Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Fantasia Perdida

Segunda-feira, 01.10.12

 

Preciso perder-me na fantasia das histórias da minha infância , onde uma fada revolucionava o mundo e um Elfo perdidamente se enamorava , para não falar das princesas que sempre viviam felizes para sempre . Hoje em dia , após duas linhas de história , eu descubro escandalizado , que a fada é uma víbora que tenta arrancar o couro ao incauto Príncipe , que o Elfo já não ama fadas e olha com um ar muito estranho, diria eu , para algum outro Elfo e que as Princesas já não são felizes para sempre e muitas nem chegam a conhecer a felicidade . Descobri que os monstros de sete cabeças , afinal vivem felizes nos seus castelos , e os Ogres fazem a festa nas suas mansões nas ilhas encantadas . Descobri que a Cinderela , afinal não era assim tão inocente, que a madrasta afinal não era assim tão má e que as irmãs eram apenas burras e preguiçosas . Descobri que os três porquinhos quiseram na verdade comer o lobo e que a Capuchinho vermelho , enganou o Lobo Mau , que de mau coitado não tinha nada e o pobre carrega até hoje a fama de ter comido a avozinha . Descobri que as princesas já não têm fadas que satisfazem os seus desejos com varinhas de condão e que muitas delas , satisfazem os seus desejos à custa de outras varas . Descobri que a Branca de Neve na verdade só dizia mal da madrasta , para obrigar o seu pai a abandoná-la , para não ver a sua herança partilhada . Que o espelho só a achava a mais bela de todas , porque ela o subornava e que usou do seu encanto para pôr os pobres dos anões a trabalhar para ela . Descobri que a Bela adormecida , afinal era uma tremenda preguiçosa e desculpava-se com o feitiço para passar os dias na cama e que esperou que o Príncipe a beijasse , para o acusar de assédio e o obrigar a casar com ela . Descobri que a Bela afinal enganou o monstro , o seduziu e fugiu com o mordomo francês e toda a fortuna do inocente monstrinho . Descobri que o gato das botas , na verdade era campeão de patinagem e no final , ficou com todos os bens do gigante , jogados numa partida de roleta russa, depois de ter viciado o jogo . Descobri que na realidade o Pinóquio era um pobre menino explorado por um carpinteiro louco , e quando o garoto finalmente descobriu , o carpinteiro jogou-o ao mar , para ser engolido por uma baleia . E que o grilo falante era na verdade um falso moralista , que fazia ao contrário do que apregoava . Preciso que as Fadas voltem a fazer magia com a sua varinha encantada . Preciso que os Elfos as amem e dancem com elas nas luminosas noites de luar . Preciso que as Princesas voltem a ser castas e sonhadoras e que os Príncipes voltem a ser fortes e leais . Preciso que os gigantes e os monstros sejam vencidos , que o gato das botas volte a ser herói e que o lobo mau não seja ludibriado . Preciso que o Pinóquio seja um rebelde de madeira com uma alma de anjo . No fundo , preciso voltar a acreditar na fantasia da minha meninice .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:55


1 comentário

De Pedro . P. C. a 02.10.2012 às 11:49

Caríssimo
O seu texto parece uma declaração de guerra aos contos de fadas .
Todos temos na verdade o dia em que os nossos olhos se abrem para a realidade .
No entanto ainda existe muito de mágico nas nossas vidas .
Veja a fantasia de um anoitecer estrelado , veja a magia de um nascer de dia luminoso .
Pense no feitiço do sorriso de uma mulher .
Pense no encanto da mão de uma criança na sua .
A vida tira-nos uma magia e devolve outras .
Magias mais reais , mas que deixam na nossa alma um igual sonho .
Sinceros cumprimentos

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds