Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Verdade sobre a Páscoa

Quinta-feira, 05.04.12

 

E estamos de novo na época da Páscoa . E de novo surgem em todos os locais imagens de um Cristo crucificado , como se a cada Páscoa se relembrasse essa morte e de certa forma a comemorássemos . Se eu perguntar aos meus leitores o que é a Páscoa , uns irão responder que é uma festa com ovos de chocolate e amêndoas e os mais católicos irão responder que se trata de uma festa Cristã , onde se relembra a crucificação de Cristo . E a crença está tão entranhada que nem os motores de pesquisa da net nos mostram a verdadeira e antiquíssima Páscoa . A verdadeira Páscoa não tem nada a ver com coelhinhos e ovos e também não tem nada a ver com Cristo . A Páscoa é uma festa com raízes muito antigas , uma festa da cultura Judaica , e que nasceu no seio do Povo Hebreu , na época de Moisés, e que até os dias de hoje comemora a saída do povo de Israel do Egipto . Então e com a aprovação da Igreja , durante centenas de anos , associa-se a Cristo uma data que na verdade nada tem a ver com ele . Cristo também comemorava a Páscoa , porque caso não se recordem , Cristo também era Judeu . Se os leitores se derem ao trabalho de consultar a bíblia irão ler que , no dia da Crucificação de Cristo , se comemorava a Páscoa entre os Judeus . Sendo que Cristo , na sua tão falada ultima Ceia , estaria certamente a festejar o início dessa mesma Páscoa . Ora se Jesus foi crucificado no dia em que os Judeus celebravam a Páscoa , certamente eles não estavam a festejar a morte e crucificação de quem nem sequer ainda tinha morrido . Por isso a Páscoa da forma como é festejada é uma mentira , um mito . A Páscoa nada tem a ver com a morte de Cristo , muito antes de ele nascer , já a Páscoa era celebrada . Cristo apenas foi crucificado na época da Páscoa , só isso e lamento que se celebrem actos de fé sobre mentiras . A Igreja aproveitou o facto de Cristo ter sido crucificado na época da Páscoa , para se apropriar dessa festa , dando-lhe um cunho que ela não tem , nem nunca teve . E também em abono da verdade , para uma Igreja que está cimentada sobre a imagem de Cristo , seria um contra-senso festejar a sua morte . Afinal a morte de Cristo foi uma perda para a humanidade , não um motivo para festas . E muito menos encher a cabeça dos Cristãos com a ressurreição de Cristo . Cristo era um homem , vivia como um homem , tinha corpo humano e como qualquer homem , ser-lhe-ia impossível ressuscitar . E muito menos subir ao Céu em corpo e alma , num carro de fogo . Cristo foi um profeta , alguém que tinha a capacidade de entender o amor de Deus e a capacidade de o ensinar . Alguém que sabia amar os outros e queria um mundo melhor , não foi um Deus , nem um super homem , foi uma pessoa exemplar e pacífica , que a humanidade mesquinha não aceitou e matou . Então que não cubram agora o erro , dizendo que a morte afinal até foi vontade de Deus e que afinal não fez mal , ele ressuscitou logo ao fim de 3 dias . Isso é pior que inventar contos de fadas para adultos . Aceitemos de uma vez que Cristo morreu , foi assassinado e que nada se aprendeu com a vida dele . E sejamos coerentes , para que ao menos não se festeje a morte violenta de alguém . É no mínimo macabro . Qual dos leitores festeja o dia da morte de um filho , de um pai ou de um irmão ? Ninguém festeja , então a morte de Cristo pode ser lembrada , mas manda o bom senso que não seja festejada . E que nunca mais se associe a Páscoa a Cristo , a Páscoa é uma festa do Povo de Israel e nada tem a ver com Cristo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:55


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds