Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



SONHAR DE NOVO

Domingo, 15.10.06

Às vezes forma-se na minha garganta

um grito que evito soltar

e correm dos meus olhos

lágrimas

que choram sonhos

que não me atrevo a sonhar

Às vezes já não sei quem sou

nem sei para onde vou

nem o que posso esperar

sou alguém que já sonhou

que já sofreu

já amou

e voltou a acreditar

Nas tardes calmas do Outono

que devagar me rouba o sol

de um verão que é já passado

Vem a lembrança de ti

desse amor em que investi

deixando nascer de novo

o olhar apaixonado

Amar-te-ei para sempre

neste sonho que me prende

novamente

num mundo encantado

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:59


5 comentários

De Raquel a 17.10.2006 às 21:35

Olá!
Vim lhe retribuir a visita!!!
Muito obrigada pelo carinho!
Adorei conhecer seu cantinho tão lindo, com poesias tão maravilhosas!!
Aceite meu award e até a próxima!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes