Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Processo Casa Pia

Segunda-feira, 06.09.10
Podia ter sido o final de um mega processo que custou ao País milhares de euros que os contribuintes , nós , pagamos inutilmente . Mas ainda não foi , porque todos os sentenciados usaram o seu direito de interpor recurso . Foi um processo deprimente , triste e que me passa uma imagem de total descrédito. Não acompanhei o processo e das provas em que se apoiaram para fundamentar a acusação , pouco sei . Fui lendo o que chegava aos jornais e do que fui acompanhando , ficam-me muitas dúvidas . Para começar , estranho o facto de incriminarem pessoas  que foram acusadas de violar garotos, mas se esses garotos consentiam no acto , onde está a violação? Abuso de menores? Sim , talvez , mas quando esses menores o fazem de boa vontade e quando segundo afirmam iam ter com os clientes em grupos , nos carros de transporte do colégio , então era um acto consentido . Violação quer dizer que alguém foi forçado a ter sexo contra sua vontade , e abusar sexualmente de um menor é muito relativo . Pode considerar-se abuso quando o menor é demasiado jovem para se defender do violador . Ou quando o violador usa de violência emocional para calar a vítima . Sei que com este post vou ofender algumas sensibilidades , mas para mim aqueles miúdos praticavam esses actos de  plena vontade pelo lado material que os aliciava . Não vou dizer que concordo com o que foi feito , longe de mim , discordo completamente que um colégio que recebe garotos para educar , os deixe ir por esse caminho . Mas assim sendo , o abuso é bastante relativo . Para mim , havia um comércio consentido em que todos lucravam , se estivessem insatisfeitos os garotos teriam falado com alguém , teriam comunicado a algum familiar , era o que eu faria se num colégio me obrigassem a fazer algo que eu achasse incorrecto . A opinião pública comoveu-se com os depoimentos de pobres jovens , psicologicamente afectados por violadores cruéis, a imagem é novelesca , mas falsa . Aqueles miúdos , concordaram , assentiram nesses encontros e um dia , alguém lhes acena com protagonismo , ainda que negativo , e eles montam um circo e tanto . Uma jornalista em busca do furo da vida dela e um bando de garotos que se sentem menosprezados e mal amados e nasce um caso que destruiu vidas e carreiras . Foi anedótico e triste . Foram feitas acusações a tudo quanto eram rostos conhecidos e de uma certa área politica , por garotos que jamais foram capazes de descrever sinais particulares de qualquer um dos acusados . Não entendo , como reconstituindo os "crimes" os garotos foram incapazes de descrever a casa onde sofreram os alegados abusos . Inacreditável como tendo sido levados para essa casa , nenhum foi capaz de a descrever tal como era . E mais inacreditável ainda , que quando inquiridos sobre o assunto , disseram que não reconheciam porque a casa sofrera modificações estruturais e de decoração e tendo essa prova sido refutada pelo próprio construtor que assegurou que a casa não sofreu qualquer alteração , ainda assim , nada se fez . Não posso garantir aqui se os acusados tiveram ou não sexo com esses garotos , acredito que alguns sim outros não . Mas mesmo os que tiveram , embora tendo tido pouco juízo por se envolverem com miúdos , ainda mais miúdos que a sociedade devia defender e proteger, ainda assim para mim foi uma questão de imoralidade mas de abuso relativo . Foi uma permuta num mercado de compra e venda . Quanto às penas dadas aos arguidos , não concordo. Sei que não se pode deixar em branco casos assim , mas não acredito na culpa de muitos dos acusados . Este processo peca por um motivo muito forte , o ter existido . Era um processo que o Ministério Público jamais deveria ter levado em frente , as provas não são concretas e os testemunhos são inconclusivos e para honrar a justiça , este processo jamais deveria ter ido à barra . Foi um processo que todos queriam agarrar pelo protagonismo e mediatização que termina de uma forma inglória , patética e que fez vitimas de verdade , não os garotos que na altura acharam tão bonito receber um dinheiro fácil , mas sim bons profissionais que viram as suas carreiras destruídas . Nenhum dos acusados cumprirá pena certamente e isso é algo justo , no meio desta justiça que agiu de forma cega e injusta . Lamento profundamente a autêntica via crucis do Carlos Cruz, uma pessoa íntegra , que viu a sua vida destruída e manchada por acusações que até hoje concretamente não foram provadas . E que nunca deveriam acabar em acusação não fosse uma justiça completamente enleada na pressão pública e na necessidade de encontrar rostos para um crime tão abrangente socialmente . Lamento que tenha cumprido a prisão preventiva na íntegra e que continue acusado e sentenciado . É caso para perguntar : - ( Quem tramou o Carlos Cruz?)...
Para quem esperava que fosse um processo exemplar e que marcasse positivamente a justiça em Portugal , foi apenas um acumulo de erros e injustiças . E lamento profundamente ...
 
Depoimentos das vítimas , veja aqui e julgue por si mesmo.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:34


6 comentários

De Paulo Ribeiro a 06.09.2010 às 16:05

Na verdade meu filho, a justiça neste caso deixou um gosto estranho e desagradável na boca de quem acompanhou este processo . Muitos dos depoimentos tinham graves falhas , os depoimentos não eram coesos e nalguns pontos uns desmentiam os outros . Desconheço se os actos foram ou não praticados e como , apenas sei , que perante uma séria duvida , ela deve pender a favor do acusado . Como dizia um antigo Mestre , mais vale ter um culpado em liberdade que um inocente na cadeia . Mas isso claro , é uma questão de consciencia.

De Michael a 06.09.2010 às 19:37


JULGAR ALGUÉM É SEMPRE TAREFA INGRATA. A JUSTIÇA APLICADA PELO HOMEM QUASE SEMPRE CARECE DA IMPARCIALIDADE DEVIDA , PORQUE TODO O SER HUMANO JUIZ OU NÃO , TEM SENTIMENTOS E DEIXA-SE ARRASTAR POR ELES . aINDA MAIS NUM PROCESSO TÃO COMPLEXO E QUE MEXE  COM TANTAS EMOÇÕES . tAMBÉM SOU DA OPINIÃO QUE EM CASO DE DUVIDA SE OPTE POR NÃO CONDENAR . É QUE HÁ ERROS IRREPARAVEIS E CONDENAR UM INOCENTE É O PIOR DELES.

De Fernando J. a 06.09.2010 às 20:00


Vi muitos videos de acusação  das ditas vitimas e achei uma trapalhada de todo o tamanho .
Eles falam de salas em sitios completamente opostos da casa e o tal Bibi fala de um elevador que nunca existiu . Então ficaram tão traumatizados e não se lembram dos locais onde lhes foram ao ... funil?
Cá para mim andaram a da´-lo ou melhor a vende-lo a bom preço e depois usaram a fruta "estragada" para montar uma cabalazita bem orquestrada por alguém , para tramar pessoas que quase de certeza nunca lhes foram ao dito .
Cambada de palhaços

De Maria Tavares a 06.09.2010 às 20:11


Concordo plenamente com o Sr. e com o que escreveu . Tenho 2 filhos e tenho a certeza de que se alguém os molestasse me contariam e pediriam ajuda .
O velho pensar de que são os aliciadores os culpados , só vale para crianças de 5 anos .
Se os adolescentes sabem o que querem e se fazem ouvir quando querem , também podiam ter apresentado queixa na altura .
Ou até gritado se foram molestados , a casa que indicaram não ficava no meio do deserto .
Há algo mais por aqui e enquanto se discute isto , esquecemos a miséria que cá temos , que essa sim , toca a todos .

De Mario Castro a 06.09.2010 às 20:15


E temos a opinião do Pais concentrada nisto . Oh valha-nos o diabo , com a Grécia insolvente e Portugal dissolvente não tarda , quem quer saber do raio dessa lama que dura há 6 anos .
O dinheiro que gastaram num processo que jamais será conclusivo , daria para garantir algum dinheirito para o Futuro de Portugal que está bem negro

De João Mello a 06.09.2010 às 20:24


Quem abusa de miúdos sempre o faz anonimamente e onde passe despercebido . Então o Carlos Cruz , conhecido em Portugal por todos , ia violar garotos assim sem mais nem ontem?
Para ser logo preso , não?
Se ele tivesse esse fraquinho ia violar para a Grécia onde ninguém o podia acusar porque não o conhece .
Mas que bando de tó-tós

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  


Caetano veloso

(Para escutar clic no video)

NAO2c.jpg

Proibida a cópia e ou a reprodução deste Site, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer meios ou processos existentes ou que venham a ser inventados, especialmente por programas de computador de acesso à Internet ou não, sistema gráfico, micro filmagens, fotográficos, videográficos; bem como a inclusão de qualquer parte desta obra em qualquer sistema de processamento de dados. Estas proibições aplicam-se também às características da obra e à sua edição. A violação dos direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa, além da possibilidade de busca e apreensão dos exemplares reproduzidos e apetrechos utilizados na reprodução.

Curriculum Vitae do Autor do Blog

Licenciado em Direito pela Universidade de Yale
Pós-graduação em Direito Criminal
Doutoramento em Medicina Forense

Estudos de História de Arte

Estudos de RPG aplicados ao ensino de técnicas teatrais

Escritor de Poesias e textos de reflexão

Com vários artigos de opinião publicados em revistas

Autor de alguns estudos de Mitologia

Membro da Maçonaria

Membro das Ordens Inglesas de Aperfeiçoamento Maçônico.

Cavaleiro Templário, membro do Preceptório Madras

Membro Honorário do Priorado

Iniciado em estudos sobre a Magia Celta em Stonehenge no ano de 1990

Membro da Antiga e Mística Ordem Rosacruz

Membro da Ordem Martinista

Membro do Colégio dos Magos

Conhecedor de, Kabbalah, Astrologia e Numerologia, formado pelas escolas mais tradicionais do ocidente.

Faixa-Preta (10º grau) de Kung Fu

Praticante de Karate

Praticante de capoeira

Professor de Chi-Kung Técnicas de kung Fu

Deu cursos e participou em projectos urbanísticos usando conhecimentos de Feng-Shui

Gestor de empresa



comentários recentes