Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Paz Do Nosso Amor

Quinta-feira, 09.06.11

 

 Amor, adoro quando adormeces junto a mim , é nessa hora que vejo a tua força ficar frágil e o teu rosto pacificar suavemente , deixando nos teus lábios um doce sorriso de menina . Fico-te olhando , acariciando de leve os teus cabelos , dando-me conta da minha entrega , parando para pensar em tudo que de verdade significas para mim . Verifico como me transformo perante ti e como me sinto repleto de um carinho puro nesse momento . Carinho esse que não sinto facilmente e que te dou nesse momento especial do final do nosso dia . Algumas vezes lamento não ser capaz de sentir mais vezes carinho , com outras pessoas , mas sei que o melhor de cada um de nós só é dado a quem de facto nos é muito valioso e importante . Olho-te tão quietinha , enrolada no aconchego da nossa cama , e fico a pensar como a felicidade afinal é uma coisa simples . E penso no que nos une , amor , respeito , carinho , uma vida plenamente partilhada , sonhos e realizações . Olhando-te dou-me conta da fé que toma o meu peito , sem sequer a procurar nesse momento , e peço a Deus que te proteja sempre , e sei que essa minha fé tem a força natural do amor e é nesse silêncio que eu me encontro , para lá de simples tentações passageiras e prendo as minhas amarras de navio de outras viagens à paz do teu sorriso . Acaricio de leve o teu rosto, e afasto do nosso momento todos os pensamentos menos bons , para que eles não povoem aquele momento de entrega serena , de paz e de tranquila intimidade . E fico quieto , na penumbra suave , pensando na força que nos une , na vontade firme de seguir em frente , na dor tantas vezes partilhada e no amor intensamente vivido . E ao ver-te ali tão indefesa , eu sinto como é fácil amar-te , querer-te bem , num amor tão tranquilo quanto belo . São momentos de uma lucidez rara e profunda , em que analiso em mim , a minha força vital e a minha vontade plena  de ficar junto a ti , saboreando devagar tudo de bom que fazes nascer em mim . Ao ver-te ali tranquila , aconchegada a mim , eu desejo que a doçura e cumplicidade desse momento seja eterna e que nada perturbe a nossa paz . E fico olhando-te , passando de leve os dedos no teu rosto tranquilo , até que o mundo lá fora entra no nosso quarto e reclama a sua presença no nosso pequenino mundo de paz . E abrimos ambos , os olhos para a realidade que nos espera lá fora , para mais um dia de trabalho , de entrega ao mundo exterior . Mas o meu coração sai reforçado pela luz que emanas de ti e hoje sei o bem que nos pode fazer o amor de alguém que é de facto importante na nossa vida . Um amor sincero , forte , desinteressado e maduro . E com este amor acordo para as minhas verdades , para o meu eixo interior , para tudo que é importante na vida e que o mundo cada vez mais conturbado e apressado não nos deixa muito tempo para viver .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 17:50





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes