Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Silêncio

Sábado, 26.03.11

Quando me magoam é aqui no refugio da minha casa onde o silêncio impera , que me escondo e penso em tudo que a vida me tem ensinado e descubro que o silêncio que procuro tem muitas vantagens e me ensina muita coisa . Aqui no refugio seguro da minha sala deixo a alma vaguear e escuto no silêncio que se instala a voz da minha alma que me mostra coisas em mim que ainda desconheço , que me ensina a calar-me durante o tempo irreflectido em que uma voz se ergue pronta a gerar discussões e assim evito a tragédia de ideias que se agridem conflituosamente , num momento que pode destruir para sempre o que anos de parceria construíram . Aprendo com o silêncio que promovo, a respeitar a opinião dos outros , mesmo quando ela é oposta à minha , sempre que tenha fundamento , ainda que contrário a tudo em que acredito . Aceito a responsabilidade e a consequência de factos que eu mesmo provoquei e deixo o meu orgulho amordaçado do lado de fora de mim . É no meu silêncio que valorizo a beleza da simplicidade , o desabrochar de uma tulipa no vaso , o voo brilhante de uma borboleta que toca o vidro da minha janela , o murmurar da fonte que canta um hino à paz . No meu silêncio aprendo a aceitar os factos , evito reclamações vazias e o empurrar dos meus erros sobre outros ombros , e descobri que a solidão não é um castigo , existem companhias bem mais punitivas e decepcionantes que a solidão . A  solidão só é um castigo , quando o nosso coração é vazio , a alma não tem conteúdo e a solidão nos coloca frente à nossa própria aridez e infrutuoso caminho . Aprendi ouvindo o meu silêncio , que a vida é boa se soubermos viver do lado mais correcto , que momentos de felicidade podem ser simplesmente os passados a ouvir uma musica que nos faz sorrir , a ler um livro que nos faz sonhar . Aprendi em mim que nada é imutável , que a vida se regenera em ciclos , como as marés que vêm e voltam e o sol que nasce todos os dias . Aprendi a valorizar todos os meus dias que são uma luta e uma dádiva , aprendi a reconhecer as minhas virtudes e a aceitar corrigir os meus defeitos , até aqueles que um dia sei que ainda vou descobrir . Aprendi a aceitar e a sorrir calmamente no meio ao transito mais caótico , na maior das inquirições , na pior das brigas com quem amo . Descobri que eu posso ser um templo de fé e transformar a minha vida numa missão tão simples quanto respeitar os outros , valorizar as coisas boas que me oferecem , corrigir as injustiças que estejam ao meu alcance mudar . Aprendi a dizer as minhas razões num tom de voz respeitoso , porque gritar não angaria respeito , que ouvir atentamente pode ser a chave do meu sucesso , e que muitas vezes por mero respeito , prefiro calar -me , ficar em silêncio para que os outros se ouçam e vejam a verdade que está presente no meu olhar . Respeitar e ouvir nunca fez de mim um fraco , sempre me senti vitorioso no abraço terno dos amigos que muitas vezes o meu silêncio em momentos críticos , me ajudou a conservar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:36


2 comentários

De valquiria a 28.03.2011 às 22:16

Boa noite Gonçalo!!!
O silêncio tem muito significado para você,e nos faz refletir um pouco sobre a vida.Mesmo que na vida nos pareça difiicl,sempre haverá um amigo,a reciprocidade de atenção que nos alimenta e nos da esperança para dias melhores querido.
Beijos com carinho!!!

De Miguel Ferreira a 29.03.2011 às 13:55


Pois é Dr. ainda em seguimento do post anterior , com uma sala dessas não tem motivo para se preocupar com a crise. Ainda o sr não mostrou o resto e todas as suas casas e carros . De crise Dr. só deveria falar quem a conhece

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes