Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de Um Fim de Tarde

Quinta-feira, 13.10.11
Findo mais um dia de trabalho, ouço os colaboradores saírem lentamente por entre risos e despedidas cordiais , marcações de jantares para a noite , de encontros para uma bebida no bar . Deixo que todos saiam , enquanto cerro o meu computador , fecho as minhas gavetas , verifico se fechei ou não o cofre onde guardo documentos privados , desligo a TV que embora quase sempre sem som me faz companhia todo o dia, desligo o ar condicionado , a música ambiente e cerro por fim os estores , depois de procurar o comando que quase sempre não sei onde deixei . De repente o silêncio invade-me , depois de um dia de conversas mais ou menos importantes , de telefonemas , de SMS , de msn , sabe bem todo aquele repentino silêncio . Fico quieto apreciando cada minuto dele , sabendo o quanto é raro e por isso mais precioso ainda . Geralmente é o toque tardio de um telefone que me corta os pensamentos e saio sem atender . O dia terminou e trabalho só no dia seguinte . Vou para o meu carro e se for com outra pessoa ao volante , aproveito para ler , ou até para descansar um pouco os olhos , cerrando-os . Sei de cor o caminho que me leva a casa , mas se sou eu quem conduz , então ligo a musica e deixo-me envolver no som da musica e das palavras. O transito já não me enerva , questão de hábito , quem tem que utilizar diariamente o IC 19 , ganha prática e paciência para o caos na estrada . Mas quando chego a casa e o meu portão se cerra , ai sim sinto-me fora do mundo . Num mundo só meu , privado , que abro a poucos , um mundo do qual preciso para manter o meu equilíbrio . Deixo o carro na garagem da minha casa e saio para o abraço terno do fim de tarde . Vejo as luzes acesas pelas janelas , os vultos familiares que se movem lá dentro e me esperam , mas naquele momento eu preciso de uns minutos para mim . Sento-me no banco do jardim e olho a piscina que se tinge do vermelho alaranjado de um pôr de sol tranquilo . Aspiro o cheiro a flores , a terra molhada do relvado acabado de regar e vejo os pássaros que voltam felizes e se acolhem às árvores do jardim . Vejo as minhas camélias agitarem-se levemente ao sabor da brisa tépida e deixo que a minha alma se eleve ao Pai . Penso em tudo o que fiz durante o dia , tento avaliar se poderia ter feito melhor , se poderia ter evitado problemas a alguém ou até a mim mesmo . Relembro conversas , sorrisos , trabalho . Preciso do sentimento de dever cumprido para poder encerrar em paz o meu dia . E da minha alma sai a prece habitual , " Pai , obrigado por mais este dia , obrigado pelo que consegui fazer, encaminha os meus passos Pai , para que eu saiba fazer sempre o melhor possível , que eu não deixe passar oportunidades de ajudar , de fazer nascer sorrisos e de acertar . Que eu saiba sempre não magoar , que eu saiba ser feliz e fazer felizes os que me rodeiam". Depois em paz comigo mesmo , de consciência tranquila , tiro do carro a minha pasta , o meu PC , e entro em casa , pronto a ser inundado pelo amor e carinho que me espera . Largo o PC e a pasta sobre a secretaria do meu escritório , e vou sorridente para a sala onde todos já estão reunidos , falando de como foi o seu dia . Sorrio , digo o habitual , "cheguei" que é abafado por vozes alegres , amigas , ternas . Carrego baterias aqui no meu ninho , e é o amor e o amparo que me rodeia , que me deixa preparado para todos os dias que ainda vierem .
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:04


3 comentários

De valquiria a 14.10.2011 às 10:41


Bom dia Gonçalo!!!LIndo seu texto!Querido,falando do por do sol e suas reflexões do dia.Os minutos que são só seu.Quando você entra em sua casa e diz:Cheguei!!!Tranborda de felicidade em ver sua familia e inunda sua familia de paz,alegria e harmonia  .Que Deus abençoe você e sua familia Beijos com carinho!!! 

De Paulo Ribeiro a 15.10.2011 às 15:06

Oferecer o dia a Deus e pedir conselho , fazer exame de consciência , são etapas para um melhor caminho na vida . É muito bom que a vida seja feita de momentos de introspecção e de entrega ao Pai . Que Deus te abençoe .

De Pedro Monteiro a 16.10.2011 às 16:38

Boa tarde Mestre , passei para deixar um abraço.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes