Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Amor Verdadeiro

Quinta-feira, 03.07.14


Quantas vezes nos deparamos com casais que chamam a nossa atenção na rua , pela sua disparidade . Tantas vezes achamos estranho , que uma bela mulher ame um homem que parece tão feio ou que um homem considerado lindo , ame uma mulher que a nós parece feia . Essas perguntas surgem-nos quando nos damos o direito de julgar o amor , esquecendo que aquilo que atrai um homem e uma mulher é invisível . A minha mãe sempre me disse que acreditava em casamentos "arranjados" no céu . Dizia ela , que quando uma alma se prepara para reencarnar num corpo  e voltar a este plano , Deus indica a outra alma que com essa se deve unir na terra e levar a cabo a sua missão . O problema é que aqui não nos lembramos disso e raras são as pessoas que de facto conseguem fazer a vontade de Deus e encontrar a sua alma "gémea". Quando o amor é verdadeiro e sincero , um vê no outro , coisas que aos demais são invisíveis . O amor verdadeiro vê para lá da forma física e por isso ama o que de facto é real . Quem ama o físico , ama o que é perecível , porque a beleza é passível de constantes alterações , mas a essência , essa que faz nascer o verdadeiro amor , essa não muda nunca .  Avaliar o interior de outra pessoa , é possuir o olhar experiente de um joalheiro , que ao olhar um diamante em bruto , uma pedra por lapidar , consegue vislumbrar o seu valor e a sua beleza oculta . O amor verdadeiro , sincero , ultrapassa este nosso plano e eterniza-se na vida de eterna de uma alma .


Texto de Gonçalo de Assis

Edição De Daniela Shang

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:15


Pág. 2/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds