Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AS Minhas Opções

Sexta-feira, 13.04.12

 

Sou uma pessoa positiva e acho que esse positivismo ajudou-me a fazer muitos amigos . Sempre tento ser motivador para quem me procura , ainda que muitas vezes não seja fácil . Algumas pessoas acham que sou meio infantil por ser tão positivo , outros acham que isso se deve ao facto de não ter aparentemente grandes problemas . Mas a verdade é que todos os dias quando acordo , eu digo a mim mesmo que para esse novo dia , Deus me deu duas opções , por isso eu tenho que decidir se inicio o dia de modo feliz ou de modo triste .  E como cada dia é uma dádiva , claro que o inicio de modo feliz . Quando tenho algum problema , eu posso escolher entre ficar triste e parado ou ir à luta e resolver o que está mal . Quando alguém reclama de alguma coisa comigo , eu posso optar , ou me zango com quem reclama ou tento mostrar-lhe o lado positivo de cada situação .

Eu desde cedo compreendi que o meu futuro era consequencia das minhas escolhas . Sou eu que escolho como reagir perante factos , bons ou maus e também sou eu que escolho quem entra na minha vida . Por isso sou eu que escolho o meu caminho . Claro que também cometo erros , faço as escolhas erradas , mas são afinal as minhas escolhas . E quando erro , escolho aprender e não ficar amargurado ou remoendo rancores . A minha maior escolha foi quando tive de enfrentar o transplante . Tinha que escolher entre ter mais um tempo de vida ou arriscar um transplante de alto risco . Os meus amigos e família foram muito positivos , todos me incitavam a fazer o transplante , o meu médico e amigo pessoal , garantia-me que era a opção certa . E eu optei por fazer . Mas no dia em que entrei naquela sala de cirurgia e vi a expressão dos olhos dos cirurgiões e vi as trocas subtis de olhares entre eles e os enfermeiros , fiquei apavorado . Mas já estava ali e entretanto um dos médicos com visível medo no olhar , veio ter comigo forçando um sorriso e perguntando sobre alergias a medicamentos . Escrevi num papel que sou alérgico a batas brancas . Eles riram e descontraíram . E disse-lhes que tinha escolhido viver e que me vissem como alguém que estava ali para viver e não alguém que estava ali só porque podia pagar , mas sem qualquer esperança . Eu escolhi viver e vivi , claro que isso se deve à perícia e experiencia de todo o corpo clínico que me acompanhou , mas tenho a certeza que a minha determinação também contou . Acredito que nada nos acontece por acaso . Cada erro , cada tropeço , cada queda , é uma oportunidade de crescermos e de nos tornarmos seres humanos melhores. Isto se fizermos a opção de crescer em vez de irmos chorar para um canto qualquer . Eu sempre penso positivo e inicio o meu dia , oferecendo à vida um belo sorriso .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:50


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds