Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



TORTURA

Quinta-feira, 28.12.06

Mostras para mim o teu corpo

oculto na penumbra

trazendo contigo uma magia

que as pontas dos meus dedos

aprenderam a conhecer

Vejo no teu corpo

o mapa traçado pelo meu desejo

e nos teus olhos

o desafio que me fazes

a uma viagem ao interior de nós

Nasce nos meus olhos a chama

que me incendeia

que queima as minhas veias

e deixa no meu corpo

um desespero

que é doce

que castiga

que é bênção

que é cruz

Nasce ao olhar teus seios

um desejo que é meu

que conheço

que me toma

que não se apazigua

e na minha boca o travo forte

do sabor da tua pele

do desejo que se desenha em mim

nasce no sorriso com que disfarço

a ânsia

a angustia

a ferocidade que me toma

que faz de mim um animal

que esquece o racional

e guia-se pelo instinto

nasce em mim

um turbilhão que me toma

que me escraviza

que nasce e morre no teu olhar

nesse corpo que é meu

que quero ter

que quero tocar

num desejo partilhado

construindo

tecendo

todos os tempos

do verbo amar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:09


8 comentários

De Milú a 28.12.2006 às 15:17

Olá amigo:

Não há muito mais a dizer... porque as tuas palavras dizem tudo. Gonçalo-poeta que escreve o que faz palpitar o coração, que ama cada palavra, cada linha, cada verso, como o amor que sente. Como qualquer poeta adivinhas cada lágrima, cada pulsar de sangue, cada gesto, cada olhar. É assim ser-se poeta... vibrar com cada reacção, com cada sorriso, com cada emoção, com cada prazer vivido. O poeta ama, o poeta sofre, o poeta ri e chora. O poeta vive e devaneia... e, por vezes, sonha tão distante que o desejo não acompanha o seu próprio olhar. Tu, poeta amigo, és sentimento preso no amor. Felicidades e um Feliz Ano Novo.

Um beijinho carinhoso

De Angélica Marques a 29.12.2006 às 10:04

que lindo o teu novo texto. Adorei a tua musica, em todos os casos de amor há sempre o dia em que temos que soltar um grito de alerta. E quando o amor é forte resulta sempre. Beijos para vcs

De Juliana a 29.12.2006 às 13:05

Lindo seu texto. De novo saio daqui emocionada, com lagrimas nos olhos. É lindo ler vc. Dá um mundo de sonhos, de fantasia, uma riqueza interior. Deve ser maravilhoso viver a seu lado, ouvir vc, ser envolvido no seu carinho, nessa ternura. Bom ano para vc. Tudo de bom

De Anónimo a 29.12.2006 às 13:25

Desejo a vc um novo ano com muita paz e amor. Felicidades

De Édson a 29.12.2006 às 15:58

Bom ano para vc amigo. Que o novo Ano lhe traga, mais saúde e sempre muito amor

De Xuxa a 30.12.2006 às 18:29

Para vc amigo que há tanto tempo não tenho o prazer de ver nem de bater um longo papo, desejo um ano de 2007 maravilhoso, com tudo a que vc meu amigo tem direito. Um beijo enorme para vc

De Giordanna a 30.12.2006 às 18:45

Oi Gonçalo, como vai vc? Tanto tempo sem ver você menino. Adorei as suas fotos, vc continua gatésimo, a idade só dá charme a vc. Desejo meu querido uu Ano novo muito feliz. Beijo

De Bruno a 30.12.2006 às 19:17

Ei meu irmão, um grupo de amigos seus aqui do Brasil, incluindo nós resolveu prestar a vc no fim deste ano em que vc tanto sofreu uma homenagem merecida e o nosso desejo que o novo ano seja bem feliz e com muita saúde. O nosso agradecimento por ser nosso fã reconhecido e por colocar como animação de seu blog as nossas musicas. Sabemos que vc é um fã incondicional da musica romantica do nosso Pais que também é um pouco seu. Aquele abraço para vc . Felicidades

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes