Futuro é apenas um ponto incerto . Com o tempo aprende-se que nos doarmos demais nos torna exigentes demais e que os outros não têm a culpa daquilo que esperamos deles , quando o erro afinal é o excesso na entrega . Aprende-se que não adianta esperar dos outros aquilo que nós queremos , porque por muito que se ame alguém , o nosso amor não vai moldar essa pessoa à nossa vontade . Aprende-se que por muito amor que una duas pessoas , isso não é garantia contra as mágoas , porque mesmo sem querer , o outro vai acabar nos magoando e teremos que o perdoar por isso . Aprendemos que ter um amigo sincero com quem se pode desabafar tudo , pode ajudar nas nossas dores emocionais .Aprende-se que se pode levar anos para consolidar um amor e que basta um segundo impensado , um gesto , uma palavra , para que esse amor trema nas bases . Aprende-se também que a raiva não é boa conselheira , porque sob o seu ímpeto se pode fazer num segundo , um acto do qual nos arrependeremos o resto da vida . Aprende-se que tal como o diamante , tudo o que é verdadeiro brilha e que nada o poderá destruir .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 13:15





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds