Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vítima perfeita da net

Sexta-feira, 24.02.12

 

Já há alguns anos eu conhecia e trabalhava com internet . Na altura não era um meio tão conhecido como o é hoje , mas facilitava-me o trabalho . Usava para pesquisa e ajudava-me imenso , até que um dia por motivos pessoais , resolvi aderir ao MSN . Era interessante e ainda o é hoje , quando eventualmente o ligo . Mas também me aconteceram coisas bem complicadas por intermédio desse recurso para a comunicação . Entrei no MSN de cara lavada , com o meu nome , sem máscaras . Entrei tal como na altura era , um homem livre , que conhecia o mundo e sem grandes receios fosse do que fosse . Na altura os amigos alertavam-me para o facto de eu ser uma "vítima perfeita" para o MSN e as burlas que por ele aconteciam . Eu era uns anos mais jovem que hoje , não sou feio, sei que pode parecer ridículo dizer isto , mas sei o que sou e como sou . Tenho curso superior , falo várias línguas , tenho uma vida financeira sem problemas , tenho uma vida muito confortável e já a tinha então , bom carro , enfim , tudo o que eu era e que nunca escondi na net . Nunca pensei em mim como vítima , mas de repente comecei a sentir que o era . Desde assédio completamente irracional , a pessoas que me pediam ajuda financeira usando e inventado histórias completamente mentirosas e até outras que me apareceram com identidades falsas e respectivas conversas falsas . Até uma "mãe" me queria "adoptar" neste mundo completamente louco em que me vi envolvido .Declarações de amor desesperadas , tive de tudo . Foi uma fonte de aprendizado para mim , eu que sempre me tinha protegido muito no meu grupo , que nunca tinha passado as fronteiras do meu mundo , de repente tive a real noção de tudo a que o ser humano por vezes desce . Foi uma forma rápida e dura de ver uma realidade sem dourados , mas foi também um passo gigante para me tornar um ser bem mais desconfiado . Fiquei magoado muitas vezes , outras também devo ter magoado de certeza . Compreendi que para algumas pessoas vale qualquer meio para atingir um fim . Mas não se aprende impunemente , alturas houve que me sentia tão diferente do que via ali , que duvidei da minha sanidade mental . Toda a gente parecia ser mais esperta do que eu . Os meus valores pareciam coisas velhas , cheias de defeitos. Claro que também existiram honrosas excepções , conheci neste louco mundo virtual , pessoas excepcionais . Algumas que passaram a visitar a minha casa e a serem amigos sinceros e presentes . Nem tudo é mau. Ainda hoje abro o MSN para falar com amigos , para trabalhar , mas o encanto quase mágico que um dia teve o poder conhecer pessoas de qualquer lugar do mundo , apenas num minuto , quebrou-se . Fui de facto a vítima perfeita até ao dia que vi uma outra realidade e virei a mesa . Até que me tornei distante e frio com quem me aborda pelo MSN e que eu não conheço , até que me tornei impassível e às vezes propositadamente arrogante . Ainda hoje , nesse mesmo MSN , me aparecem ainda situações complexas , mas hoje eu já sei como lidar com elas . Hoje eu tenho perfeita noção da impressão que transmito e chego a sorrir disso . As pessoas dizem-me que já não sou como era e é verdade . Hoje estou mais firme e caminho pela vida de forma decidida . Estou menos acessível e mais egoísta . Perdi muito daquele pedaço de menino ingénuo que nessa altura tinha . E que hoje sei que nunca mais voltarei a ter . O Gonçalo crédulo , que acreditava na essência das pessoas , que se emocionava , esse que era a vítima perfeita , esse morreu faz tempo e ficou enterrado em algum lugar do passado ...

                                           Gonçalo Nuno de Assis

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:18


7 comentários

De Mário Lima Coelho a 24.02.2012 às 17:20


Olha o meu núcleo duro todo por aqui hoje . Devo frisar que estou na hora do lanche , não estou a atropelar a produtividade . Agora falando sério , eu penso que não somos responsáveis pelo que os outros nos dizem e fazem . Somos responsáveis por aquilo que nós mesmos fazemos . Se são os outros que usam de má fé , então o erro é deles . Dizes no teu post que aprendeste com os erros , mas pelo que vi , tu não erraste em nada . Foste verdadeiro , autentico , deste carinho , atenção , se outros desperdiçaram , ludibriaram , então o erro foi deles . Não creio que tenhas aprendido muito , mas acredito que tenhas ensinado muito a muita gente. Se não aprenderam o problema não é teu . És um amigo muito querido , o único homem depois da morte de meu pai , a quem eu ouso dizer "amo-te" , no sentido mais pleno e puro, assente no amor fraternal , baseado na confiança e na lealdade de uma amizade franca .
Um forte abraço de amizade

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes