Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cansaço ...

Terça-feira, 17.04.12

Eu não gosto de magoar ninguém , acho que quem respeita os outros , evita ferir . Também não faço das pessoas brinquedos , não me aproximo quando me apetece e afasto-me quando não estou a fim . Eu respeito os sentimentos dos outros , tal como espero que respeitem os meus . Respeito os meus amigos e eles sabem disso . Não sou de andar a procurá-los todos os dias só para dizer quanto gosto deles . Eles sabem que gosto , uma amizade de uma vida inteira chega para que tenham essa certeza . Não gosto de andar constantemente a alardear amizade , se eles confiam em mim , sabem que sou sincero . E a quem dúvida , então a esses é que não estou mesmo interessado em provar nada . Eu gosto de pessoas frontais , que me dizem o que pensam , obviamente salvaguardando o respeito por mim . Ser frontal , não é descarregar no outro as suas dúvidas , medos , frustrações ou fantasiosas invenções . Ser frontal é ser sincero , mas é também racionalizar , pensar antes de falar e sobretudo , sempre saber colocar-se no lugar de quem ouve . Aos 20 anos eu tinha paciência para birras , para jogos , para inseguranças , mas hoje cada minuto da minha vida é tão precioso que me recuso a gastar tempo com esse tipo de comportamento . A amizade , o amor , o companheirismo , seja o que for que nos liga a outra pessoa , tem que ter como base a confiança . Se alguém não confia em mim , então nada do que eu diga, vai mudar essa posição , por isso prefiro não me justificar . Aliás nem estou para isso . Quando alguém não confia , também não merece tanto empenho . Infelizmente e com grande tristeza minha , chego à conclusão que muitas pessoas me cansam . Não que eu seja melhor ou pior , não é isso , mas simplesmente porque não tolero mesquinhice , nem mentalidade pequena . Não sou nenhum ser de excepção , longe disso , mas tento entender os outros , não os ferir com mesquinhices e sobretudo sempre racionalizo antes de falar . Quanto alguém me vem com a história da frontalidade , regra geral sai asneira. Os nossos direitos terminam , onde começam os direitos dos outros . E penso que as pessoas acham que em nome da frontalidade podem despejar nos outros todas as coisas que lhes apetece . E não é verdade . O termo frontal , significa ser verdadeiro , sincero , mas em lado algum se afirma que signifique ser inconveniente. Eu amo pessoas sinceras , frontais , mas bem resolvidas , que saibam onde começam as fronteiras da tal frontalidade. Dúvidas de personalidade são tratados com psicólogos e eu estou longe de ser um . Cansam-me as mesquinhices , as espertezas saloias , as dúvidas . Arre, ou eu sou um ET ou então cai neste mundo na época errada. Eu nunca tenho dúvidas , nem a nível profissional , nem a nível pessoal . Eu sei o que sou , sei o que valho e obviamente conheço as minhas limitações . Mas não vivo amargurado com elas , quando posso ultrapasso-as , quando não posso respeito-as , mas não as temo . Eu encaro um assunto , resolvo-o e guardo-o fechadinho na gaveta da memória . Não sou mais forte que ninguém , mas sei que se eu não resolver as minhas fraquezas , não são os outros que o farão por mim . Também tenho momentos de fragilidade , medo , cansaço , mas nessas alturas, paro, repenso, racionalizo e sigo o meu caminho . Cada dia para mim hoje é uma dádiva . O ver o sol , o ouvir os pássaros , o ver flores , o caminhar , para mim são tesouros inestimáveis . E não perco o meu tempo que é precioso demais a dar atenção a fantasmas que me possam surgir . Faço o meu trabalho com alegria e quando não o posso fazer com alegria , faço-o com responsabilidade. E aos familiares , amigos, colaboradores , eu dou a cada um a importância consoante o peso que tem na minha vida . Mas isso não significa que eu aceite ser o muro das lamentações e dos medos de todos , seja em que sentido for e muito menos aceito que seja quem for coloque em dúvida os meus actos , os meus sentimentos , a minha honestidade ou o meu profissionalismo . Cada um que cresça para estar a altura do cargo que ocupa e do lugar que tem . Eu passei por momentos tramados , difíceis , nunca pedi apoio psicológico , acho que sou eu a ter que me centrar . Sou eu que tenho que dominar os meus sentimentos e emoções e não aceitar o ponto de vista clínico . A única vez que pedi um ponto de vista psiquiátrico , foi depois da cirurgia , porque eu mesmo queria ter a certeza que estava em condições mentais para tomar a cargo as responsabilidades que a seguir viriam . Quando a equipa psiquiátrica me garantiu que eu estava mentalmente são , equilibrado , eu decidi que então o resto era comigo . E passei por um processo lento de equilíbrio e de retoma da minha vida . Sei que sou mimado , que às vezes sou difícil de aturar , que me magoo facilmente , mas nunca coloco sentimentos em dúvida , a menos que actos provados e não imaginados me  confirmem o contrário . Eu não quero saber nada do que acham de mim , do que pensam do que faço e nem da opinião alheia , mas se possível ser poupado a especulações era bom . Nesta idade espero que todos aqueles que estão comigo saibam o lugar que ocupam e se garantam , em vez de andarem a "frontalizar" disparates. Eu só já aturo birras de crianças com menos de dez anos e mesmo assim se não me tirarem muito do sério . A vida é para ser vivida sem medos , sem limitações , já basta as que a saúde nos impõe e sobretudo sem criar macaquinhos no sótão . Às pessoas que são importantes na minha vida eu já provei que o são e como as tenho como lugares seguros , espero que também saibam assumir essa responsabilidade. Que ninguém espere que eu me justifique de coisas que nunca fiz ou farei e exijo a todos , aquilo que dou , respeito . E lamento quando coisas alheias à minha vontade , afectam terceiros , mas ainda assim eu não tenho culpa . Eu quero viver num mundo de gente crescida, crianças só mesmo as pequeninas.  Um abraço de amizade a todos .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 11:27


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds