Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AMAR-TE É ...

Quinta-feira, 20.10.11

Amar-te é ser novamente menino

É fazer nascer um jardim

No deserto que antes era a minha alma

Amar-te é como ter a certeza de chegar a um porto

E ancorar em segurança o meu navio

Perdido e estraçalhado em tantas tempestades

Esperar por ti , em cada dia que passa

É esperar a cor do amor , da realidade

Tal como o azul intenso e mágico

Com que cubro as minhas telas

É sentir perto de mim a tua alma

E voar solto pelos caminhos que só eu conheço

Envolto na brisa suave

Que se escapa do teu sentir

E entrego a cada dia , na tua mão

O meu coração , certo que o guardas e proteges

E fechas só para ti

Os segredos que nos unem

E abraçar este meu amor

É como abraçar uma rocha salvadora

No meio a uma corrente forte

Que teima em querer arrastar-me

Amar-te é ter feito mil descobertas

É ter vivido no sonho como os poetas

É ser feliz e não ter sabido

É ter encarado de frente o Sol

O mar , as fúrias da natureza

E ter sobrevivido

E enfim , é no fundo da minha alma

O ter simplesmente ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:48


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds