Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pai

Terça-feira, 19.04.11

Grande Arquiteto do Universo que me permitiste que como Maçom, vislumbrasse um pálido clarão da tua Luz ao ingressar nos “Mistérios”. Ajuda-me, pois, a iluminar os caminhos que abristes para mim, para aqueles, que agora acompanho e para outros que talvez um dia me seguirão.

Que eu possa refletir sobre o golpe do teu malhete e o perfeito desbaste do teu cinzel, para que toda a minha individualidade reflita sem equívocos a tua vontade. Fizeste-me Maçom. Por isso “morri” e despertando “renasci”.

Ensina-me a humildade na crítica, sobretudo ao ser criticado, para que através de mim, todos entendam e aceitem que a humildade é uma das tuas essências. Instrui-me nas virtudes da Paciência, da Tolerância e da Alegria.

Para que eu possa aceitar os outros como são, mesmo que isso me pareça à tarefa mais árdua, a viagem mais penosa ou a taça mais amarga. Dá-me muito antes, da sabedoria de Salomão a paciência de Jô, para que a minha palavra seja sempre proferida para bem da Humanidade.

Sou uma pedra bruta, bem o sei, mas não inanimada, pois posso mover-me. Indica-me, pois a direção do teu golpe cinzela as minhas arestas e assenta-me na construção do templo Universal que desejas e contra cujas Colunas tantos lutam com insensata cegueira.

Amplia o meu conhecimento, reforça a minha fé e a minha coragem e faz ressoar a minha alegria. Dá-me a convicção dos meus ideais, alimenta o meu corpo e abre-me o teu insondável caminho. Concede-me a graça de te descortinar em tudo e em todos.

Pois só assim poderei ser justo e perfeito. E no dia em que me apresentar perante ti, no momento da Iniciação no Oriente Eterno, que as minhas mãos senão cheias estejam calejadas do trabalho efetuado por amor a ti, com os meus olhos senão cegos por tua Luz ao menos voltados em tua direção.

Que eu possa também antes de cruzar as Colunas em direção ao Oriente Eterno, olhar a marca de todos os meus passos e atos sem me envergonhar do pouco que tenha caminhado ou feito. Que a pedra bruta desbastada graças a ti possa ser de alguma utilidade na construção do meu Templo Interior e do templo Universal.

 

Que assim seja.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 16:00


2 comentários

De valquiria a 20.04.2011 às 11:01

Bom dia Gonçalo!!!Lindo!!!Que DEUS continue te abençoando com esse dom tão maravilhoso e cheio de sensibilidade.Beijos com carinho!!!

De Paulo Ribeiro a 20.04.2011 às 13:53

Que esta semana de Páscoa te ilumine e te faça sentir forte o Dom do Pai que tenho a certeza quis nunca te desampara . Desejo do fundo da minha alma que a cada dia renasças dentro da fé linda que professas e praticas . Que Deus te abençoe .

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes