Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amigos são para sempre

Sábado, 02.10.10

Um homem já exausto que seguia o seu caminho com o seu cavalo e o seu cão , olhava desanimado a ainda longa estrada que tinha pela frente . A caminhada era penosa , tinham que subir uma serra , estava muito calor e a sede era insuportável . Os três precisavam urgentemente de beber água . Após caminharem, passaram junto a um lindissimo portão que se abria para um jardim magnifico , no centro do qual jorrava uma fonte de águas cristalinas .

O sedento caminhante dirigiu-se a um homem que parecia vigiar a entrada do portão .

Após cumprimentar o guarda , o caminhante perguntou que local tão bonito era aquele , e o guarda informou-o que ali se abria a estrada que se dirigia para o Céu .

O caminhante estranhou , mas estava com tanta sede , que resolveu pedir para ele e para os seus animais um pouco daquela cristalina água .

O guarda informou-o de que ele poderia entrar e beber quanta água quisesse , mas os animais não podiam entrar .

O caminhante ficou muito decepcionado , e embora continuasse com cada vez mais sede , seria incapaz de beber , deixando os seus animais ali parados sem poderem tocar na água .

E decidiu continuar o seu caminho até encontrar um local onde finalmente todos pudessem beber .

Depois de reiniciada a caminhada , a sede e o cansaço cresciam , mas foi caminhando , até que passou junto a um velho portão de madeira que permanecia aberto .

O portão dava para um pomar , e a sombra das árvores era um delicia .

Seguindo pelo pomar , o caminhante encontrou um homem que parecia adormecido em baixo de uma árvore .

O caminhante chamou-o educadamente , e pediu água para ele , para o cavalo e para o seu cão .

O homem levantou-se , indicou umas pedras , de onde jorrava uma nascente e disse que bebessem à vontade .

O caminhante e os seus animais foram até à nascente e mataram a sede naquela deliciosa água fresca.

Depois de saciados , o caminhante agradecido , elogiou a bondade do homem que lhes tinha permitido saciar a sede e perguntou que local era aquele .

O homem respondeu que ali era o inicio do caminho para o Céu .

Ouvindo isso o caminhante ficou perplexo , porque o guarda do faustoso jardim já lhe dera a mesma resposta.

E contou isso ao bondoso homem , que sorriu com carinho e respondeu que o faustoso jardim , era sim , o início do caminho para o inferno .

O caminhante ficou espantado e disse que aquela falsa informação , fornecida aos caminhantes pelo guarda , deveria causar muitas confusões.

O bondoso senhor sorriu e respondeu : - De forma alguma meu filho . Na verdade a falsa informação fornecida por esse guarda ajuda-me muito aqui , porque lá só entram aqueles que são capazes de abandonar os seus melhores amigos ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 15:28


2 comentários

De Fátima a 03.10.2010 às 21:23

A amizade é um bem precioso. É um amor que não exige, não acaba... A amizade vive-se de perto ou de longe, nas palavras ou no silencio...sente-se a cada instante!
Friends forever...
Beijo com carinho

De valquiria a 06.10.2010 às 00:46

Boa noite Gonçalo!!!Com o seu belo texto aprendemos que de nada serve  ser luz se não iluminar os caminhos das outras pessoas.
ais os tesouros espirituais,esses jamias se perdem.Bondade,pureza,amor,honestidade,humildade,paciênciae capacidade de perdoar são conquistas impereciveis..Gonçalo,você e um amigo Especial.
Beijos com carinho

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes