Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



SER

Domingo, 29.10.06

Eu queria ser o sorriso

que ilumina velado

esse teu rosto que adoro

Eu queria ser primavera

e oferecer-te como prémio

todas as lágrimas que choro

Eu queria ser o teu sorriso

que desponta livre e solto

nessa tua boca tão amada

Pudesse eu ser o Paraíso

que fizesse de um sonho morto

a tua alegre chegada

Eu queria ser o teu mundo

queria ser a tua luz

queria ser o teu caminho

Não imagino nem por um segundo

retomar a pesada cruz

voltar a caminhar sozinho

Eu queria ser o teu guia

e levar-te por caminhos

nunca antes conhecidos

Vem fazer-me companhia

só juntos, nunca sozinhos

acordando nossos sentidos

Eu queria ser o porto de abrigo

que te acolhe no peito

nas noites de tempestade

Mas sou eu que fico perdido

se não vens, não tem jeito

Fica comigo a saudade

                            

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 23:03


1 comentário

De Maria Augusta a 07.11.2006 às 14:04

Parabéns , do pouco que vi, gostei muito e vou continuar a visitar. É preciso que se fale do amor num mundo de ódio

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes